Depois do SummerSlam do último sábado, a WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir da Pechanga Arena em San Diego, Califórnia, a primeira rumo ao Extreme Rules de 26 de Setembro.

Resultados

– Keith Lee venceu Ruben Iglesias (Dark Match)
– WWE United States Champion Damian Priest venceu WWE Champion Bobby Lashley (por desqualificação)
– WWE United States Champion Damian Priest & Drew McIntyre venceram WWE Champion Bobby Lashley & Sheamus
– Karrion Kross venceu Ricochet
– Xavier Woods venceu The Miz
– Mansoor venceu Jinder Mahal (por desqualificação)
– Nikki ASH & Rhea Ripley venceram Nia Jax & Shayna Baszler
– Raw Tag Team Champion Riddle venceu AJ Styles

Report

O Raw abriu com um video package a relembrar tudo o que aconteceu no SummerSlam.

O WWE Champion Bobby Lashley e MVP foram as primeiras pessoas a vir ao ringue e o manager pegou no microfone e explicou que apesar das suas piores exibições num passado recente, Goldberg continua a ser um adversário que merece uma oportunidade e que no SummerSlam, apesar de se ter apresentado a um bom nível, a única coisa que fez foi irritar Bobby Lashley, que acabou por destruir o Hall of Famer e assim reter o seu WWE Championship. MVP voltou a afirmar que o ataque a Gage Goldberg não foi propositado e que Bobby Lashley foi atacado pelas costas e respondeu como teria feito contra qualquer outra pessoa.

O novo WWE United States Champion Damian Priest interrompeu e mostrou não gostar da conversa de Bobby Lashley e de MVP, e que ele não é nenhum cobarde nem sequer o vai atacar pelas costas, vai desafiá-lo na cara para um combate e que se o “All Mighty” não aceitar este desafio então ele é que é o cobarde. Bobby Lashley não gostou e atacou o “Arqueiro”, mas este deu a volta ao “All Mighty” que foi para os bastidores para ir vestir a sua gear para enfrentar o novo WWE United States Champion no primeiro combate da noite.

– WWE United States Champion Damian Priest venceu WWE Champion Bobby Lashley (por desqualificação): O combate começou de forma bastante agressiva e quando Damian Priest estava a levar a melhor, Sheamus decidiu que estava na altura de atacar o seu rival e assim causar a desqualificação.

Bobby Lashley e Sheamus atacaram o WWE United States Champion até Drew McIntyre vir no auxílio de Damian Priest e equilibrar as contas.

– WWE United States Champion Damian Priest & Drew McIntyre venceram WWE Champion Bobby Lashley & Sheamus: Tivemos um combate de equipas entre os quatro, que decidiram continuar com o pé no acelerador e a bater com o máximo de força possível, e isso foi benéfico para o duo de Damian Priest e Drew McIntyre, mas Sheamus e Bobby Lashley com alguma batota à mistura conseguiram isolar o WWE United States Champion e começar a controlar.

Apesar de ter sido dominado durante vários minutos, Damian Priest foi sobrevivendo a toda a ofensiva dos seus adversários e conseguiu fazer o tag a Drew McIntyre. Este entrou com tudo e virou o Tag Team Match do avesso, mas a primeira quase vitória foi de Sheamus que acertou o White Noise da segunda corda no “Scottish Warrior”. O final foi algo caótico, sendo que Bobby Lashley decidiu ir à vida dele, deixando Sheamus sozinho. Toda esta distração abriu espaço para que Drew McIntyre acertasse o Claymore Kick no seu antigo amigo e assim venceu este embate.

Nos bastidores, Doudrop foi entrevistada e explicou que fez um erro em associar-se a Eva Marie e que ela a tratou mal, mas que isso não vai voltar a acontecer, e que ela lhe chamou Doudrop para gozar com ela, mas ela até gosta do nome. Quando Doudrop estava a explicar o que ia fazer a Eva Marie, esta atacou-a usando um trolley de produção e quando a sua antiga protegida estava no chão afirmou que isto é que era a “Eva-Lution”.

– Karrion Kross venceu Ricochet: A força de Karrion Kross foi um problema desde o primeiro segundo e por mais que Ricochet tentasse usar a sua velocidade, nunca teve hipótese neste embate, sendo que o ex-NXT Champion venceu de forma dominante.

A seguir vimos imagens de uma entrevista que aconteceu durante o SummerSlam, onde Baron Corbin estava a ser entrevistado, mas Sarah Schreiber preferiu primeiro entrevistar Big E e depois Logan Paul, para irritação do antigo rei.

Sheamus foi a correr para o balneário do WWE Champion Bobby Lashley pedir-lhe explicações e os dois quase começaram à porrada, que só não aconteceu por causa de MVP.

De regresso ao ringue tivemos a segunda edição da Moist TV e John Morrison teve Logan Paul como convidado, alguém de quem o WWE Universe não gosta. The Miz interrompeu esta edição, antes de Logan Paul explicar o que ele e o seu irmão estão a fazer, e o “A-Lister” até parecia que estava do lado do youtuber, até perguntar quando é que Jake Paul ia levar um KO, só para ele apostar.

John Morrison e The Miz voltaram a discutir de tal forma que Logan Paul até foi à sua vida, sendo que os dois amigos parecem cada vez mais longe de se entenderem.

– Xavier Woods venceu The Miz: Xavier Woods e The Miz começaram de forma técnica e foi o lutador dos New Day que se mostrou mais à vontade nesta faceta do combate, sendo que o “A-Lister” só conseguiu quando fazia batota.

Apesar de ter ido contra as escadas, foi The Miz que dominou durante mais tempo, mas a maior agilidade de Xavier Woods virou o embate do avesso e quase o venceu. No final, John Morrison sem querer distraiu o árbitro com o drip stick e não deixou The Miz vencer, sendo que Xavier Woods aproveitou isto e com um small package arrecadou a vitória.

Assim que o combate acabou, parecia que John Morrison e The Miz iam fazer as pazes, mas o “A-Lister” atacou o seu amigo pelas costas e de forma bastante agressiva terminou a sua amizade com o “Prince of Parkour”.

A seguir vimos imagens de Rhea Ripley a chegar à arena e esta foi interrompida por Nikki ASH, que lhe veio dizer que na semana passada gostou de fazer equipa com a “Nightmare” e queria saber se ela queria voltar a fazer equipa para as duas enfrentarem Nia Jax & Shayna Baszler.

Logo a seguir vimos o WWE 24/7 Champion Reggie a comprar gelados e a oferecer a R-Truth e Akira Tozawa, que não foram na conversa. Ainda assim, Reggie teve de andar a saltar para cima da carrinha de gelados, antes de entrar nesta e começar a conduzir dali para fora, um momento em que ficou na dúvida se Reggie não roubou a carrinha para conseguir fugir aos seus adversários.

Nos bastidores tivemos os novos Raw Tag Team Champions RK-Bro, e Randy Orton tentou explicar a Riddle que não é lá grande fã de surpresas e pediu ao “Original Bro” para não fazer nenhuma estupidez. Riddle explicou que ele nunca faz coisas estúpidas…

– Mansoor venceu Jinder Mahal (por desqualificação): A força de Jinder Mahal foi um problema desde cedo para Mansoor e o ex-WWE Champion dominou de forma agressiva ao ponto de ter sido desqualificado pelo árbitro.

Mesmo assim, o ex-WWE Champion continuou a atacar o seu adversário. Já depois do embate, Mustafa Ali falou com o seu amigo e disse que eles podem continuar assim ou podem fazer as coisas à sua maneira.

Nos bastidores tivemos Drew McIntyre e o WWE United States Champion Damian Priest a conversar, com o “Archer of Infamy” a agradecer pela ajuda. Drew McIntyre deu os parabéns a Damian Priest e os dois combinaram ir beber umas canecas depois do Raw.

A seguir tivemos a nova Raw Women’s Champion Charlotte Flair a vangloriar-se da sua conquista no SummerSlam e como nenhuma lutadora na WWE chega aos seus calcanhares e que irá ser campeã durante muito tempo.

Quando Charlotte Flair já tinha acabado a sua promo tivemos Alexa Bliss a aparecer com Lilly na mão e esta explicou que as duas só vieram dizer olá…

A seguir tivemos mais um video package de Elias, onde este afirmou que está na WWE para conquistar títulos e não para entreter.

– Nikki ASH & Rhea Ripley venceram Nia Jax & Shayna Baszler: Nikki ASH e Rhea Ripley começaram melhor neste embate, mas as antigas campeãs de equipas conseguiram isolar a quase super heroína e dominaram assim durante vários minutos.

O domínio terminou quando Nia Jax cometeu um erro e Nikki ASH conseguiu fazer o tag a Rhea Ripley, que entrou com tudo. Os minutos finais foram algo caóticos, onde vimos Nikki ASH a voar para cima de Nia Jax enquanto a “Nightmare” acertava o seu Riptide em Shayna Baszler.

Nos bastidores, John Morrison estava a falar sozinho e diz que se acabaram os drip sticks e os videoclips e só está interessado em destruir The Miz no próximo Raw.

No ringue tivemos a celebração dos RK-Bro, começando com Riddle no ringue bastante feliz com esta conquista, tendo apresentado de forma muito efusiva o seu parceiro de equipa Randy Orton. O “The Viper” veio para o ringue sem grande vontade de festejar e acabou por ver um grande fogo de artifício. A seguir, o “Original Bro” foi buscar uma trotinete para oferecer a Randy Orton que até parecia que ia aceitar, mas acabou por ser interrompido por AJ Styles e Omos.

O “Phenomenal One” veio logo provocar ao dizer que Randy Orton nem uma prenda deu a Riddle e que ele tem algo para lhe dar, um Phenomenal Forearm para tirar aquele sorriso da sua cara.

– Raw Tag Team Champion Riddle venceu AJ Styles: Riddle usou a sua técnica e também strikes para entrar de forma dominante neste main event, mas com o passar do tempo AJ Styles virou o combate a seu favor.

Depois de alguns minutos de domínio por parte do “Phenomenal One”, Riddle começou a equilibrar e o cansaço dos dois lutadores foi começando a notar-se, sendo que os dois quase fizeram o outro desistir.

Já depois de Omos ter atacado Randy Orton fora do ringue, AJ Styles aplicou um Burning Hammer e quase venceu, mas fora do ringue o “The Viper” usou a sua trotinete para atacar o gigante. Tudo isto distraiu o “Phenomenal One”, que acabou por sofrer um Bro Derek e assim Riddle venceu o main event deste Raw.

Já depois do combate terminar, Randy Orton aproveitou que AJ Styles ainda estava dentro do ringue e acertou um RKO no seu rival, para dar este Raw por terminado.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

25 Comentários

  1. 19044 semanas

    Que inicio mais confuso…como tem sido o RAW nos ultimos meses.

    • Kick_Ass4 semanas

      Também achei… Sheamus perde o título mas a feud continua, Drew lembra-se e vem ajudar o Priest… Quando não há ideias dá nisto.

  2. Gustavo Nascimento4 semanas

    Eu ia ver o raw todo mas decidi vir dar uma olhada no resumo antes e obrigado por salvarem meu tempo …

    No wwe champion vai ficar esperando o OLDberg retornar ? Drew de novo ta chato…

    • Facebook Profile photo

      Pelo que vi, devem forçar o Sheamus contra o campeão.

    • Ricardo4 semanas

      Leste o resumo e não viste o pequeno pormenor que o Sheamus foi confrontar o Lashley depois de ele o ter abandonado no tag match

    • Gustavo Nascimento4 semanas

      Ricardo acho muito difícil termos um Heel x Heel num ppv .. pra não dizer quase impossível (atualmente isso não acontece).

    • Kick_Ass4 semanas

      O mais certo é o Sheamus ou o Drew andarem a empatar tempo até o Goldberg lutar contra o Lashley de novo na Arábia e ganhar o título, que não me admirava nada… Em vez de criarem novos main eventer andam a recorrer a part timers reformados

  3. Canibally4 semanas

    a unica coisa boazinha foi o Miz ter atacado o Morrison a ver se volta a ter credibilidade saudades do Miz quando era Intercontinental champions voltem no a pôr no Smack , de resto habitualmente fraquinho o show

  4. JP4 semanas

    já agora, o Karrion Kross.. aquilo é suposto ser o que? encontraram coisa antigas dos Demolition? ou é suposto o Karrion Kross ir fazer shows de strip e dominatrix a seguir ao combate? -_-
    Que mal tem a entrada dele com a Scarlet?? porque raio tiveram de mudar?? é o mesmo que irem ao Undertaker, no inicio, e tirarem-lhe o Paul Bearer, ou como ao Lord Taichi, da NJPW, e tirar-lhe a Miho… … metade da mística da personagem desaparece…

  5. Bruno Vieira4 semanas

    A melhor parte dos RK-Bro é que o Orton parece uma criança num dia de natal. Nota-se que está mesmo feliz ao trabalhar com Riddle e ao mesmo tempo a dar um bocado de valor a este.

    Nunca é tarde para ver Orton na sua nova scooter 😂😂😂

  6. Bill Rods4 semanas

    É impressão minha ou o Drew botchou completamente aquele suplex ao Lashley, quando foi ajudar o Damian Priest?

  7. Baseado no fato de que as últimas edições do RAW foram ridículas, esse show foi até agradável.

  8. MC4 semanas

    Credo, parece que estou sempre a ver a mesma RAW, semana após semana, com umas mudanças aqui e ali. Este show precisa de uma drástica mudança.

    Entretanto, esta semana as mudanças foram o turn do Miz no Morrison, espero que o Morrison saia por cima e embale para outros voos mais altos. A Alexa deve ser a próxima desafiante da Charlotte, e gosto disso. Deve ser das primeiras vezes que genuinamente quero que a Charlotte vença, pois saíram rumores que este fim-de-semana seria determinante para o futuro da Bliss com esta personagem. Agora enfrenta a mulher-de-ouro, espero que a Flair saia por cima e no fim da storyline a Bliss deixe de lado esta gimmick ridícula, que não faz sentido algum sem o Wyatt, para não falar da mestria do Bray em levar uma gimmick destas a cabo, que é como noite e dia, comparando à Alexa…

  9. Miguel4 semanas

    Logan Paul fds esta raw está cada vez pior

  10. Mas pra que CARALHO fizeram um reinado de um mês pra Nikki, só para depois voltar o cinturão pra mesma campeã de antes PORRA gastaram mais um Cash in em 24hrs sendo q ela podia estar com a maleta agora. Vai toma no c bando de escritores de merda

  11. Gostei:
    – Segmento inicial com Lashley, MVP e Damian Priest. Um bom segmento para começar a Raw. A promo de Priest é boa, apesar de alguns erros, e acho interessante eles começarem aqui alguma história entre Priest e Lashley.
    – Priest & McIntyre vs Lashley & Sheamus. Um combate muito agradável com grandes exibições de todos. Lashley abandona Sheamus e os faces vencem. Isto deu teases para uma futura feud entre McIntyre e Lashley e por favor não. A feud terminou com McIntyre a não poder desafiar Lashley enquanto ele era campeão portanto não tentem contornar isso.
    – Ricochet vs Karrion Kross. O novo attire de Kross é questionável. Tirando isso, uma boa exibição e uma boa squash para Kross.
    – Xavier Woods vs The Miz. Um bom combate dividido. Houve spots bons, houve spots menos bons (Morrison a molhar o chão), e Woods vence com distração de Morrison. Cumpriu.
    – Após o combate, Miz ataca Morrison! Finalmente a feud começa!!! Já era sem tempo!
    – Segmento com Riddle e Orton no Backstage. Curto, mas muito bom. RKBro continuam a ser a melhor parte do Raw.
    – Promo de Morrison. Uma promo super emotiva de Morrison e estou ansioso para ver o que fazem com ele.
    – RKBro Championship celebration, interrompida por AJ & Omos. Um segmento divertido e agradável.
    – Riddle vs AJ Styles. Foi um ótimo combate, com 2 dos melhores, mas já vimos isto há pouco tempo. Riddle vence e a Raw termina com os RKBro por cima.

    Não gostei:
    – Damian Priest vs Bobby Lashley. 1 minuto e Sheamus ataca Priest…
    – Lashley e Sheamus atacam Priest, McIntyre salva, Tag match. O mesmo conceito de sempre…
    – É oficial a separação de Doudrop e Eva Marie, e Eva Marie ataca Doudrop. Curto e meh.
    – Segmento entre Lashley e Sheamus. Não me importava que avançassem com uma feud entre estes 2.
    – Moist TV com Logan Paul, interrompida por Xavier Woods. O que dizer disto? Tudo com Logan Paul foi um desperdício de tempo. A WWE já devia de saber que ninguém ia curtir que ele estivesse lá mas eles fizeram à mesma. A discussão entre Miz e Morrison foi o único destaque.
    – Nikki Ash e Rhea Ripley farão equipa hoje. Este segmento foi decente, apesar de curto. No entanto, a Nikki perde o título e a sua primeira ação é ignorar tal e meter-se num Tag match?
    – Segmento com o 24/7 Championship. Bom, mas mais do mesmo.
    – Mansoor vs Jinder Mahal. Pelo menos é algo novo. Um combate decente, mas nada de especial.
    – Segmento entre Priest e McIntyre. Feud entre ambos pelos US Championship? Sobre o segmento, curto e nada de especial.
    – Promo de Charlotte Flair, interrompida por Alexa Bliss. A promo foi ok, mas é mais do mesmo de Charlotte. Estou curioso para ver o que fazem com Alexa nesta situação (nada que envolva a boneca, por amor da Santa).
    – Segmento entre Nia Jax e Shayna Baszler. Mais do mesmo. Curto.
    – Vinheta de Elias. Basicamente, ele deixou de ser o Elias para ser… Elias. Vamos ver esta nova gimmick.
    – Nikki Ash & Rhea Ripley vs Nia Jax & Shayna Baszler. Combate medíocre, os habituais erros nas heels e Ash e Ripley até fizeram uma boa equipa.

    Overall: 6/10. Dos melhores episódios em tempos recentes. O combate de abertura e o main event foram os melhores. O início da feud entre Miz & Morrison, Priest e McIntyre e Lashley e Sheamus também se destaca. Gosto da frescura que estão a meter no roster. O resto foi decente ou pior.

  12. Juro que nao compreendo como tanta e tanta gente gasta dinheiro precioso em bilhetes para assistir a esta porcari a, é que nao foi apenas o show de hije a ser horrivel, tem sido sempre ou seja a probabilidade de na proxima semana continuar esta treta é de 98% mas mesmo assim compram bilhetes quando podiam ver em streaming gravado e nao pagar nada… eu é que nao dava nem 5€ para isto…

    • Eu só não dava 5€ como não aceitava ver o show por 5€

    • O mal é que muitos compram até por uns 50 dolares ou até mais… enquanto assim for eles qierem la saber daquilo, ganham dinheiro que é o que interessa o resto que se lixe, mais vale ver os motoratos que consegue ter mais ação e lutas mais adultas que esta vergonha…

  13. Para não variar mais um show péssimo.
    Finais com DQs, rool ups e distrações nunca falham, a criatividade da WWE no seu máximo esplendor
    Woods vs Miz, again? Styles vs Riddle, again?
    Um tipo que tinha na sua entrada um dos seus pontos especiais deram-lhe uma máscara ridícula, que mais parece um sex slave, não sabem mesmo o que fazer com o Kross, enfim
    A sério que eles apresentam o Logan Paul como face? Que falta de noção
    Vamos ver o que vai acontecer com o Miz e Morrisson, acho que não vai ser grande coisa e o dois vão ficar esquecidos, o costume quando uma equipa é separada
    O Mansoor e o Ali continuam a ser tratados como uns falhados, típico
    A sério que a versão rasca do Bray Wyatt e a Lily ainda cá andam? Que coisa mais estúpida
    A WWE tem uma das lutadoras mais legítimas do mundo na Shayna Baszler, em vez disso prefere dar destaque a um superheroi, uma versão rasca do Fiend e uma boneca? Alguém me explique isto
    Ao menos temos o Orton e o Riddle que são excelentes, infelizmente ter uma coisa boa não chega para salvar o show, que show mais horrível, juro que não entendo como existe quem veja isto durante 3 horas por vontade própria

  14. Kick_Ass4 semanas

    Melhorou de qualidade mas foi apenas um show decente de construção de feuds…

    O Drew aparece para ajudar o Priest porquê? Vamos ter outra vez Drew vs Lashley??
    AJ & Omos vs RK-Bros outra vez?? Porque não usam outra equipa?
    Parece que não há ideias novas…
    O RAW tem bom roster só é preciso o saber usar!

    Pelo lado positivo vejo a separação do Miz e Morrinson como algo muito bom para o Morrinson que nada beneficiava com esta parceria. Com uma personagem mais séria seria um bom oponente para o Lashley.

  15. Esperava mais deste episódio e acabou por não passar de um show relativamente razoável. Destaco: a nova ring gear absurda de Karrion Kross; os apupos em massa para Logan Paul (o público não esqueceu o passado do homem); os ataques e turns de Eva Marie e The Miz a Doudrop e John Morrison, respetivamente; o combate decente entre Rhea Ripley & Nikki ASH (que até formaram uma equipa engraçada e revelaram uma dinâmica gira) e Nia Jax & Shayna Baszler; e o segmento do main event (RK-Bro já são há meses a melhor coisa desta pobre brand).

  16. Anónimo4 semanas

    E aqui temos o ataque do Miz ao Morrison, está rivalidade promete. Destaco também o main event, bom combate.

  17. RAW fraco com destaque para os RK-Bros!