Frank casino

Durante esta semana, o Intercontinental Championship foi retirado a Sami Zayn por este não estar a participar nos programas televisivos da WWE, e foi anunciado um torneio para determinar o novo campeão.

Apesar de ter sido justificado, pouco depois da WrestleMania 36, que Sami Zayn não poderia lutar por ter retirado os seus dentes do siso, a verdade é que o então Intercontinental Champion preferiu não lutar durante a pandemia do coronavírus, tal como por exemplo Roman Reigns também o fez.

Segundo Dave Meltzer na Wrestling Observer Newsletter desta semana, existem muitas mais Superstars da WWE que querem parar de lutar, mas têm medo de receber heat por parte da empresa.

O jornalista refere que muitos lutadores da WWE também preferiam ficar em casa, como Sami Zayn e Roman Reigns, pois sentem-se desconfortáveis a lutar nesta situação. Só que têm medo de perder algum push que tenham e que a segurança de trabalhar na WWE neste momento complicado acaba por os obrigar a ultrapassar os medos. Ou seja, as Superstars querem garantir o seu “posto de trabalho” e evitar ser despedidas.

Apesar dos responsáveis da WWE terem afirmado, quando toda esta crise causada pelo coronavírus começou, que todo e qualquer lutador poderia deixar de lutar que não seria punido, a verdade é que muitos lutadores, apesar de não o poderem mencionar publicamente, gostariam de poder ficar em casa durante toda esta crise e não o fazem.


Na tua opinião, pensas que o medo das Superstars da WWE é justificável?

11 Comentários

  1. AGomes4 meses

    mas claro que, para ficarem bem nas vistas do público, falam como se os lutadores/funcionários tivessem a maior liberdade sem serem punidos por isto…

  2. Fabricio4 meses

    Roman e Sami zayn fez certo

  3. É normal o pessoal da WWE sentir-se assim, pois têm receio de poderem vir a ser “castigados” caso optem por não comparecer nas gravações.

  4. E uma situação bastante complicada e é natural que todos os funcionários(não só lutadores) prefiram ficar em casa em vez de andar a trabalhar.
    Casos como o Reigns e o Zayn “correram o risco” e tiveram como consequência a sua não menção em alguns momentos e a retirada do título.
    Tudo isto seria evitado se não houvesse shows mas são estas as circunstâncias,uma nova realidade

  5. A maneira como a notícia foi dada parece dar a entender que a WWE castiga quem não quer trabalhar por causa da pandemia. Vamos também ver o lado da WWE. Um lutador que não pode comparecer nos espectáculos vai ser mencionado para quê?! Depois, o facto do título ser retirado ao Samy zayn é completamente normal! No boxe, UFC etc os títulos são retirados aos lutadores que se recusem a defendê-los durante um certo tempo. Um programa não vive sem o mid e o main title. Como tudo que depende do público, se uma pessoa estiver muito tempo fora das luzes da ribalta vai acabar por romper os muitos ou poucos laços que tinha com o público

    • Tomás Gouveia4 meses

      Concordo com o que disseste sobre a ausencia do Sami Zayn, mas a WWE não mencionar o Reigns é um pouco estúpido especialmente depois do Strowman ter ficado com o lugar dele na Wrestlemania

    • @Tomás Gouveia Estás a falar do facto de eles não explicarem porque é que o strowman o substituiu? Concordo absolutamente! Eles deviam ter inventado alguma coisa para explicar e não prejudicar a storyline. Eles tiveram mais do que oportunidades para o fazer

  6. Hugo4 meses

    Bom….dentes do siso não era…..eu quando vi esse comentario fartei-me de rir. Como já tinha afirmado que a verdade viria a saber-se e ai está ela. A verdade é que os lutadores são meros empregados de uma multinacional gigante como é a Wwe, e se não trabalharem neste caso lutarem podem ser despedidos com justa causa. A wwe disse o que disse porque fica bem na tv dizer que é 1 empresa que se preocupa com os seus empregados e que podem ficar em casa e só trabalharem se quiserem. Mas todos sabemos ou devia-mos ter a obrigação de saber que o mundo real não é de todo assim. Bom mas as desculpas devem estar a acabar para virem com esta treta dos dentes do siso e em breve vão ter de admitir que os lutadores ou trabalham ou são postos de lado ou despedidos.

  7. É possível que tenham algum medo. Ainda assim não sei se haveria algum “castigo”. Ainda assim, se a empresa parasse, isso colocava ainda mais postos e trabalho em risco.

  8. Anónimo4 meses

    Normal terem esse receio.

  9. Sem dúvida que é