O relançamento da WOW (Women of Wrestling) foi anunciado na semana passada e com ele já foram confirmadas as presenças de Tessa Blanchard e AJ Lee (que regressa ao mundo do Wrestling como produtora).

Ainda assim, surgiu desde logo alguma controvérsia pelo facto de Tessa Blanchard ter sido vista como o ponto focal da companhia (esteve presente na pré-conferência, inclusivamente) atendendo ao historial de casos de alegado racismo com colegas de profissão.

Para “piorar” esta situação, o Fightful reporta agora que houve uma tentativa da antiga Impact World Champion e de uma das suas vítimas, La Rosa Negra, se reconciliarem. Uma das ideias partiu da NWA no último Verão e passaria por ambas se reunirem em privado para resolver as suas diferenças, mas não é sabido se Rosa Negra chegou a ter conhecimento.

Já a segunda proposta foi feita pela WOW no início de 2021 e consistia não só em La Rosa Negra trabalhar para a promotora, como também em estar alinhada com Tessa Blanchard em frente das câmaras. Embora não houvesse conhecimento de como essa parceria se efectivaria (se no show, redes sociais, etc), o Fightful frisa que tal hipótese poderia incluir “um pedido de desculpas” ou um “atenuar de tensões”.

No entanto, e muito provavelmente como já seria de esperar, Rosa Negra “não foi na conversa” e terá recusado a oferta já que fontes próximas da lutadora informaram o site que esta última se sentiu “insultada” por esta ideia da Women of Wrestling.


Pensas que a Women of Wrestling procedeu mal neste caso?

2 Comentários

  1. Victor Silva1 mês

    Sei que o perdão é um dos aspectos fundamentais na vida, mas também acredito que revivenciar certas coisas negativas não é saudável

  2. JP1 mês

    A Tessa só tem de fazer um pedido de desculpas público, e quanto mais tempo demora mais as portas se fecham.