Faz login e reduz a publicidade

WWE rescindiu contrato com Abbey Laith

O site internacional Pro Wrestling Sheet está a noticiar que a WWE rescindiu contrato com a lutadora Abbey Laith.

Abbey Laith, de 27 anos, tinha sido contratada pela WWE em Janeiro de 2017, mas as suas participações em shows da WWE foram reduzidas, tendo o seu maior feito na WWE sido a participação no Mae Young Classic, onde alcançou os quartos de final do torneio.

É noticiado que a WWE terá transmitido a Abbey Laith a rescisão do contrato no dia de hoje e apesar de nem a companhia nem Abbey Laith ter confirmado a sua saída da empresa, a lutadora através do seu Twitter, já postou uma imagem com uma frase do filme Rocky Balboa.

Abbey Laith, anteriormente conhecida como Kimber Lee, antes de assinar pela WWE tinha lutado em várias promoções independentes, em especial na Chikara onde chegou a ser Chikara Grand Champion, o título principal da companhia.

Gostavam de ter visto mais de Abbey Laith na WWE? E por onde acreditam que passará o futuro da lutadora?

5 Comentários

  1. BRUNOju. há 9 meses

    Vi que foi provavelmente por conta de má conduta dela com os colegas de trabalho… tinha de ser algo assim mesmo, porque, talento no ringue, tens de sobra. Que pena.

  2. Anónimo há 9 meses

    Boa wrestler, não sei o motivo, mas vai fazer falta na divisão feminina da NXT. Espero que a wwe contrate a Toni Storm pra repor a perda kkkkkkk.

  3. Kevin McCool há 9 meses

    Nossa grande perda,ela tinha muito a ajudar na divisão feminina do NXT,super talentosa,foi incrivel no Mae Young Classic,agora acho que a WWE deveria dar um novo contrato á Summer Rae e Emma ou Michelle McCool e Kelly Kelly,pois eles demitiram Summer pra cortar os gastos,e sem motivo,a Emma foi demitida pois tava falando muita bosta no Twitter,alias agora acho bem dificil ela voltar um dia,mas a Summer eu acredito que um dia volte talvez,em referencia a Michelle e Kelly,creio que a WWE ainda tem interesse nelas,mas isso vai depender delas.

  4. KILL OWENS KILL há 9 meses

    Uma pena, luta muito.

Comentar