Depois do WrestleMania Backlash deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome, no Yuengling Center em Tampa, Flórida, já a pensar no Hell in a Cell de dia 20 de Junho.

Resultados

– Raw Tag Team Champion AJ Styles venceu Elias (por desqualificação)
– Angel Garza venceu Drew Gulak
– Kofi Kingston venceu Randy Orton
– WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina venceram Nia Jax & Shayna Baszler
– WWE United States Champion Sheamus venceu Ricochet
Asuka venceu Charlotte Flair
– Damian Priest venceu John Morrison (Lumberjack Match)
– Kofi Kingston venceu WWE Champion Bobby Lashley (Non-Title Match)

Report

O Raw começou com MVP a apresentar o ainda WWE Champion Bobby Lashley, que veio ao ringue acompanhado de várias raparigas.

MVP elogiou a vitória do “All Mighty” no WrestleMania Backlash, pois venceu duas das maiores Superstars da atualidade. Depois de se vangloriar durante vários minutos, MVP fez um open challenge para alguém que quisesse enfrentar o campeão e foi Drew McIntyre que respondeu ao desafio. MVP explicou depois que este open challenge era para todos os lutadores, menos para Drew McIntyre e Braun Strowman.

O segmento terminou depois de Drew McIntyre acertar um soco em Bobby Lashley, que teve de ser agarrado por MVP para prevenir que a brawl continuasse.

– Raw Tag Team Champion AJ Styles venceu Elias (por desqualificação): AJ Styles e Elias entraram de forma agressiva neste opener do Raw, sendo que foi o músico que foi tendo algum ímpeto, mas o “Phenomenal One” consegue virar combates do nada e assim o fez.

Ainda assim, o equilíbrio foi a nota dominante neste combate, sendo que Elias usou a sua força para ganhar algum ímpeto sempre que podia e com o passar dos minutos as quase vitórias foram começando a aparecer. Quando parecia que AJ Styles ia preparar o seu Phenomenal Forearm, Jaxson Ryker decidiu que estava na hora de interferir e assim fez com que o combate terminasse.

Omos perseguiu Jaxson Ryker e isso abriu espaço para que Elias continuasse o ataque a AJ Styles, mas Omos não deixou que nada de mal acontecesse ao seu parceiro de equipa.

De seguida revimos Randy Orton a acertar RKOs nos New Day, e nos bastidores tivemos Riddle a falar com a dupla, até que Randy Orton apareceu e tudo o que foi prometido aos três lutadores foi uma mentira do “Original Bro”, que tentou reconciliá-los. Como seria de esperar, essa ideia não correu bem e acabámos com Randy Orton e Kofi Kingston a desafiarem-se para um combate neste Raw.

A seguir tivemos as novas WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina no recreio de Alexa Bliss. Tamina mostrou-se muito desconfortável com a conversa de Alexa Bliss, já Natalya tentou responder às perguntas da lutadora, por mais estranhas que fossem, mas acabaram por deixar a “Goddess da WWE” a falar sozinha.

– Angel Garza venceu Drew Gulak: Drew Gulak entrou de forma bastante agressiva neste combate, mas Angel Garza respondeu na mesmo moeda e, depois de provar o seu domínio, aplicou o Wing Clipper e venceu este embate.

Assim que o combate terminou, Angel Garza fez o que tinha prometido na semana passada e enfiou a rosa pela boca abaixo de Drew Gulak.

Nos bastidores tivemos o WWE 24/7 Champion R-Truth a ser entrevistado, com o confuso campeão a achar que o open challenge de Bobby Lashley era pelo seu título. No meio da entrevista, Akira Tozawa apanhou R-Truth com um roll up e é novamente WWE 24/7 Champion.

De seguida tivemos mais um video package para promover o regresso de Eva Marie à WWE.

– Kofi Kingston venceu Randy Orton: Kofi Kingston entrou melhor em mais este combate contra o seu velho rival e dominou, até Randy Orton decidir que estava na altura de espetar um dedo no olho do seu adversário.

Depois de um domínio de alguns minutos por parte do “The Viper”, a velocidade do lutador dos New Day começou a recuperar, mas foi por pouco tempo, pois Randy Orton voltou ao controlo. Isto até Xavier Woods começar a tocar o seu trombone e distrair o “Legend Killer”, e assim Kofi Kingston aproveitou e com um school boy venceu o combate.

Assim que o combate terminou, os quatro lutadores começaram a discutir e já com Randy Orton a sair de cena, Riddle mostrou-se também ele frustrado com Xavier Woods e empurrou-o.

No escritório de Adam Pearce e Sonya Deville, Lana & Naomi e Mandy Rose & Dana Brooke estavam a pedir um combate pelos WWE Women’s Tag Team Championships, mas foram interrompidas por Charlotte Flair que queria uma hipótese pelo Raw Women’s Championship. Foi a campeã Rhea Ripley que veio interromper Charlotte Flair, dizendo que já não quer saber dela. Depois de mais uma troca de provocações, Rhea Ripley afirmou que ia estar atenta ao embate entre a “Queen” e Asuka.

– WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina venceram Nia Jax & Shayna Baszler: Nesta desforra do combate que aconteceu no último SmackDown, as antigas campeãs decidiram entrar com um ritmo muito forte logo desde o primeiro segundo, tendo isolado Natalya durante alguns minutos. Quando Tamina entrou em ringue pensava-se que o ímpeto ia virar, mas as ex-campeãs continuaram a dominar.

Só que Alexa Bliss apareceu e um dos cantos do ringue explodiu fogo, o que distraiu a “Queen of Spades” e isso deu espaço para que Tamina e Natalya acertassem o seu Hart Attack e mantivessem os seus títulos.

Sheamus veio para o ringue irritadíssimo por Ricochet lhe ter roubado a roupa depois do combate que tiveram no Kickoff do WrestleMania Backlash. Já nos bastidores, o “One and Only” foi entrevistado e apareceu com o casaco e chapéu de Sheamus, tendo até falado com sotaque irlandês, o que deixou o “Celtic Warrior” ainda mais aziado.

– WWE United States Champion Sheamus venceu Ricochet: Ainda antes do combate começar, Sheamus perdeu a cabeça e foi atrás de Ricochet, mas este levou a melhor, o problema foi já quando o combate estava em andamento e o WWE United States Champion finalmente meteu um travão no “One and Only”.

A agressividade do irlandês foi ainda maior do que é habitual, tal era a raiva do campeão e quem pagou a factura foi Ricochet, que sofreu a ira do “Celtic Warrior” que foi destruindo o seu adversário tanto dentro como fora do ringue.

O domínio de Sheamus foi bastante longo, mas um Spanish Fly da terceira corda por parte do “One and Only” iniciou a viragem do ímpeto, sendo que Ricochet começou a usar a sua velocidade e agilidade para deixar o WWE United States Champion em apuros.

Ricochet quase venceu por várias vezes, tal como Sheamus, que com uma joelhada incrível também quase saiu vencedor, o que o deixou bastante frustrado. Assim que se colocou em pé, o irlandês acertou o seu Brogue Kick no “One and Only” e assim venceu este combate.

Depois do combate, Sheamus deixou um pequeno aviso ao WWE Champion Bobby Lashley, para este ficar atento, pois ele poderá querer ter mais um título.

Nos bastidores tivemos Mace & T-Bar a mostrarem-se também eles atentos ao open challenge do “All Mighty” Bobby Lashley.

– Asuka venceu Charlotte Flair: Estas duas lutadoras conhecem-se bem e isso notou-se nos primeiros momentos, onde as duas se enfrentaram numa luta bastante equilibrada, mas ainda assim e já com a Raw Women’s Champion Rhea Ripley a ver, foi a “Queen” que acabou por controlar durante alguns minutos. Só que a frustração foi aparecendo sempre que a “Empress of Tomorrow” ia sobrevivendo a cada pin.

Asuka conseguiu recuperar o ímpeto e até quase conseguiu vencer. A frustração foi aparecendo nas duas lutadoras, que com o passar dos minutos iam ficando cada vez mais perto da vitória, em especial com várias trocas de submissões. As duas lutadoras decidiram lutar fora do ringue e Charlotte Flair achou boa ideia discutir com a “Nightmare”. Toda esta confusão fez com que a “Queen” acertasse um pontapé na Raw Women’s Champion, o que deu espaço para que Asuka com um pin rápido vencesse este combate.

Nos bastidores, John Morrison foi entrevistado e afirmou que The Miz nunca mais vai ser o mesmo depois do que lhe aconteceu no WrestleMania Backlash e que por isso lhe dedica este combate.

– Damian Priest venceu John Morrison (Lumberjack Match): Desta vez tivemos lumberjacks normais e não zombies, o que já é um bónus em comparação ao combate do WrestleMania Backlash. Neste ambiente, a veterania de John Morrison fez com que este dominasse durante alguns momentos, mas Damian Priest conseguiu recuperar o ímpeto, sendo que Nikki Cross até empurrou “Johnny Drip Drip” para dentro do ringue.

Ainda assim, o mais experiente John Morrison lá foi controlando este Lumberjack Match, mas a força do “Archer of Infamy” foi um problema, sendo que os lutadores decidiram que estava na hora de começarem à pancada fora do ringue. Quem aproveitou isto foi Damian Priest, que acertou um Superplex em John Morrison para cima dos lumberjacks.

No final, Damian Priest acertou um Frankensteiner da terceira corda, antes de aplicar o seu Hit The Lights e assim vencer este combate.

Assim que o combate terminou, Damian Priest foi entrevistado e explicou que The Miz e John Morrison estão no passado e que ele, apesar de já ter lutado, está atento ao open challenge do WWE Champion Bobby Lashley.

A seguir tivemos mais um video package de Eva Marie, onde esta explicou que sempre quis ser uma heroína e quer ajudar os outros a conquistar os seus sonhos.

Nos bastidores, Shelton Benjamin foi entrevistado e também ele está interessado no open challenge do WWE Champion Bobby Lashley, mas Cedric Alexander interrompeu e provocou o seu ex-parceiro, e acabou por levar um soco na cara.

Quem respondeu ao open challenge foi Kofi Kingston e ainda antes do combate começar MVP explicou que afinal este combate não ia ser pelo WWE Championship.

– Kofi Kingston venceu WWE Champion Bobby Lashley (Non-Title Match): As estratégias de ambos os lutadores eram fáceis de perceber, Bobby Lashley queria usar a sua força e Kofi Kingston a sua velocidade e agilidade, e foi o membro dos New Day que acabou por entrar melhor neste main event.

Ainda assim, a força do “All Mighty” acabou por ser um problema para Kofi Kingston e o WWE Champion dominou durante alguns minutos. Apesar deste ser o seu segundo combate da noite, o lutador dos New Day foi dando luta e aguentando a ofensiva de Bobby Lashley.

Xavier Woods ainda tentou distrair Bobby Lashley, tal como já tinha feito com Randy Orton, mas acabou expulso pelo árbitro. Esta confusão toda deu espaço para que Drew McIntyre, nas costas do árbitro, roubasse a bengala de MVP e acertasse com ela no “All Mighty”. Isto fez com que Kofi Kingston, com um pin rápido, apanhasse o WWE Champion e vencesse este combate.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

27 Comentários

  1. Victor Silva4 semanas

    Garza vencendo mais uma. que bom que não acabou esquecido depois daquele período ausente, gosto do Garza os seguimentos dele e também do R-Truth me tira algumas risadas.

    El Latino Está En La Casa Baby!🌷😂😂

  2. Joelson Souza Ribeiro4 semanas

    “Esse show”, de hoje foi sem graça me irritei DEMAIS da Vitória do Kofi, cima do lashey além dele ganhar. no próximo raw ele vai ter oportunidade de ser campeão mundial. que e impossível cima do lashey. poderiam ser outro nome, Não Kofi pela amor de deus não dá só a wwe pra caga nas feuds que essa wwe vêm cometendo.
    Poderia ser aquele rapaz Damian priest talvez, seria um bom adversário do lashey não kofi Orton, Mahal mais não kofi e bricandeira que essa WWE, vêm fazendo por isso que muitos não ver mais shows do raw melhor ver Smackdown mill vezes melhor a qualidade do show é melhor.

    • Ester Nazaré Dias Cabral4 semanas

      Não porquê, qual o motivo para o ódio que tem conta o kofi Kingston? É por ele ter sido campeão e voltar a lutar pelo título, é? Você não gosta do kofi Kingston como lutador porque razão?

    • Alyssa Drake4 semanas

      Concordo primeiro ele tem uma vitoria contra o orton e no mesmo dia ganha do lashley? Wtf wwe

    • ATT ERA4 semanas

      Mais um péssimo Raw. Koffi…? Oi? Como assim?

    • Carlosilva4 semanas

      O Kofi está na WWE há 13 anos e acho que é a primeira vez que vejo alguem a ficar assim tão irritado por causa dele.

      Não te estou a fazer esta pergunta de forma retórica ou irónica, estou mesmo curioso: Porquê essa reação ao facto do Kofi ir entrar em feud com o Lashley?

      Acho que é um bom babyface portanto a mecânica funciona bem e sempre ajuda o Lashley a ganhar heat, pode não ser o adversário ideal mas também ainda não estamos em época de SummerSlam, certamente que estão a guardar os melhores planos para essa altura.

    • ATT ERA4 semanas

      É que recentemente ele foi campeão e que rem outros na fila e a vez dele passou.

    • Nada disso o kingston está vistonque ira perder na proxima semana e no hell in a cell será novamente ondrew vs lashley, voltando ao kofi ele e o xavier irao ter feud com o riddle e orton, até pela forma como o riddle agiu apos o orton sair do ringue vem de encontra ao que falo

    • ATT ERA4 semanas

      Vocês não entenderam. A crítica é a wwe que fez o drew e o strowman perderem 3 vezes pro Lashley e o koffi ganhar como ganhou. O drew perder pro Bob? Ok, mas não como foi na mania. É um acumulado de decepção, nada contra o Koffi pessoalmente e sim com a wwe que só erra desde que Drew venceu o Lesnar.

  3. Ester Nazaré Dias Cabral4 semanas

    Alyssa Drake o que você acha estranho, o facto do Kofi Kingston ter derrotado o randy Orton e depois o campeão ou o simples fato do Kofi Kingston ir lutar pelo título, faz você e outras pessoas ficarem irritadas com isso e terem ódio ao membro do New Dawn? Você gosta do kofi Kingston como lutador ou não?

  4. Rui jesus messias4 semanas

    Kofi na mesma noite ganha ao Orton e Lashley, woow

    • Ester Nazaré Dias Cabral4 semanas

      É lá mas por que motivo é essa ódio agora todinho para cima do Kofi Kingston, é por ele ir lutar pelo título, é?

    • Rui jesus messias4 semanas

      Amigo não é ódio, adoro o Kofi mas estas 2 vitórias numa noite fazem dele um deus

  5. Não vi o show, e após ler o resumo pensei: ainda bem!
    Até o SmackDown de sexta.

  6. Até que foi um bom RAW,tendo em conta o que temos tido nas ultimas semanas.
    Destaques:
    -Interaçoes entre os RKBros e os New Day e combate entre o Orton e o Kofi.
    -Bons combates entre a Charlotte e a Asuka e entre o Sheamus e o Ricochet.
    -Main event ok.

  7. TakerVanderVaart234 semanas

    Acho que foi um Raw bom para o mediano.
    Tivemos bom combate entre Charlotte e Asuka, mas quero ver algo novo e diferente nas próximas semanas.. uma nova oponente para a Rhea Ripley pf.
    Bom combate entre Sheamus e Ricochet, bom ver Ricochet ter este tempo de tv… que consiga conquistar o seu espaço aos poucos. O mesmo para Angel Garza, tem tudo para ser um sucesso no Raw, veremos como continua a sua progressão.
    O Main Event foi ok, espero que isto de haver novos oponentes ao Bobby Lashley continue e que em breve tenhamos um novo rival para ele sem ser Strowman ou McIntyre.
    McIntyre bem que podia agora rivalizar com o Mahal por exemplo, quanto ao Strowman não sei exatamente, mas quem sabe um reinado com o USA Tilte daqui a uns meses não seria mau… para já poderia ir tendo um ou outro combate no mid card e ir tentando manter-se “importante” no meio de todo o roster do Raw

  8. angela rodrigues4 semanas

    Achei pésisimo o raw de ontem, Kofi ganhar dos dois com ajuda claro, Nia e Shayna perderam por causa da intromissão da Alexa, Charlotte perdendo para Asuka, para mim o raw foi ruim, primeiro por causa dos meus favoritos, acho que estão denegrindo Charlotte, Shayna e Bobby e Randy. Shayna poderia ir atrás do título da Riplei

    • Estás enganada sobre a charlote, isto é só para adiar a rivalidade solo entre rhea vs charlote que está guardada para o sumerslam e até lá gramas com maiscum rhea vs asuka pela 3° vez consecutiva

  9. Facebook Profile photo

    Garza foi demais, bom que não foi esquecido, sheamus tá demais como US CHAMPION, um reinado dominante e acabando com os oponentes, que luta seria ele contra o all migthy, é só eu não ver 1 raw q o show fica bom…. gostei do suspense q rondou o show pelo titulo maximo e mostra que outros superstar não estão esquecidos assim, lamberjack melhor q aquela porcaria da WM backlash

  10. Facebook Profile photo
    hugo braga4 semanas

    raw muitissimo fraco.estou seriamente a pensar parar de ver esta porcaria

  11. Balhote4 semanas

    Foi um Raw razoável, talvez o que tenha gostado mais nos últimos tempos. Realmente os shows têm sido terríveis mas o de ontem até me agradou. O meu destaque vai para os RKBros e o combate entre Sheamus e Ricochet. Estou a gostar de usarem o Us title para dar algum tempo a superstars que não têm sido usadas . Gostei também de ver o Kofi de volta à luta pelo WWE Championship. De resto acho que num futuro próximo teremos uma defesa de títulos por parte do Aj e Omos frente ao Elias e o Rycker, o que não é muito entusiasmante mas pronto é o que há. A womens division continua a não me interessar apesar o combate da Charlotte e Asuka ter sido bom, mas é tão respetivo que acabo por perder o interesse. Acho que o Raw pode e deve melhorar muito, mas para o que a WWE tem apresentado, o de ontem nem foi assim tão mau.

  12. Gostei:
    – A Raw começa com Bobby Lashley e MVP, com este último a destacar a dominância de Lashley, como ter vencido após ter sido pelos LED’s. Diz depois que haverá um Open Challenge e Drew McIntyre aparece, aceitando o convite, no entanto, MVP declara que Strowman e McIntyre não podem participar. Lashley tenta soquear McIntyre, mas acaba com McIntyre a soqueá-lo para terminar o segmento. Bom!
    – RKBro e os New Day juntam-se nos bastidores após mentiras de Riddle. Riddle tenta fazer com que os 3 homens se unam, mas isto não resulta e leva a Orton vs Kingston. Bom!
    – Sheamus derrota Ricochet num combate mesmo bom onde os 2 estiveram bem.
    – Asuka derrota Charlotte Flair num bom combate.
    – Kofi Kingston derrota Bobby Lashley num bom combate com um ótimo final!

    Não Gostei:
    – AJ Styles vence Elias por DQ após interferência de Jaxson Ryker… Fraquinho.
    – Alexa’s Playground com Tamina e Natalya como convidadas. As 2 estão extremamente desconfortáveis, e Bliss pergunta-lhes a cor favorita, com Natalya a dizer rosa e Tamina a dizer preto e azul (Não sei porque raio isto é relevante). Alexa diz que a Lilly gosta da Tamina e as Tag Champs vão-se embora enquanto a Alexa continua. Desnecessário…
    – Angel Garza derrota Drew Gulak numa squash medíocre.
    – Após o combate, Garza enfia a rosa pela garganta abaixo do Gulak, cumprindo a promessa…
    – Kofi Kingston derrota Randy Orton num combate medíocre. Esperava-se mais aqui.
    – Tamina & Natalya derrotam Shayna Baszler & Nia Jax após distração da Alexa Bliss. Porque raio a associação entre estas 3?
    – Damian Priest derrota John Morrison numa lumberjack nada má, mas nada boa. Medíocre. Além disso, 2 lumberjacks em 2 noites seguidas não é exatamente algo que aprecie… Ao menos esta teve vivos à volta do ring.

    Overall: 6/10. Um show medíocre com um bom main event. Não foi tão mau como as últimas semanas, e parece que o Raw está a melhorar. Lentamente, mas está.

  13. Episódio ok do Raw. Destaco o segmento inicial, o desenvolvimento da dinâmica entre Randy Orton e Riddle (este último defendeu “The Viper” perante os ex-amigos The New Day). o sotaque irlandês de Ricochet e o ótimo combate deste contra Sheamus (melhor da noite, na minha opinião).
    Não gostei nada do main event, visto que deram uma derrota a um dos campeões mais dominantes dos últimos tempos (a última vez que Bobby Lashley sofreu um pin deve ter sido no Verão passado) de forma “estúpida”, num Raw, sem construção e perante Kofi Kingston que tem sido maioritariamente um tag team wrestler desde que perdeu o WWE Championship em 2019.

  14. Facebook Profile photo

    como pode todo raw elias luta e perde, o pior é q ele é melhor em ringue do que metade que lutou hoje, o cara vive perdendo mas se mantem como um bom desafio, consegue passar um ar de um personagem realmente BRABO, tem uma gimmick interresante, mas só perde e anda com o fracassado ryker que por mais que lute bem só joba, pra q por o mesmo cara em todo o santo show pra perder?

  15. Anónimo4 semanas

    Melhorou o Raw. Bom início de show. Bons desenvolvimentos a volta do Randy Orton e Riddle. Bom combate entre o Ricochet e Sheamus. Espero que o Ricochet tenha mais destaque no Raw daqui para a frente. E bom combate entre Charlotte e Asuka.

  16. RAW ok, mas novamente abaixo
    Destaco:
    – dinâmica dos RK-Bros
    – Sheamus vs Ricochet
    – Main Event

  17. Foi um RAW razoável!