Visão Brasileira #394 – Cinturões nas mãos certas

há 5 meses 4

Olá leitores do Visão Brasileira, tivemos neste último domingo a Wrestlemania 35, um PPV que vinha cercado de grandes expectativas, onde tivemos grandes combates e claro, algumas surpresas. Gostei muito da edição deste ano do PPV, pois tivemos nos três principais combates da noite, os vencedores e a vencedora, que todos, ou pelo menos boa parte do Universo WWE desejava, com as vitória dos novos campeões Seth Rollins, Kofi Kingston e Becky Lynch.

Também tivemos boas surpresas como o retorno de John Cena com sua faceta inicial de carreira o Doctor of Thuganomics. Claro que houveram coisas que podem não ter nos agradado, mas diria que tivemos mais coisas boas do que ruins, eu mesmo não gostei da vitória de Shane Mcmahon sobre The Miz e de termos tão rapidamente, novos campeões de duplas do Raw e dos cinturões femininos.

Cabe aqui salientar que não farei grandes previsões para o futuro dos campeões, pois na próxima semana, já teremos o shake-up, aí sim acredito que poderemos tentar traçar o panorama a cada um dos campeões, após termos a definição de onde cada supertstar irá se encaixar.

Como primeiro combate de Kickoff, tivemos um grande confronto entre o Cruiserweight Champion Buddy Murphy e Tony Nese. Ao final conforme esperava, tivemos uma mudança de campeão e assim Nese venceu e agora vamos ver se o  205 Live vai receber algum superstar, para termos mudanças da divisão Cruiserweight.

Na sequência tivemos a Women’s Battle Royal e aqui confesso que fiquei um pouco decepcionado com o resultado. Esperava uma vitória de Asuka, depois até me agradaria com uma vitória quem sabe de Ember Moon, que retornou, mas até fiquei satisfeito com Sarah Logan entre as finalistas, mas quem acabou vencendo foi Carmella, que usou da velha estratégia de sumir do combate e só voltar ao final, e isto mais uma vez deu certo.

Uma das surpresas da noite, foi ver The Revival perder o Raw Tag Team Championship para Zack Ryder e Curt Hawkins, assim tivemos o fim da invencibilidade de 269 derrotas de Hawkins. Ainda conseguiram defender com sucesso os cinturões no Raw Pós-Wrestlemania. Estou curioso pelo segmento deste reinado, mas acho que ele não vai perdurar muito além do shake-up da próxima semana.

Fechando o Kikckoff tivemos a sexta edição da Andre the Giant Memorial Battle Royal. Ocorreu no combate o que mais temia, que tivéssemos os comediantes a ficarem até o final, com Braun Strowman e isso se confirmou de pois que Strowman eliminou so o eliminar os Hardy Boyz. Ao final Strowman venceu como esperado, este troféu que não serve para muita coisa.

A Wrestlemania começou de forma surpreendente, com o combate entre o Universal Champion Brock Lesnar e Seth Rollins. Parecia que teríamos mais uma vitória de Lesnar, pelo posição do combate, e pelo massacre que ele impôs a Rollins, que só equilibrou as coisas, após aplicar um low blow e depois três Curb Stomps. Assim Seth Rollins venceu, sendo a primeira das três grandes alegrias dos novos campeões na Wrestlemania.

WWE Photo

No combate em que o grande destaque foi mais a luz que atrapalhou parte do público de assistir o combate, tivemos AJ Styles a derrotar Randy Orton. Uma pena estes dois não terem tido um melhor desenvolvimento na rivalidade, pois acabaram nos proporcionando um combate bem abaixo, do que poderiam nos proporcionar. Espero que pelo menos um deles, venha a trocar de brand.

Na Fatal 4-Way Tag Team Match pelos cinturões de duplas do Smackdown, The Usos, Ricochet & Aleister Black, The Bar e Shinsuke Nakamura & Rusev nos proporcionaram um excepcional combate, algo bem esperado destas 4 duplas que não nos decepcionaram. Muito bom quando todos os participantes tem um grande nível em ringue, é certeza de um grande espetáculo. Ao final, The Usos aplicaram o Double Superfly Splash e assim conseguiram reter os cinturões.

WWE Photo

Na Falls Count Anywhere Match, tivemos um grande combate, mais claro pelos grandes spots, com direito a presença do pai de The Miz, no ringue a encarar Shane e a quebra da mesa dos comentaristas brasileiros, Marco Alfaro e Roberto Figueroa. Ao final, The Miz aplicou um Superplex em Shane McMahon, do alto de um local, onde se encontrava uma câmera e assim os dois caíram de uma grande altura. Depois disso Shane conseguiu colocar o braço sobre The Miz e conquistar a vitória.

Na segunda Fatal 4-Way Tag Team Match desta vez pelo Women’s Tag Team Championship, as campeãs Bayley & Sasha Banks enfrentaram Beth Phoenix & Natalya, The IIconics e Nia Jax & Tamina. Confesso que fiquei surpreendido pelo resultado, pois das 4 duplas, a que tinha menos esperança de vencerem, foi quem venceu, The IIconics. Ao final, Beth Phoenix aplicou um Glam Slam em Bayley, e Billie Kay aproveitou-se para fazer a contagem e assim conquistar os cinturões.

Quando chegou o momento do combate entre o WWE Champion Daniel Bryan e Kofi Kingston confesso que tinha uma das grandes expectativas da noite e elas se confirmaram. Estes dois nos deram o melhor combate da noite, na minha opinião e ao final, após um Trouble In Paradise, Kofi venceu, tornando-se o novo WWE Champion, em um momento muito especial, tornado-se pela primeira vez campeão de um dos cinturões principais da WWE.

WWE Photo
No combate relâmpago, de 55 segundos, tivemos o United States Champion Samoa Joe a derrotar Rey Mysterio, nem sei como tivemos tempo ainda de um 619 de Mysterio, mas conseguimos tê-lo, e depois com um Coquina Clutch, Joe reteve o cinturão.

WWE Photo
Roman Reigns e Drew McIntyre se enfrentaram em um combate, que em outras circunstâncias poderia ter uma atmosfera muito melhor, mas pelo card extenso, até entende-se sua falta de importância. Tivemos um bom combate, nada de extraordinário, e ao final Roman Reigns venceu, até para mostrar que voltou em bom nível para a WWE, mas acho uma pena Drew McIntyre não estar em maior destaque para a Wrestlemania.

No segmento de Elias, em que ele veio a tocar uma série de instrumentos, tivemos a vinda de John Cena, não como tradicionalmente, mas sim como Doctor of Thuganomics, relembrando seus momentos clássicos na WWE e ao final ele aplicou o clássico F-U em Elias, fechando o segmento e pelo menos assim participando rapidamente da Wrestlemania.

Na No Holds Barred Match entre Triple H e Batista, destaque é claro pelas entradas, tanto a de Triple H, que é sempre um grande espetáculo, como para a de Batista, que teve delay no fogos e tropeço de Batista nas cordas, na entrada, o que uma pena, pois ele não merecia, fazer isso em seu combate de despedida dos ringues. O combate foi bem clássico, com alguns bons segmentos, com direito a corrente, alicate e chave inglesa e ao final, tivemos a presença de Ric Flair, que havia sido atacado por Batista, ele veio para dar a marreta para Triple H, que assim venceu o combate e segue com a carreira ativa na WWE.

Infelizmente para mim o combate de despedida de Kurt Angle contra Baron Corbin se manteve e mais lamentável ainda foi ver Corbin vencer após um End of Days. Assim Kurt Angle se despediu dos ringues com uma derrota, o que é uma lástima. Assim como achei lastimável o segmento com ele no Raw, com Lars Sullivan, para mim totalmente desnecessário.

Como penúltimo combate da noite tivemos o Intercontinental Champion Bobby Lashley a enfrentar Finn Bálor, que teve sua entada como The Demon, que para mim é estupenda. Foi um bom combate, nada de extraordinário, pois acredito que devido ao excesso de combates, o tempo acabou ficando curto, o que é uma pena e Lio Rush não se mostrou decisivo, o que para mim já foi muito bom. Ao final, após um Coup de Grace, Bálor garantiu a vitória e assim conquistou o cinturão.

No Main Event, tivemos a tão esperada Triple Threat em que tínhamos as presenças da Raw Women’s Champion Ronda Rousey, a Smackdown Women’s Champion Charlotte Flair e a de Becky Lynch, fazendo história no primeiro Main Event feminino da história da WWE. O combate foi muito bom, um dos melhores da noite, me agradou bastante, e uma pena que tivemos um final um pouco confuso, mas que não tirou o brilho da conquista de Becky Lycnh. Lynch venceu após reverter um Piper’s Pit de Ronda Rousey com um rápido Crucifix pin, mas o erro foi mais do árbitro que pareceu afoito, do que das lutadoras. Assim encerrou-se a Wrestlemania, com as principais vitórias que esperávamos, se confirmando.

RAW Pós-Wrestlemania

Do Raw Pós-Wrestlemania, destacaria o grande susto que tivemos ao ver o WWE Champion Kofi Kingston a confrontar-se com o Universal Champion Seth Rollins, que levou a um combate Winner Take All Match entre eles, mas felizmente o combate acabou sem vencedor. Só não entendi muito bem a interferência ser realizada por The Bar, mas são decisões da WWE. Na noite seguinte vimos novamente The Bar a vir interromper a celebração de Kofi Kingston no Smackdown, trazendo ao seu lado Drew McIntyre.

Também gostaria de destacar o ataque de Lacey Evans a Raw and SmackDown Women’s Champion Becky Lynch. Parece que a primeira rivalidade de Lynch com os dois cinturões, será com Evans, que espero que pare de vez com seus segmentos, que já vinham nos chateando a meses. No Smackdown, tivemos novo ataque, só estou curioso para saber como a WWE irá fazer, para termos duas campeãs, ou se os cinturões serão unificados.

Smackdown Pós-Wrestlemania

No Smackdown Pós-Wrestlemania, eu destacaria a conquista pelos The Hardy Boyz dos SmackDown Tag Team Championship, ao vencerem The Usos em um bom combate. Só o que não me agradou foi ver eles serem atacados por Lars Sullivan, que já havia atacado a Kurt Angle no Raw. Estou curioso para ver em que brand Sullivan ficará e que será reservado a ele nos próximos meses.

Suddenly, Braun Strowman hits the scene!

Outra surpresa foi o ataque de Braun Strowman ao United States Champion Samoa Joe. Isto pode ser um dos primeiros indícios da troca de brand por parte de um dos dois, sendo possível que Strowman venha para o Smackdown, ou então que Samoa Joe, vá para o Raw, o que poderia trazer o Intercontinental Champion Finn Bálor para a brand azul, mas isto é algo ser respondido apenas na próxima semana.

Agora vamos ao espaço para interagirmos:

– O que vocês acharam da Wrestlemania?
– Qual o momento mais marcante do PPV?
– O que esperam destes novos campeões? Quais deles poderá ter o melhor reinado?
– O que acharam da Raw Pós-Wrestlemania? Qual o grande momento desta noite?
– O que acharam da Smackdown Pós-Wrestlemania? Qual o grande momento desta noite?
– O que esperar do Shake-up?
– Quem você colocaria como desafiantes ao Universal Champion Seth Rollins e ao WWE Champion Kofi Kingston?

Claro que eu como grande fã de The Undertaker, não posso deixar de dizer que fiquei feliz de vê-lo, no segmento com Elias no Raw Pós-Wrestlemania. Foi legal ver Elias dizer que quem aparecesse em seu segmento seria um homem-morto, nada melhor que Undertaker então viesse a aparecer e a o atacar.

Desejo a todos uma grande semana, que tenhamos uma excepcional Shake-up e até o próximo Visão Brasileira, com toda a repercussão das transferências de superstars, entre as brands da WWE.

4 Comentários

  1. Ótimo artigo Mário
    – O que vocês acharam da Wrestlemania?
    Resp: Ótima.
    – Qual o momento mais marcante do PPV?
    Resp: Kofi Kingston campeão da WWE. Foi o que eu menos esperava dentre as principais lutas.
    – O que esperam destes novos campeões?
    Resp: que correspondem nossas expectativas, especialmente Kofi Kingston e Seth Rollins. Sobre a Becky tá difícil de dizer, não acredito que a WWE a deixará ser uma dupla campeã por muito tempo.
    Quais deles poderá ter o melhor reinado?
    – O que acharam da Raw Pós-Wrestlemania? Qual o grande momento desta noite?
    Resp: Muito bom. A aparição do Undertaker, mas preferia ter visto seu segmento com Elias na WrestleMania
    – O que acharam da Smackdown Pós-Wrestlemania? Qual o grande momento desta noite?
    Resp: Bom também mas na minha opinião não teve nenhum grande momento.
    – O que esperar do Shake-up?
    Resp: Não sei.
    – Quem você colocaria como desafiantes ao Universal Champion Seth Rollins e ao WWE Champion Kofi Kingston?
    Resp: Só depois do shake up dá pra responder melhor esta pergunta.

    • Muito Obrigado André.

      Eu também gostei muito da Wrestlemania, apesar de ter sido tão extensa. Kofi conquistar o WWE Championship, realmente foi um dos grandes momentos da noite. No Raw ver Taker, realmente foi muito legal.

  2. Becky Lynch/Seth Rollins Fan há 5 meses

    Muito bom. Como sempre um otimo artigo. Eu particulamente adorei essa Wrestlemania. Pois a maioria que eu estava torcendo ganhou (iiconics, Rollins, Kingston, Demon e Lynch).

    E realmente o lance do “homem morto” no raw foi hilario kkkk

    • Muito Obrigado Becky Lynch/Seth Rollins Fan.

      Tambéms gostei muito das vitórias que citaste. Poucos de nós esperávamos que Lynch, Kofi e Tollins fossem vencer na mesma noite e Ilconics para mim foi a grande surpresa da noite.

Comentar