Depois do Money In The Bank deste domingo, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do American Airlines Center em Dallas, Texas. Esta foi a primeira edição de “regresso à estrada” e com fãs ao vivo, rumo ao SummerSlam do dia 21 de Agosto.

Resultados

– Riddle & Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram John Morrison & Raw Tag Team Champions AJ Styles & Omos
– Jaxson Ryker venceu Elias (Simphony of Destruction Match)
– WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina venceram Nia Jax & Shayna Baszler
– WWE United States Champion Sheamus venceu Humberto Carrillo (Non-Title Match)
– WWE Champion Bobby Lashley venceu Keith Lee (Non-Title Match)
– Jeff Hardy venceu NXT Champion Karrion Kross (Non-Title Match)
– Rhea Ripley venceu Raw Women’s Champion Charlotte Flair (por desqualificação)
– Nikki ASH venceu Raw Women’s Champion Charlotte Flair

Report

O Raw abriu como o Money In The Bank terminou, com John Cena a vir para o ringue. Este começou por dizer o quanto sentia falta do WWE Universe e depois explicou que regressou por causa dos fãs, por causa de Roman Reigns e por causa do WWE Universal Championship, e que quer enfrentar o “Tribal Chief” no SummerSlam.

John Cena afirmou que não regressou para ser 17x campeão mundial, mas sim porque Roman Reigns é um arrogante e que se acha melhor do que aquilo que é, e alguém tem de lhe ensinar humildade.

John Cena continuou a explicar quando se é bom, dizemos às pessoas que somos bons e que elas têm de nos reconhecer, mas quando somos excelentes, são as pessoas que nos dizem isso.

O segmento terminou quando Riddle veio ao ringue e os dois disseram “Bro!” umas quantas vezes um ao outro, antes de John Cena sair de ringue.

– Riddle & Viking Raiders (Erik & Ivar) venceram John Morrison & Raw Tag Team Champions AJ Styles & Omos: Riddle e os Viking Raiders entraram bastante dominantes, sendo que controlaram durante vários minutos tanto dentro como fora do ringue, isto até Omos decidir que estava na hora das coisas mudarem e atirar AJ Styles para cima de todos os outros lutadores.

Assim os Raw Tag Team Champions AJ Styles & Omos e John Morrison conseguiram isolar Riddle durante vários minutos, mas quando este conseguiu fazer o tag, Erik parecia que ia virar o combate do avesso, mas o “Phenomenal One” ainda tinha energia e deixou-o por terra, e foi então que Ivar entrou em ringue e virou o ímpeto.

Quando The Miz decidiu usar o drip stick e ajudar John Morrison, Riddle roubou um dos drip sticks e molhou Omos pelas costas. O gigante não achou piada nenhuma a isto e começou a perseguir The Miz pois achava que tinha sido o “A-Lister” a molhá-lo.

Toda esta irritação fez com que Omos atirasse John Morrison para dentro do ringue e isso abriu espaço para que os Viking Raiders aplicassem a Viking Experience e assim arrecadaram a vitória neste opener.

No ringue, Elias preparava-se para fazer um concerto, mas Jaxson Ryker apareceu no titantron e explicou que todos já estão fartos de ouvir o cantor e que ele o vai calar de vez.

– Jaxson Ryker venceu Elias (Simphony of Destruction Match): O combate começou de forma agressiva e foi Jaxson Ryker, com a ajuda de vários instrumentos musicais, que dominou o seu rival a seu bel-prazer durante vários minutos.

No entanto, Elias conseguiu virar o ímpeto a seu favor, mas fora do ringue o equilíbrio foi a nota predominante, isto até os dois decidirem lutar em cima do piano e foi o cantor residente da WWE que estava por cima, tendo quase vencido quando acertou com um violoncelo nas costas de Jaxson Ryker.

No final, Jaxson Ryker aplicou um Superplex em Elias para cima de duas mesas que estavam fora do ringue e assim conseguiu vencer o rival neste Simphony of Destruction Match.

No gabinete de Adam Pearce e Sonya Deville, estes estavam a falar com Mansoor, até que Mustafa Ali apareceu e foi anunciado que os dois vão fazer equipa na próxima semana, algo que Mustafa Ali não gostou muito. Nisto, o WWE United States Champion Sheamus apareceu irritadíssimo por ter de enfrentar Humberto Carrillo novamente, mas por mais que tenha discutido, não fez os dois oficiais da WWE mudar de ideias.

Em seguida tivemos a nova Raw Women’s Champion Charlotte Flair no ringue e esta começou por dizer que Rhea Ripley é uma oportunista e acabou por responder aos cânticos de “Becky!” a dizer que esta está em casa enquanto ela está a dominar a divisão feminina da WWE.

Já depois de se vangloriar de todas as suas conquistas e afirmar que venceria Rhea Ripley em qualquer dia da semana, a “Queen” acabou por ser interrompida pela “Nightmare”, que a veio desafiar para um rematch pelo Raw Women’s Championship neste Raw, mas o desafio foi recusado.

Nisto, os oficiais da WWE apareceram e confirmaram que o combate irá acontecer mais tarde, no main event.

– WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina venceram Nia Jax & Shayna Baszler: As antigas campeãs entraram melhor neste combate, com a força de Nia Jax e técnica de Shayna Baszler, e dominaram durante alguns minutos, até que Natalya fez o tag em Tamina que virou o embate a seu favor. Reginald ainda tentou distrair Tamina, mas acabou por distrair a “Queen of Spades”, abrindo espaço para que a veterana acertasse um Superkick e assim as WWE Women’s Tag Team Champions venceram o combate.

Depois do combate, Shayna Baszler acusou Reginald de ser o culpado por a vida estar a correr mal à sua equipa e Nia Jax concordou, dando uma cabeçada ao seu amigo.

A vida do Reginald parecia que estava a correr mal, mas o WWE 24/7 Champion Akira Tozawa apareceu no ringue a fugir de vários lutadores. O sommelier aproveitou e usou o seu atleticismo impressionante para surpreender o japonês e conquistar o WWE 24/7 Championship pela primeira vez.

A seguir tivemos o anúncio de que o NXT Champion Karrion Kross irá estrear-se no Raw desta noite.

– WWE United States Champion Sheamus venceu Humberto Carrillo (Non-Title Match): Humberto Carrillo usou a sua força e agilidade para dominar os primeiros minutos do combate, isto até Sheamus usar a sua força e agressividade para o virar a seu favor, com uma Powerbomb no apron.

Depois de um domínio de vários minutos, Humberto Carrillo começou a recuperar e usou a sua agilidade para ter o ímpeto do seu lado e até quase vencer este embate.

Só que no final, Sheamus deu uma cabeçada no seu adversário aproveitando a sua máscara e aplicou em seguida um Brogue Kick que lhe deu a vitória.

No ringue, o WWE Champion Bobby Lashley explicou que destruiu Kofi Kingston no Money In The Bank tal como disse que ia fazer. Já MVP lembrou tudo o que Kofi Kingston disse e admitiu de forma relutante que este tinha razão, mas avisou que quem vier para o ringue responder ao open challenge do “All Mighty” será destruído, e que não haverá ninguém que consiga tirar o WWE Championship a Bobby Lashley.

Quem respondeu ao open challenge do WWE Champion Bobby Lashley foi Keith Lee, que assim regressou ao Raw.

– WWE Champion Bobby Lashley venceu Keith Lee (Non-Title Match): A combinação de força e agilidade de Keith Lee fez com que este entrasse melhor neste embate, mas Bobby Lashley conseguiu virar o ímpeto a seu favor e nunca mais saiu do controlo do combate.

Keith Lee ainda tentou dar luta, mas não conseguiu fazer nada contra o “All Mighty”, que depois de um Spear venceu o open challenge, provando mais uma vez porque é um dominante WWE Champion.

Já depois do combate terminar, Goldberg apareceu ficou cara a cara com o WWE Champion Bobby Lashley, dizendo-lhe que ele era o próximo!

Nos bastidores, o WWE Champion Bobby Lashley e MVP foram entrevistados, mas recusaram-se a comentar ou a responder ao desafio de Goldberg.

No ringue, Jinder Mahal explicou que está feliz por Drew McIntyre não ser “Mr. Money In The Bank” e depois de vermos várias imagens da rivalidade entre os dois, pediu a Shanky para este lhe cantar os parabéns. Infelizmente tivemos de ouvir isso, até que o “Scottish Warrior” veio com uma cadeira e destruiu os três lutadores no ringue, sendo que Shanky foi o que mais sofreu… com 20 cadeiradas.

– Jeff Hardy venceu NXT Champion Karrion Kross (Non-Title Match): Karrion Kross entrou com tudo e parecia que era uma questão de tempo até vencer o combate, mas com Jeff Hardy nunca se pode esperar o normal e este foi sobrevivendo. Do nada, com um pin rápido onde meteu os pés nas cordas, o “Charismatic Enigma” venceu o NXT Champion Karrion Kross.

Já depois do combate, Karrion Kross foi entrevistado e afirmou que Jeff Hardy cometeu o maior erro da sua vida e que no final todos irão pagar.

A seguir fomos ao Alexa’s Playground e esta trouxe Lilly de volta. Porém, Eva Marie e Doudrop interromperam a entrevista, com a responsável pela “Evalution” a voltar a anunciar-se como a cara da WWE e a insultar Alexa Bliss e Lilly. Alexa Bliss voltou a mostrar não gostar de Eva Marie e sugeriu que esta tentasse fazer algo sem que Doudrop a ajudasse. Esta não gostou da conversa e quando ia a sair de cena, tropeçou perto do baloiço de Lilly.

– Rhea Ripley venceu Raw Women’s Champion Charlotte Flair (por desqualificação): Rhea Ripley entrou com tudo neste main event, sendo que dominou os primeiro minutos. O problema foi quando Charlotte Flair a atirou para fora do ringue e o joelho lesionado da “Nightmare” ressentiu-se, e a “Queen” fez dessa lesão o seu alvo preferencial de ataque.

Charlotte Flair dominou durante alguns momentos, mas a “Nightmare” não veio a este Raw para perder sem dar luta e com o passar dos minutos começou a virar o ímpeto a seu favor, ao ponto de ter a ousadia de aplicar o Figure Four Leg Lock e depois quase ter vencido com o seu Riptide.

A “Queen” começou a fugir do ringue levando o seu Raw Women’s Championship e quando Rhea Ripley a perseguiu, a campeã atacou-a com o título, causando assim a desqualificação.

Só que a luta entre as duas lutadoras continuou e Rhea Ripley aplicou um Riptide fora do ringue, e isso fez com que a “Ms. Money In The Bank” Nikki ASH viesse fazer o seu cash-in!

– Nikki ASH venceu Raw Women’s Champion Charlotte Flair: Nikki ASH subiu à terceira corda e aplicou um Crossbody a Charlotte Flair, e venceu o combate. A quase super heroína tornou-se a nova Raw Women’s Champion!

O Raw terminou com a nova Raw Women’s Champion Nikki ASH a festejar no meio do WWE Universe.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

59 Comentários

  1. Pedro Cardoso3 meses

    Deu pra ver o árbitro puxando o braço do Ryker
    sobre o Elias kkk, que decadência.

  2. Mr.03 meses

    Keith lee porr@!!!!!

  3. Victor Silva3 meses

    É amigos!! Parece que a programação está voltando com tudo, finalmente a WWE soltou o que estava segurando de melhor na ausência do público

  4. Mr.03 meses

    No more words porr@!!!!!

  5. Blissful3 meses

    Nossa, fiquei feliz pela música antiga do Jeff, mas ganhar do campeão do NXT em 2 minutos? Não sei kkkk

    • Victor Silva3 meses

      Também gostei do retorno de “No More Words” mas o combate em si deixou a desejar, mesmo com um Jeff Hardy ovacionado com o carinho e amor do público, os combates dele estão bem abaixo ultimamente. Ele meio que virou um ShowMan. Aparece, levanta a torcida faz uns combates pequenos, esse tipo de coisa…

    • Musica antiga? A que ele tinha usada é de 98/99 que era a dos hardy boyz, esta ele comecou a usar em 2008 ou seja é a theme song mais recente dele na wwe até 😂

  6. Mr.03 meses

    Karrion kross futuro campeão 24/7

    • RKO3 meses

      Não vai ser fácil vencer o gajo, o Jeff conseguiu vencer mas os outros adversários vão ser bons para dar luta

  7. Nikki A.S.H como raw women’s champion? Espero que perca este título em pelo menos 1 mês

    • ATT ERA3 meses

      Podia perder hoje mesmo. A wwe perde chance atrás de chance de fazer algo bom.

    • Blissful3 meses

      Eles tem um prazo de 2 semanas, ou então, só no Summerslam. Porém não creio que a WWE vá levar a Nikki Cross com essa personagem para o maior evento do ano. É ver pra saber.

    • ATT ERA3 meses

      Não duvido nada ela perder para alguém segunda que vem.

    • Por mim perderia até pra Eva Marie

    • Eu acho que Sasha volta no Raw ganha o title vira 6 vezes campeã do Raw e entra em feud com a Flair perde no summerslam e Flair retém no Royal Rumble elas Rivalizam na Wrestlemania e Sasha ganha além de virar 7 vezes campeã do Raw tbm ganha seu momento na mania

  8. Blissful3 meses

    KKKKKKKKKKKKKKKKK
    Ela esperava: Becky Lynch retornando e salvando Rhea Ripley
    e recebeu: Nikki “A.S.H.” se tornando campeã do RAW

    • Estou achando que becky volta no smackdown e sasha no raw

    • ATT ERA3 meses

      Agora o cena faz o mesmo com o rr e o big vira campeão e o goldberg tira o título do lashley e mustafa ali e sei la quem viraram campeões de dupla.

  9. Best3 meses

    Eu disse que a WWE ia punir a Charlotte pelo gesto obsceno com o Cash-in da Nikki no post kkkkkkk

  10. André3 meses

    Gente eu to passado, como assim amo a nikki mas a Charlotte não merecia isso: obs a gente sempre pede pra wwe dar oportunidades para novas caras e quando finalmente dão a gente reclama e eu estou me incluindo nessa lista, vamos dar essa chance a Nikki e vamos ver no que vai dar.

  11. Joelson Souza Ribeiro3 meses

    Engraçado! desse povo quando a wwe, NÃO dá oportunidade de títulos como universal, pra novos talentoso vocês reclamar. Quando alguém como Charlotte ou Becke ganhar um título vocês reclama do mesmo jeito. Que saco eu não entendo vocês deixar o que vai acontecer se a nikki Cross vai conseguir se manter campeão ate wrestlemania ou summerslam por enquanto deixar ela aproveitar o momento dela.

    • Verdade. O povo reclama de tudo.

    • Kay Orton3 meses

      Eu faço questão de rir de TODOS esses comentários, Nikki Cross não conseguia sair de onde estava, quando separaram ela e Alexa, Nikki tinha certeza que seria demitida pois já não estava sendo usada nos show e muito menos tinham ideias pra ela. O que ela fez ? Falou pros responsáveis “tenho uma ótima ideia pra um novo personagem” se transformou em Nikki ASH eai está a resposta. Conseguiu a confiança do Vince e superiores e é a nova campeã, trabalho duro em vez de chorar nas redes sociais.

      Nikki Cross merecia esse título mas Nikki ASH é fruto de dedicação, merece demais esse título, olha a felicidade dela, pode durar 1 semana, ou 3 meses o reinado importante é ela estar feliz.

    • Realmente, quem somos nós para ter opinião? É comer e calar

  12. Andre Palu3 meses

    Pela 3 vez consecutiva a Charlotte sofre o Cash-in kkkkkkk a Primeira foi com a Carmella, a segunda com a Bayley e agora com a Nicki Ash Katchum da cidade de Palette kakakakakkaka

  13. Max Araújo3 meses

    Agora falta retornos de becky,the fiend e Brock para a qualidade dos shows a melhorar mais ainda.

    • angela rodrigues3 meses

      Brock, Fiend e Sasha, Becky não tem o mesmo talento deles, ela tem público, Bayley não faz falta também se não voltar

    • Bailey com sorte so no fim do ano devido á lesao, como assim naonfaz falta? A mulher carregou a divisao da smackdown o ano passado, é das melhores da wwe

  14. Max Araújo3 meses

    Sempre queria ver uma rivalidade entre the fiend e Brock porém seria difícil ver o The fiend ser desvalorizado outra vez pois iria perder de um jeito ou outro mais só de não envolver títulos seria legal,quem sabe numa futura wm

    • angela rodrigues3 meses

      Eu acho ridículo o Vince desvalorizar tantos lutadores talentosos como Shayna The Fiend, Mickii James, mandou Kairi embora, não valoriza Liv, Alister Black, eu não entendo, como pode Becky e Bayley fazer parte das fourhorsewomen, só existe a Charlotte e a Sasha, poderia adicionar a Asuka e a Shayna ou Ronda. Quem levou a divisão feminina foi a Asuka e Kairi quando eram duplas, desvalorizando a Charlotte fazendo dupla com a Becky e desvalorizou também a Sasha fazendo dupla com a Bayley, o mesmo está fazendo a Shayna fazendo dupla com a Nia. Mas o público sempre adorou a Nikki, a Becky e a garotinha Bayley, eu não acho elas grande coisa, nunca achei, têm mais carisma do que são voltadas para o westling. Gostaria de falar isso para o Vince, mas moro aqui no Brasil

    • Angela a Kairi nao foi corrida da wwe, ela é q7e nao quis renovar contrato e pediu para sair por questoes pessoais, ela voltou ao japao onde se casou e esta afastada do wrestling, no entanto ela tem boas relacoes com os responsaveis da wwe e já foi rumorado que ela possa ser embaixadora do nxt japan se vier haver e tambem poderá um dia mais tarde regressar á empresa e lutar, ela nao fechou a porta, simplesmente está em stand bye

  15. Max Araújo3 meses

    Será que a perca do título na noite seguinte foi uma punição para a charlote por ter mostrado o dedo para o público?

    • Ricardo3 meses

      Não, simplesmente foi para dar aquela ajuda no número de reinados da Charlotte

  16. Gostei:
    – John Cena fala com o WWE Universe e desafia oficialmente Roman Reigns pelo Universal Championship no SummerSlam, não para quebrar o recorde de Ric Flair, mas para meter alguma humildade em Roman. Depois é interrompido por Riddle e os 2 não param de dizer bro. Em geral, foi um ótimo segmento para começar o show. O Cena sempre foi dos melhores em promos e não perdeu qualquer tipo de qualidade nelas. A promo com os fãs e o desafio a Roman foi brutal e a parte com o Riddle foi engraçada.
    – Riddle & Viking Raiders vs John Morrison & AJ Styles & Omos. Um combate repleto de ação. Riddle usa o Drip Stick em Omos e culpa Miz, o que leva a que Omos ataque Morrison e custe o combate à sua equipa. Um bom combate para começar o show.

    Não Gostei:
    – Elias vs Jaxson Ryker. Elias faz o habitual dele, que já tinha saudades. É interrompido por Ryker, com uma promo meio decente. Em geral, foi uma street fight decente com um bom uso de armas. O público esteve muito interessado neste combate e Ryker vence. Apesar de um combate decente, que seja o fim desta feud que já estou saturado.
    – Mansoor fala com Adam Pearce e Sonya Deville e é interrompido por Mustafa Ali. Os 2 vão fazer equipa, para desagrado inicial de Ali, mas que depois conforma-se com a ideia após Mansoor revelar que aprendeu com ele. Depois aparece Sheamus, após saída dos 2. Sheamus vai voltar a enfrentar Humberto Carrillo, desta vez não é pelo título. Sheamus concorda e vai embora. Em geral, foi medíocre. Acho que tentaram meter demasiado. Pelo menos tivemos progresso na storyline de Ali e Mansoor.
    – Charlotte fala de voltar a ser campeã. E o público começa a cantar ”Becky! Becky! Becky!”. Ela diz ”Enquanto a Becky está em casa a amamentar, eu estou aqui a dominar”. Adoro! Charlotte é interrompida pela BECKY LYNCH DE REGRE— não é a Rhea Ripley. Por amor da Santa… Charlotte rejeita a desforra, mas Pearce e Sonya marcam a desforra de qualquer forma, que será o main event. As 2 metem-se à bulha. Segmento decente. A chegada da Rhea arruinou o mood do público, todos estavam à espera da Becky. A desforra é ok, considerando o ótimo combate da noite anterior, mas a feud tem que acabar.
    – Natalya & Tamina vs Shayna Baszler & Nia Jax. Não quis saber. Não foi mau, mas não quis saber. Após o combate, parecia que Shayna ia atacar Nia, mas não, Nia ataca Reginald. Logo depois, Reginald vence o 24/7 Championship. O combate não quis saber nadinha, o pós combate até foi decente.
    – Sheamus vs Humberto Carrillo. Isto é um ”championship contenders” match, o que é o novo nome para #1 Contender’s Match (o que é que o nome antigo tinha de mal?). Isto foi bom em geral. Começou lento mas foi ganhando ritmo. O fim foi bom. Um bom fim para uma feud fraquíssima e mal aproveitada. Avançamos para Sheamus vs Priest.
    – Open Challenge de Bobby Lashley. Lashley fala de destruir Kofi Kingston na noite anterior. MVP insulta a equipa local e diz que Kofi estava correto sobre Lashley, e agradece por Kofi ressuscitar a carreira do All Mighty. Quem responde ao Open Challenge? Keith Lee!!!!! É tão bom ver-te, meu grandalhão. O combate foi decente, mas esperava-se melhor. Lee fez uma boa exibição, mas dá para melhor. É o regresso dele, tem que lhe dar algo a mais… Lashley vence. Pós combate, Goldberg. Cristo num pau, pedimos o Lesnar e dão-nos este gajo? Já tivemos que o aturar em janeiro e agora é arroz, outra vez? Basicamente, o Keith foi um peão nisto? Só serviu para trazer o Goldberg de volta? Aff…
    – Jinder Mahal fala da feud com Drew McIntyre. Jinder está orgulhoso de lhe custar o combate no MITB, antes de Shanky começar a cantar horrivelmente Parabéns a Jinder. Felizmente, Drew aparece e destrói Shanky. O segmento estava a ser fraco até à chegada de Drew. O homicídio de Shanky foi divertido de ver (talvez a primeira vez que digo que um homicídio foi bom de se ver, talvez a última). Pelo menos o Drew falou por coça, que é onde fala melhor.
    – Estreia de Karrion Kross vs Jeff Hardy. Destaque do combate: regresso do ”No More Words” como theme de Jeff. O puto de 6 anos dentro de mim ficou bué hype. Depois o Kross perde. Boa. Sobe sozinho, sem Scarlett, apesar dos 2 serem excelentes, e perde a sua estreia. Ok, o Jeff fez batota, mas mesmo assim… Espero que encontrem uma forma de salvar o Kross, pois isto é uma forma horrível de introduzi-lo ao main roster.
    – Temos um regresso no Alexa’s Playground. Por favor que seja a Becky. Por favor que seja a Becky. É o raio da boneca, RAIOS! Eva Marie e Doudrop também estão cá. Yey? Alexa tenta convencer Eva a abandonar Doudrop e, antes de terminar, Eva Marie finge que tropeça, que foi horrível. Este é dos piores segmentos de Eva desde que voltou, e isso é dizer muito, e temos que aturar o raio da boneca de novo…
    – Charlotte Flair vs Rhea Ripley. O combate estava a ser decente até ao fim, onde Charlotte perde por DQ. Depois, a Rhea vence uma brawl entre as 2. Charlotte está no ring, KO, e aparece Nikki A.S.H. que faz o cash-in E VENCE O TÍTULO! Ok. Vamos ver o porquê de isto ser uma má decisão. Antes de começar, eu adoro a Nikki e estou super feliz por finalmente ela ganhar um título feminino que não sejam os de equipas. Mas, 1 – não era a altura correta. 2 – não é a melhor gimmick. 3 – Foi do nada (Sim, todos os cash-ins são do nada, mas isto é literalmente do nada). 4 – Contando que a Becky regresse ao Raw, o reinado dela vai durar até onde? SummerSlam? Qualquer Raw pós ou até antes do SummerSlam? Se for assim, o reinado dela serve para dar o título a outra pessoa, não para dar build à Nikki.

    Overall: 5/10. Positivos: segmento do Cena, a 6-man tag, e algumas partes de Elias vs Ryker. Negativos: O resto do show. Sim, ver o Lee e o Kross foi bom, e depois os 2 perdem. Nikki como a nova campeã é aleatório como tudo. Ridículo como este show foi tão bom na primeira meia hora e depois caiu até ao fundo do poço.

    • angela rodrigues3 meses

      Eu espero Brock e The Fiend, não Becky a menos que mandem ela para o smackdown, poderiam mandar a Alexa também, Becky nunca venceu Alexa, gostaria que Sasha viesse para o raw e o Karrion não perdeu para o Jeft, ele ganhou com os pés nas cordas, wwe está cada vez pior, isto é jeito de recebê-lo no raw?

    • Facebook Profile photo

      Também fiquei possesso quando vi o Kross perder para o Jeff que tanto tenho carinho! Deveria ter sido melhor feito a estreia dele!

  17. BRRM3 meses

    A Nikki a tornar-se campeã sem ter construção para isso (adivinha-se um péssimo reinado…), o Keith Lee a voltar só para ser usado para fortalecer ainda mais o Lashley para este enfrentar o crl do Goldberg (que nunca mais se reforma pqp), o Kross a estrear-se oficialmente no main roster de uma forma que literalmente contrariou tudo o que foi feito no NXT para o apresentar como um monstro imparável… a sério, uma mula era capaz de escrever um evento de wrestling melhor que os writers do Raw. Ridículo.

  18. TakerVanderVaart233 meses

    Bom episódio do Raw numa forma geral, mas têm mesmo de controlar o número de rematchs!
    John Cena a começar o show, a animar o público para o resto da noite e a declarar que está de olhos postos em Roman Reigns. Bom segmento dentro do esperado.
    Tag match para começar, sem muito a dizer, vitória para o lado de Riddle e Viking Raiders com os últimos a terem mais oportunidade pelos titulos tag team.
    Ryker vs Elias, até gostei deste combate mais do que os últimos para ser sincero, mas acaba por ser mais do mesmo. E aquele final deu para ver o árbitro a dar uma ajudinha do Ryker para colocar o braço em cima do Elias para o assentamento! AHAHA Ainda vão continuar com esta história ou será que é desta que o Ryker ficou satisfeito? xD
    Depois novamente Tamina e Natalya contra Nia Jax e Shayna (também verdade é que não há assim tantas equipas femininas credíveis para colocar a lutar contra as campeãs). E no fundo, acabou por servir mais para mostrar a separação das últimas com o Reginald! Ah… e Reginald novo 24/7 champion.
    Mais uma vitória para Sheamus contra Carrillo (vitória nº10 xD). Teremos novo oponente para a semana? Damian Priest?
    Gostei de ver Keith Lee de regresso para enfrentar o Lashley. É verdade que perde no regresso, mas regressa de uma lesão e perde para o “imparável” campeão Bobby Lashley. Não vejo mal nenhum aqui. O Keith Lee terá todos os próximos meses para ter boas rivalidades e ir contruindo o seu caminho no Raw, ou até no Smackdown com um eventual Draft. E depois confirmou-se, teremos Goldberg contra Lashley no SummerSlam! Só espero que perca para o Lashley.
    Estreia de Kross… o que dizer? Sem Scarlett (confirmam-se as dúvidas que existiam com aquela experiência no Main Event), a entrar com o seu ar imponente com o título do NXT à cintura e perde para Jeff Hardy daquela forma. Só posso dizer, deixem ver o que segue primeiro. Mas fica aquele gostinho de que coisa boa não irá acontecer a Kross no Main Roster. Por outro lado, interessante que sempre deram o “No More Words” de volta a Jeff Hardy como já se vinha a pedir e a falar há meses.
    Rhea Ripley vs Charlotte novamente pelo título… Charlotte vence e depois uma outra surpresa da noite… Nikki faz cash in com sucesso! Confesso que esta não esperava, achei que iria demorar para ver a Nikki a fazer o cash in. Curioso para ver o que farão com ela, com esta personagem e campeão feminina do Raw.
    Para a malta que critica já a Nikki por ser campeã com esta personagem, se calhar são os mesmos que criticam a WWE por não dar oportunidade a outras lutadoras diferentes mas depois quando acontece queixam-se! Deem pelo uma oportunidade de ver como será este seu reinado.
    Falar ainda que teremos continuação de desenvolvimento das rivalidades Drew vs Jinder Mahal, Eva vs Alexa Bliss e talvez Mansoor vs Mustafa Ali (esta dependendo do desenrolar do combate tag team que terão para a semana). Ou Mansoor realmente vem com aquela história de que percebe que Ali o está a tentar ajudar e acabam por formar uma tag team, ou Mansoor pede este combate para depois trair Ali e retribuir-lhe o favor das lições e seguem assim a sua rivalidade.

  19. Se apresentaram um produto destes num show “especial”, imagina daqui uns meses… sinceramente não há muita coisa/ou nada que me interesse nesse roster atual da divisão vermelha. Muito ruim.

  20. Um show decente, os part timers ajudaram a esconder o booking horrível. Fantástico ver o Cena, quem dera que fique algum tempinho por cá, o Goldberg é sembre bom ver, exceto quando ele squashar o Lashley.
    Riker vs Elias, que originalidade incrível? A Shayna a fazer de idiota mais uma vez, o costume, temos a Shayna a jobber a Nikki a campeã, enfim. O Keith Lee e Karion Kross estão a ser preparados para a próxima lista de despedimentos, o US title continua irrelevante e o final prefiro nem comentar.
    Como vem o Summerslam e é para fazer um grande card foram chamados os part timers, que remédio, senão o Lashley tinha que enfrentar o Jaxson Ryker e o Reigns contra o Dominik Mysterio.

    • O ryker esteve muito bem e foi um combate curto mas bem agradavel e aquele spot final foi top, nao sei porque implicas com o ryker desta raw…

    • Eu até gosto do Ryker, desde quando ele era Gunner na TNA. Apenas o usei para demonstrar que sem os part-timers a WWE não tem star power para fazer um grande card.

    • O kross e o keith lee sao facilmente tiposnde grande star power, mas o que a wwe faz com eles??? O problema é mesmo dos responsaveis e nao dos lutadores em si

    • Concordo, a WWE tem um roster incrivelmente talentoso, dos mais talentosos que alguma vez já teve, por isso a que não consigo perceber esta dependência tão grande nas estrelas dos passado.
      Mas discordo do starpower do Kross e do Keith Lee, eles têm grande potencial e merecem ser estrelas, mas não o são, longe disso, e dificilmente o serão na WWE, o unico superstar em que a WWE está interessada é o Roman, mais nada.

  21. Anónimo3 meses

    Bom início de show com o Cena. Bom combate entre Riddle e Viking Raiders contra AJ, Morrison e Omos.

  22. Carter Blaze3 meses

    Porcaria Nikki Cross com esse personagem ridículo, é a nova campeã da divisão, não creio que a wwe vai levar essa personagem para o maior evento do verão, mas só ver pra saber

  23. Episódio razoável que acabou por ser impulsionado por várias aparições surpreendentes e pelo regresso tão aguardado dos fãs a um episódio do Raw. Opener excitante com John Cena a receber um ótimo pop (não haja dúvida que o homem é a última enorme estrela criada pela WWE e só o facto de estar presente acrescenta qualidade aos programas) e a fazer uma promo como só ele sabe, sendo que a curta interação com Riddle foi engraçada.

    Outras notas de destaque que apontaria: a rutura de Nia Jax & Shayna Baszler com Reginald (finalmente lool) e posterior conquista do título 24/7 por parte deste último; o open challenge de Bobby Lashley pelo retorno saudado do outrora desaparecido Keith Lee e o regresso subsequente de Goldberg; a estreia de Karrion Kross no main roster (acho preocupante para o seu futuro a longo prazo não ter tido efeitos especiais nem Scarlett ao lado nesta primeira entrada) e logo com uma derrota (ainda que “suja”) diante de Jeff Hardy (ao menos “No More Words” está de volta como theme song deste último); e o main event que concluiu com o cash-in extremamente inesperado de Nikki ASH em Charlotte Flair com a ajuda de Rhea Ripley para se tornar pela primeira vez campeã individual no main roster (que momento!).

  24. Os RAWs vão começar a mudar muito agora com o público nas arenas!

  25. Foi um RAW muito razoável tendo em conta o PPV da noite anterior.
    Destaques:
    -Promo do cena que foi excelente para deixar a crowd hot,assim como a sua interação com o Riddle que foi bastante engraçada.

    De resto,houve várias coisas que me desagradaram muito como o regresso do Goldberg,a estreia péssima do Karrion Kross e o main event aquém.