A WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome, no Yuengling Center em Tampa, Flórida, a última antes do WrestleMania Backlash do dia 16 de Maio.

Resultados

Asuka, Mandy Rose & Dana Brooke venceram Charlotte Flair, WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler
– Jinder Mahal venceu Jeff Hardy
– R-K-Bro (Randy Orton & Matt Riddle) & New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) venceram Raw Tag Team Champion AJ Styles & Omos, Jaxson Ryker & Elias
– WWE United States Champion Sheamus venceu Humberto Carrillo
– Shelton Benjamin venceu Cedric Alexander
– Raw Women’s Champion Rhea Ripley venceu Asuka (Non-Title Match)
– Damian Priest venceu John Morrison
– Drew McIntyre venceu WWE Champion Bobby Lashley (por desqualificação)

Report

– Asuka, Mandy Rose & Dana Brooke venceram Charlotte Flair, WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax & Shayna Baszler: O Raw abriu com um combate, o que não é muito habitual e este Six-Woman Tag Team Match começou bastante equilibrado, mas ficou tudo muito confuso quando Alexa Bliss apareceu a andar de baloiço com Lilly ao lado e afirmou que as duas estão de olho em alguém.

Depois desta distração foi o trio de Charlotte Flair, Nia Jax & Shayna Baszler que conseguiu isolar Mandy Rose durante alguns minutos, sendo que quando Dana Brooke entrou, parece que a “Queen of Spades” se lesionou, o que abriu espaço para que Asuka acertasse um Shinning Wizard e vencesse o combate.

Assim que o combate terminou, Charlotte Flair atacou a sua rival japonesa e o segmento terminou com Alexa Bliss a rir-se das duas lutadoras. Parece então que Alexa Bliss está de olho numa delas.

De seguida relembramos imagens de Jaxson Ryker e Elias a atirar tomates a Randy Orton e depois da vitória dos R-K-Bro num Tag Team Match. Já nos bastidores tivemos New Day a falarem com Riddle e os três começaram a gozar com Randy Orton por ter levado com os tomates na cara, mas o “The Viper” não achou piada nenhuma à conversa e explicou que ele gosta é de terminar carreiras e meter pessoas a arder.

Ainda nos bastidores, tivemos MVP a entrar no balneário de Braun Strowman e o porta-voz de Bobby Lashley foi armar confusão a dizer que Drew McIntyre é que o fez perder. MVP então explicou que se Drew McIntyre ficar tão lesionado que não pode lutar no WrestleMania Backlash, então o combate no evento seria um combate singulares, ou seja, MVP tentou convencer o “Monster Among Men” a ajudar Bobby Lashley a lesionar o escocês.

No escritório de Adam Pearce, The Miz e John Morrison foram interromper uma conversa entre o oficial da WWE e Damian Priest. O “Archer of Infamy” sugeriu então que se ele vencesse o combate contra John Morrison, ele escolhe a estipulação para o seu combate contra The Miz no WrestleMania Backlash. Se for John Morrison o vencedor, então o duo pode escolher a estipulação para o embate no evento deste domingo.

Continuando no backstage, Jinder Mahal foi entrevistado e mostrou-se feliz por estar de volta ao Raw, sendo que está acompanhado pelos seus dois novos capangas, Shanky & Veer. Jinder Mahal afirmou que vai mostrar porque é que já foi WWE Champion.

– Jinder Mahal venceu Jeff Hardy: Jeff Hardy tentou usar a sua maior velocidade para dominar, mas Jinder Mahal mostrou um grande poderio físico e controlou o “Charismatic Enigma” durante vários minutos.

Ainda assim, já se sabe que Jeff Hardy não se deixa ficar e começou a equilibrar o ímpeto deste combate, mas a força e agressividade de Jinder Mahal foi um problema para o popular lutador. Depois do seu Khallas, o ex-WWE Champion venceu neste seu combate de regresso.

Nos bastidores tivemos Elias e Jaxson Ryker e ambos estavam todos felizes com os tomates na mão e a pensar quem seriam os alvos hoje, mas foram interrompidos pelos Raw Tag Team Champions AJ Styles (bela pêra, já agora) & Omos. O “Phenomenal One” mostrou-se irritado com esta conversa, sendo que o segmento terminou quando Omos destruiu um do tomates, mostrando o que fará aos seus adversários no Eight-Man Tag Team Match desta noite.

– R-K-Bro (Randy Orton & Matt Riddle) & New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) venceram Raw Tag Team Champion AJ Styles & Omos, Jaxson Ryker & Elias: Riddle até começou bem, o problema é que na outra equipa está Omos, que quando entrou em ringue dominou Riddle e os New Day. Já Randy Orton não quis nada com o gigante.

Riddle continuou então a ser dominado durante vários minutos pelo quarteto dos Raw Tag Team Champions AJ Styles & Omos, Jaxson Ryker & Elias, mas o “Original Bro” conseguiu o tag e o trabalho de equipa dos New Day equilibrou a contenda, mas Xavier Woods acabou por ser também dominado durante algum tempo.

Quando Riddle voltou ao ringue este parecia que ia vencer o combate, mas Omos quebrou o pin. O problema foi que Randy Orton fez o blind tag e quando os New Day distraíram Omos, o “The Viper” entrou em ringue pela primeira vez e acertou um RKO em Elias e venceu o combate.

Já o combate tinha terminado e o “The Viper” decidiu que a noite não tinha acabado e acertou um RKO a cada um dos membros dos New Day, enquanto Riddle ficava estupefacto.

Nos bastidores, tivemos Sonya Deville a falar com a Raw Women’s Champion Rhea Ripley e Asuka, com a oficial da WWE a anunciar que ainda neste Raw as duas se vão enfrentar num rematch da WrestleMania 37.

De seguida tivemos o WWE Champion Bobby Lashley e MVP a serem entrevistados e o porta-voz do “All Mighty” mostrou-se irritado com a pergunta e afirmou que o campeão está farto de ser desrespeitado. Já o WWE Champion Bobby Lashley explicou que na semana passada venceu Braun Strowman, neste Raw vencerá Drew McIntyre e no WrestleMania Backlash vencerá os dois.

No ringue, o WWE United States Champion Sheamus voltou a gozar por quererem que ele defenda o seu título todas as semanas e que ele não dá hipóteses pelo WWE United States Championship a qualquer um, e que Humberto Carrillo e Mansoor até podem ser talentosos, mas não estão a seu nível.

– WWE United States Champion Sheamus venceu Humberto Carrillo: Humberto Carrillo usou a sua velocidade e entrou melhor neste combate, o problema é que a força de Sheamus foi demais para o mexicano e fora do ringue o “Celtic Warrior” acabou por virar este embate a seu favor.

Humberto Carrillo foi sobrevivendo a um domínio bastante agressivo de Sheamus e que durou vários minutos, mas quando tentou acertar uma Powebomb de alto risco, Sheamus caiu em cima da perna de Humberto Carrillo e ao que parece este lesionou-se. O árbitro teve de terminar o combate, dando assim a vitória ao campeão.

A seguir tivemos um video package sobre os Lucha House Party (Lince Dorado & Gran Metalik) e de como estes estão preparados para mostrarem todo o seu talento.

De seguida tivemos mais um video package, desta vez para relembrar que Eva Marie vai regressar em breve.

– Shelton Benjamin venceu Cedric Alexander: Ao contrário do que seria de esperar, Cedric Alexander não usou a sua velocidade, mas tentou sim usar a sua técnica para atacar o joelho esquerdo de Shelton Benjamin e assim dominar este combate. O domínio foi bastante prolongado e isso fez com que o jovem lutador ficasse com a taxa de bazófia em alta. O problema de fazer isso contra um veterano? É que Shelton Benjamin do nada, com o seu T-Bone Suplex, venceu este combate.

Nos bastidores tivemos Drew Gulak a interromper uma sessão fotográfica de Angel Garza e a mostrar-se muito irritado pelo que aconteceu na semana passada, sendo que desta vez o mexicano prometeu que iria enfiar-lhe a rosa pela boca abaixo.

– Raw Women’s Champion Rhea Ripley venceu Asuka (Non-Title Match): Asuka entrou com tudo neste combate, mas a força de Rhea Ripley é sempre um factor diferenciador. Só que a campeã não ficou no controlo como pretendia, pelo menos naquele momento, pois foi distraída pela chegada de Charlotte Flair, que veio só ver este combate, segundo ela própria.

Ainda assim, Rhea Ripley lá conseguiu ter algum controlo perante Asuka, mas a resistência da “Empress of Tomorrow” já é bem conhecida e com o passar dos minutos foi começando a equilibrar. Fora do ringue, Charlotte Flair causou uma distração que ia causando a derrota à “Nightmare”. Todavia, a força da campeã foi demasiado para Asuka e, depois de um Riptide, venceu este embate.

A seguir revimos imagens do main event do Raw da semana passada, onde o WWE Champion Bobby Lashley venceu Braun Strowman, e dos momentos em que Drew McIntyre deixou os seus rivais no chão com Claymore Kicks.

Nos bastidores, Drew McIntyre foi entrevistado e explicou que se Braun Strowman aceitar a proposta de MVP, ele está tramado, porque nenhum homem consegue sobreviver ao ataque de dois lutadores como Bobby Lashley e o “Monster Among Man”. Só que para já está só focado em fazer melhor do que na WrestleMania 37 e para no WrestleMania Backlash recuperar o seu WWE Championship.

– Damian Priest venceu John Morrison: Damian Priest usou a sua força para controlar os primeiros momentos do combate, mas a experiência e agilidade de John Morrison fizeram com que este o controlasse.

Ainda assim, depois de um longo domínio, o “Archer of Infamy” conseguiu recuperar e usando os seus pontapés e força equilibrou este seu embate. No final, os dois lutadores quase venceram, sendo que The Miz até distraiu o árbitro o que de forma involuntária estragou a hipótese de John Morrison vencer. Quem venceu foi mesmo Damian Priest, que acertou o seu Hit The Lights.

Assim que o combate terminou, The Miz atacou Damian Priest, mas com pouco sucesso, pois teve de fugir do ringue e o segmento terminou com mais um Hit The Lights em John Morrison.

A seguir tivemos mais um video package de Eva Marie a promover a sua estreia no Raw, algo que acontecerá em breve.

No escritório de Adam Pearce, o “Archer of Infamy” explicou que no WrestleMania Backlash quer um Lumberjack Match contra The Miz, para este não fugir, como tem feito.

– Drew McIntyre venceu WWE Champion Bobby Lashley (por desqualificação): O main event do Raw começou de forma bastante agressiva, com estes dois guerreiros a quererem despachar o combate o mais rapidamente possível, sendo óbvio que isso não aconteceu. Ainda assim, foi Drew McIntyre que entrou um pouco melhor e controlou tanto dentro como fora do ringue.

Bobby Lashley ainda usou um pouco de batota, o que em conjunto com a sua força, foi um problema para o “Scottish Warrior” e assim dominou durante algum tempo. Mas Drew McIntyre tem uma resistência e força inacreditável e voltou a recuperar o ímpeto nesta “guerra”.

O final foi extremamente equilibrado e Drew McIntyre acertou um Claymore Kick do nada, o que parecia que lhe ia dar a vitória. No entanto, Braun Strowman apareceu em ringue e atacou o “Scottish Warrior”, causando assim a desqualificação.

Depois do combate, o WWE Champion Bobby Lashley também sofreu às mãos do “Monster Among Men”, que fez o “All Mighty” atravessar a barreira de protecção com o seu Powerslam.

O Raw terminou com Braun Strowman a acertar o seu terceiro Running Powerslam em Drew McIntyre.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

27 Comentários

  1. RAW razoavelmente melhor que os anteriores. Destaco a luta de duplas que achei bem interessante, talvez por não ter sequer expectativas. Queria ver o Orton VS Omos, mas imaginei que eles fossem segurar isso por enquanto.

    • ATT ERA1 mês

      Achei fraco porém melhor que os últimos 6 pelo menos. Ade ser relevar que antes de um ppw os atletas se poupam para não se lesionar. Espero que depois de domingo Bob Drew e Strowman deem um tempo e lutem com outros.

  2. ATT ERA1 mês

    Eu queria muito que dessem mais chances a Elias ele tinha que sair desta personagem e ter mais push.

    • Kay Orton1 mês

      Elias é simplesmente completo pra ser IC ou US champion ou em qualquer ponto que o colocarem. e mesmo perdendo ele consegue se colocar over novamente, ele conseguiria vender muito bem sendo um campeão solo.
      Espero que ele tenha uma chance pra esses dois títulos.

    • alexandre teodoro1 mês

      acho o mesmo ATT, elias tem potencial que muitos campeões anteriores nãp tiveram, um desperdicio, esse personagem e ate bom mas poderia ter só o push que falta pra ele ser campeão

  3. CMPunk1 mês

    Alguém me sabe dizer onde anda o Bray Wyatt?

  4. Balhote1 mês

    Mais um Raw fraco dentro daquilo que vimos na semana passada. Só quero que o Backlash passe, para ver se depois temos algum sangue novo no Raw. Novas rivalidades, novos combates para ver se o show melhora. Destaco o regresso do Jinder e os RKBros que na minha opinião continuam a ser a melhor coisa no show.

  5. Facebook Profile photo

    Tirando o Orton e o Riddle continua um show super aborrecido.

  6. Mais um RAW desinteressante,ainda assim melhorzito comparando com os das semanas anteriores

  7. TakerVanderVaart231 mês

    Primeiro segmento/combate para encher chouriços na minha opinião!
    A Alexa Bliss aparece mas pouco se retira desse momento…
    Temos Jinder Mahal de volta. Uma rivalidade contra Drew McIntyre seria interessante mas não o vejo a sair por cima dessa rivalidade. E se for para o Jinder ganhar impeto para lutar pelo titulo da WWE, então não me parece que essa rivalidade possa acontecer.
    Gostei de ver o Shelton Benjamin a sair com a vitória, curioso para ver no que esta história entre os dois possa vir a dar.
    Tenho alguma pena de ver o John Morrison com esta “nova persongem” do Drip Drip… acho que não lhe acrescenta nada em termos de credibilidade e bem que estava na altura de ele ter uma boa run individualmente. Adoraria ver o Morrison por exemplo como Mr. MITB, sendo que o The Miz poderia com o tempo virar-se contra ele. Teríamos um mês ou dois em que eles iriam estar um contra o outro em rivalidade, saindo o Morrison por cima nessa história e algum tempo mais tarde usar a maleta MITB para se tornar WWE Champion. Se o Mahal o pode ser, o Morrison também pode!

  8. Foi um RAW um pouco melhor do que aquilo que foi apresentado à umas semanas mas ainda há muito que melhorar!

  9. Joacino1 mês

    Continuo a nao perceber, o que querem fazer com a Bliss, depois da separação com o The Fiend

    • BigMando1 mês

      acho que ela e a boneca Lily ainda vão masé ganhar os Tag Team Championships

  10. jose1 mês

    Bom ensaio

  11. Gostei:
    – Riddle nos bastidores a falar com os New Day, diz que estava a tirar a carta de Tag Team até à situação do Elias & Ryker acontecer, e achou a reação do Orton hilariante. O Randy estava atrás dele e perguntou qual era a piada e disse que achava piada a acabar com carreiras, magoar outros e incendiar outros. Os New Day estão cheios de medo após isto mas o Riddle continua mocado e os 2 vão-se embora. Bom.
    – Sheamus estava a fazer uma promo e disse que o Adam Pearce sugeriu que ele continuasse a tradição do título e dar uma oportunidade a outros lutadores, mas para dá-la eles tem que merecê-la. Qualquer um pode fazer por merecê-lo. Depois falou do Mansoor e Humberto Carrillo, dizendo que são ótimos talentos mas são inferiores a ele. E depois vêm o Humberto. Boa promo.
    – Damian Priest vs John Morrison. Priest vence no 1º combate que achei bom da noite.
    – Bobby Lashley vs Drew McIntyre. O combate estava a ser muito bom até ao finish.

    Não Gostei:
    – Asuka, Mandy & Dana vs Charlotte Flair, Shayna Baszler & Nia Jax. O combate estava a ser decente até a Alexa Bliss aparecer no seu recreio e diz que está de olho em ”alguém”. As faces ganham porque a Alexa Bliss é uma super-heroína, acho eu?
    – Jinder Mahal vs Jeff Hardy. Jinder Mahal vence num combate que personifica a palavra medíocre.
    – The New Day & RKBro vs AJ Styles, Omos, Elias & Jaxson Ryker. RKBro e New Day conseguem a vitória após mais um combate medíocre.
    – Após o combate estão todos a festejar quando o Orton dá um RKO no Woods e Kingston, com o Riddle chocado.
    – Sonya Deville estava nos bastidores com a Rhea Ripley e Asuka quando revela que uma pessoa mistério deu-lhe uma ideia brilhante de fazer Rhea vs Asuka no Raw. A Rhea já sabia que era a Charlotte mas a Asuka está ansiosa para o combate.
    – Sheamus vs Humberto Carrillo. Fraquinho.
    – Shelton Benjamin vs Cedric Alexander. O combate até foi divertido. Então porque é que está aqui? Porque estes 2 ainda deviam estar juntos com o Lashley e MVP.
    – Rhea Ripley vs Asuka. Medíocre, de novo.
    – Após o combate, Braun Strowman ataca Drew McIntyre e Lashley, após fazer este último pensar que estava do lado dele. O Lashley rola para fora do ring e, apesar do MVP implorar para o não fazer, o Strowman mete o Lashley pela mesa. Braun Strowman entra no ring e aplica outro Powerslam no Drew. Meh.

    Overall: 6/10. Esta foi a Raw mais medíocre do ano, até agora. Não foi horrível. Foi monótona, talvez até aborrecida. Mais de metade dos combates foram medíocres. As únicas pessoas que destaco esta semana é o Drew e Lashley.

    • Correção o strowman meteu o lashley pela barreira a dentro e nao a mesa

    • Sim, bem visto. O Strowman ia metê-lo pela mesa mas depois mudou de ideias. Tinha-me esquecido dessa parte, portanto fiquei com a mesa na cabeça.

  12. Bruno Vieira1 mês

    Ao que parece o Carrillo poderá ficar de fora uns tempos. Li algures que partiu o Coccix e dúvidas em relação à perna

  13. Facebook Profile photo

    é.. foi melhor q os anteriores… o ruim fosse se esse show fosse pior

  14. Anónimo1 mês

    Raw melhor que as outras semanas. Mais uma vez destaco os acontecimentos a volta do Randy Orton e Riddle, e gostei do main event.

  15. RAW dentro do que tem sido habitual.
    Destaco:
    – RK-Bros
    – Main Event

  16. Episódio razoável do Raw. Os meus únicos pontos positivos vão para: o regresso de pirotecnia num show semanal logo a abrir; a presença de Alexa Bliss no combate inicial para iniciar o set-up para uma feud; o regresso e vitória de Jinder Mahal que agora tem dois “guardas” (sei que já tinham aparecido no programa Main Event, mas pouca gente acompanha esse show); e a continuação da dinâmica engraçada entre Randy Orton e Riddle.

  17. Facebook Profile photo

    Raw muito melhor! Não custa nada imprimir mais Wrestling e segmentos que valem a pena. Parabéns aos responsáveis por meterem um bom show. Espero que seja sempre a melhorar agr. 7 de 0 a 10.

  18. Kick_Ass1 mês

    RAW razoável, um pouquinho melhor que o anterior.

    Destaco pela positiva:
    – RKBros, melhor que o RAW tem para oferecer de momento.
    – Retorno do Mahal, bom nome para reforçar o mid card e ter uma feud com o Drew.
    – Combate entre o Shelton e o Cedric, espero que consigam retirar algo de bom disto.
    – Combate do main event.
    – Ataque do Strowman ao Lashley/Drew, apesar de não estar a ver outro desfecho sem ser o Lashley reter o título no Backlash.

    Pela negativa destaco:

    – A péssima utilização do Jeff Hardy, um lutador muito popular e carismático.
    – O opening do show foi um enche chouriços.
    – Feuds no geral muito mortas e sem impacto, ainda há muito trabalho por fazer para o RAW apresentar qualidade. Por vezes dá-me a ideia que o mid card está mais próximo do low card do que do main event.