Depois do WrestleMania Backlash do último domingo, a WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir do ThunderDome, agora no Yuengling Center em Tampa, Flórida, já a pensar no Hell in a Cell de dia 20 de Junho.

Resultados

Bayley, Nia Jax & Shayna Baszler venceram SmackDown Women’s Champion Bianca Belair, WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina
– Shinsuke Nakamura venceu King Corbin
– SmackDown Tag Team Champion Dominik Mysterio venceu Robert Roode
– WWE Intercontinental Champion Apollo Crews venceu Big E, Kevin Owens e Sami Zayn

Report

O SmackDown começou com uma parada dos campeões do SmackDown, que foi apresentada por Sonya Deville, mas acabou interrompida pelo WWE Intercontinental Champion Apollo Crews, que se sentiu desrespeitado pela oficial da WWE achar que ele poderá perder o título esta noite.

Como também seria óbvio, o mais importante campeão do SmackDown, o WWE Universal Champion Roman Reigns, teve uma apresentação diferente, mas quem apareceu foi Paul Heyman e não o “Tribal Chief”.

Paul Heyman explicou que esta parada era de pessoas que estão a segurar títulos, mas não uma parada de campeões e que o verdadeiro campeão da WWE, Roman Reigns, só irá aparecer quando quiser.

Tudo isto foi interrompido por Bayley, que começou a disparar em todas as direcções sobre todos os campeões presentes, excepto o WWE Intercontinental Champion Apollo Crews, tendo dito que a SmackDown Women’s Champion Bianca Belair devia ficar sem título e que ela deveria ser a nova campeã.

Já com Bianca Belair em ringue, Nia Jax e Shayna Baszler atacaram a campeã pelas costas e tivemos uma brawl que também envolveu as WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina. Mesmo assim, foi Bayley, Nia Jax e Shayna Baszler que levaram a melhor.

– Bayley, Nia Jax & Shayna Baszler venceu SmackDown Women’s Champion Bianca Belair, WWE Women’s Tag Team Champions Natalya & Tamina: Como seria de esperar o primeiro combate da noite começou logo a seguir e Bayley, Nia Jax & Shayna Baszler começaram melhor, tendo isolado Tamina durante algum tempo, mas esta conseguiu fazer o tag em Natalya, que ao contrário do que queria, acabou também por ser dominada por alguns minutos. O problema foi quando a veterana fez o tag à SmackDown Women’s Champion Bianca Belair, que entrou em ringue e virou o combate do avesso, mas acabou também por ser dominada.

Quando a “EST da WWE” fez o tag, Tamina veio com toda a sua explosividade e acabou por reverter o ímpeto e acabámos por entrar numa fase caótica deste opener, pois as seis lutadoras decidiram que estava na hora de esquecer as regras e lutar dentro do ringue quer fosse a sua vez ou não. No final e aproveitando toda a confusão, tivemos Shayna Baszler com o seu Kirifuda Clutch a fazer Natalya desistir.

Nos bastidores tivemos Big E a ser entrevistado e a falar da Fatal 4-Way pelo WWE Intercontinental Championship e que fica feliz por ter de enfrentar adversários de tamanha qualidade e que espera que quando o público regressar aos eventos da WWE, que ele seja o campeão.

A seguir tivemos Aleister Black a falar, e depois de mais uma série de mensagens enigmáticas, explicou que está na altura de chamar o rebanho.

Já no ringue, tivemos King Corbin a refilar de Shinsuke Nakamura lhe ter roubado a sua coroa e que o quer distrair, mas acabou por ser interrompido por Rik Bugez, que se apresentou e começou a tocar a theme song do “King of Strong Style”.

– Shinsuke Nakamura venceu King Corbin: King Corbin sentiu-se insultado com tudo isto e entrou dominante neste embate, tendo controlado Shinsuke Nakamura durante vários minutos. Ainda assim, o “King of Strong Style” começou a virar o ímpeto, mas a força de King Corbin foi um factor importante e que quase lhe deu a vitória.

Quem acabou por ser determinante no resultado final foi Rik Bugez, que começou a tocar a meio do combate distraindo King Corbin. Shinsuke Nakamura aproveitou e venceu o combate com um pin rápido.

No escritório de Sonya Deville, tivemos esta a ser interrompida por Jimmy Uso, a dizer que ele e o seu irmão querem um combate contra os Street Profits.

Nos bastidores tivemos Kevin Owens a explicar que nos primeiros dois anos lhe chamavam o “Prizefighter” porque ele ganhou mais títulos nesses dois anos do que muitos numa carreira e que ele hoje está preparado para tudo e vai destruir os seus adversários e tornar-se campeão Intercontinental pela terceira vez.

De regresso ao ringue tivemos o WWE Universal Champion Roman Reigns, que como sempre veio acompanhado pelo seu primo Jey Uso e Paul Heyman. O “Tribal Chief” explicou que como é um homem humilde, vai deixar o seu conselheiro falar por ele.

Paul Heyman começou a falar de todos os lutadores que Roman Reigns venceu neste seu reinado, tendo feito especial menção ao facto de ter despachado Edge e Daniel Bryan e também com a vitória sobre Cesaro.

Acabou por ser o “Swiss Superman” a interromper e a explicar que quer voltar a lutar contra Roman Reigns, mas este foi atacado pelo seu grande rival Seth Rollins. Este quis lesionar ainda mais o braço lesionado de Cesaro, sendo que nem os árbitros da WWE conseguiram parar o “Messiah”, que acertou dois Stomps incríveis no lutador suíço.

Nos bastidores, Seth Rollins estava a ser entrevistado quando Cesaro apareceu na maca e culpou o suíço por ele agora ser como é e de tudo o que aconteceu.

Antes do próximo combate começar, tivemos Robert Roode a acusar Dominik Mysterio de não ter feito nada no combate em que ganharam os SmackDown Tag Team Championships, e que ele vai provar que o jovem não merece estar na WWE.

– SmackDown Tag Team Champion Dominik Mysterio venceu Robert Roode: Robert Roode passou das palavras aos actos muito rapidamente, pois entrou de forma dominante neste seu combate contra Dominik, mas o jovem mostrou que tal como o seu pai, nunca desiste. No final, aproveitou um erro do “Glorious One” para acertar um 619 e em seguida um Frog Splash, para assim ganhar este combate.

No backstage do ThunderDome, Jimmy Uso foi falar com o seu irmão e contou-lhe que na próxima semana irão lutar contra os Street Profits, sendo que Jey Uso ficou de pé atrás por Roman Reigns não ter sido informado, tendo dito que ele luta, mas tem de dizer ao primo que esse combate vai acontecer.

No balneário do “Tribal Chief”, Jey Uso tentou explicar que foi o seu irmão que marcou o combate, mas que este quando falar de nós, tem de perceber que “nós” não é ele e o seu irmão, mas sim eles os dois.

Ainda nos bastidores tivemos os Street Profits a falar dos The Usos e de como na próxima semana os irão vencer.

Sami Zayn estava a fazer alongamentos a preparar-se para o Fatal 4-Way pelo WWE Intercontinental Championship, quando Kayla Braxton estragou-lhe o aquecimento ao tentar entrevistá-lo, no que foi claramente um acto de conspiração contra o “Great Liberator”. Pelo menos foi isto que Sami Zayn pensou e acusou-a de trabalhar com o sistema para o prejudicar, mas que ele irá conquistar o seu título e voltar a ser o campeão do povo.

– WWE Intercontinental Champion Apollo Crews venceu Big E, Kevin Owens e Sami Zayn: Quem diria que Kevin Owens ia começar este combate a atacar Sami Zayn? Todos nós. Tal como também já se esperava que o caos tivesse instalado desde o primeiro segundo neste main event com os quatro lutadores à pancada, a darem tudo para conquistarem o WWE Intercontinental Championship. Como é hábito, os lutadores foram dominando a espaços, sendo que esta luta aconteceu tanto dentro como fora do ringue.

Com o passar dos minutos, o cansaço foi aparecendo, mas os lutadores não tiraram o pé do acelerador e continuaram a dar tudo num combate com um ritmo incrível e foi algo que acabou por beneficiar o WWE Intercontinental Champion Apollo Crews que lá conseguiu algum controlo. O problema é que controlar três lutadores ao mesmo tempo é impossível, em especial se um desses lutadores tiver a força de Big E.

Nos minutos finais as quase vitórias foram surgindo, com todos os lutadores a ter a sua hipótese de vencer e sair deste SmackDown com o título. No final, o Commander Azeez roubou a hipótese de Big E vencer o título, mas o homem forte dos New Day conseguiu livrar-se do gigante. Só que quando se preparava para ganhar, tivemos o regresso inesperado de Aleister Black, que atacou Big E e assim deu hipótese a Apollo Crews de vencer a este Fatal 4-Way e reter o seu WWE Intercontinental Championship.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

30 Comentários

  1. Eu3 semanas

    A SASHA BANKS PODIA VOLTA OU HOJE A BECKY PODIA REGRESSAR

    SD TA MUITO CHATO SEM A SASHA

    • wwee3 semanas

      verdade smackdown sem ela nao e naada por isso que a audiencia sempre esta a cair

    • Facebook Profile photo
      Andre3 semanas

      Espera ate ao dia 19 de julho ate la elas n regressam

    • Surf3 semanas

      Oh sim, essa é que atrai audiencia? 😂😂

  2. Facebook Profile photo

    Smackdown abaixo das expectativas.
    Mas também não foi assim tão péssimo. Já vi pior no Raw.

  3. Facebook Profile photo

    Mais um bom smackdown na minha opiniao. Gostei especialmente do cliffhanger no final show, este look do aleister black ta muito fixe. Falando mais do roman, quando a theme song dele estreou na altura eu disse que ainda nao tinha decidido se gostava ou nao. Pois bem, depois de a ouvir muitas vezes tenho a dizer que e das melhores themes da empresa, adoro.

  4. BigMando3 semanas

    Só um combate feminino. Que miséria, quase parece que não há mulheres no roster do Smackdown. Pena que a Shayna ainda esteja atrás dos tag team titles, deveria era estar a desafiar a Rhea Ripley

    • Facebook Profile photo

      1 combate e foi o que foi, imagina se houvessem mais.

    • BigMando3 semanas

      Eles reduzem o tempo dos segmentos das mulheres, colocam quase sempre um combate onde envolvam 6 mulheres e depois mais nada. Isso deixa me irritado porque há tanto talento na divisão feminina e parece que não conseguem mostrar o seu talento

    • Facebook Profile photo

      Nao sei se ha assim tanto talento quanto isso. Tens a bayley, a sasha (que apesar de nao gostar la muito dela, reconheco que atrai muita gente para o produto), a bianca, que ate agora ainda nao me mostrou que consegue carregar uma rivalidade, a carmella tambem se safa, mas nao vejo muitos mais talentos no roster do smackdown.

    • A liv e a ruby sao boas até, nao tem é chances…

    • BigMando3 semanas

      Exato, Gangrel_Rules, com essas duas, porque é que andam outra vez com a Nia e a Shayna, que são do Raw. Deviam acabar com a dupa da Nia e Shayna, a Shayna tem de estar na luta do Raw Women Championship

    • Facebook Profile photo

      Concordo que a shayna tem de ter carreira solo. Quanto a liv e ruby, nao as vejo como nada de especial

    • BigMando3 semanas

      David Machado, disso que tu achas da Liv e da Ruby, acho eu da natalya e da tamina

    • Facebook Profile photo

      Sim, o eu que disse aplica se as 4.

    • Facebook Profile photo

      graças a Deus só teve 1 e já foi ruim

  5. MC3 semanas

    Bom Smack. Fui só eu que achei a entrada do Nakamura um mimo?

  6. Episódio decente. Curti do segmento inicial (a promo de Paul Heyman foi excelente, para variar), ainda que não aprecie quando malta de uma brand, como Nia Jax & Shayna Baszler que já nem são campeãs, aparece noutra (sei que disseram que fazia parte do brand to brand invitational – podem aparecer uma vez por cada trimestre – mas isso nunca foi sequer mencionado desde o início do ano).
    Adorei a entrada de Shinsuke Nakamura com o guitarrista a tocar a sua theme song de forma épica (Rik Boogs – acho que é assim que se soletra pelo que referiram — mostrou mais personalidade e carisma do que King Corbin em menos tempo de antena) e teve muita piada ver Pat McAfee a vibrar para cima de Michael Cole todo assustado eheheheh
    Por fim, destaco também a promo de Sami Zayn pré-combate e o ótimo main event pelo título Intercontinental (indubitavelmente o match of the night como já seria de esperar tendo em conta os 4 performers em causa) com aquele final inesperado a culminar com o regresso in loco de Aleister Black (que parece que já terá feud para os próximos tempos, contra Big E).

  7. Bom Smackdown.
    Destaques:
    -Situaçao a volta do Roman Reigns,Cesaro e Rollins.
    -Combate decente entre o Nakamura e o Corbin.
    -Main event de otimo nivel
    -Regresso do Black a atacar o Big E,veremos se desta vez o Black será melhor tratado desta vez.

  8. Mais um tremendo SmackDown, destaco alguns pontos do show:

    – Cesaro está sendo incrivelmente bem bookado, não sei se vai vencer o titulo Universal (acredito que não), mas certamente ele vai sair muito maior do que quando ele entrou dessa rivalidade.
    – Jey Uso tem feito um trabalho absurdo e pra mim hoje ele é o principal merecer do maleta do MITB, mal consigo imaginar as inumeras possibilidades que poderiam trabalhar nele como Mr. MITB.
    – Roman Reigns segue me cativando como o Tribal Chief, que trabalho desse homem.
    – Seth Rollins está cada semana com um terno maravilhosamente bonito!
    – O titulo Intercontinental nunca esteve tão valorizado como está ultimamente, méritos ao campeão Apollo que tem sido simplesmente incrivel desde que fez sua heel turn, apesar dos vários concorrentes de peso pelo título, não me importo de ver o Apollo tendo um longo reinado.
    – Creio que o Big E sai de vez da cena do título Intercontinental por enquanto, acho que ele vai procurar as respostas do porque o Aleister Black o atacou, e acho que isso vai culminar numa excelente rivalidade entre ambos.
    – E como é bom ver o Black de volta, espero que o aproveitem bem dessa vez.

  9. Facebook Profile photo

    foi um bom smack, programa q vc assiste e nem ve a hora passar, diferente do raw q só decepciona

  10. Gostei:
    – Iniciamos o show com Sonya Deville no ring. Ela fala sobre a WWE voltar às tours. Ela invoca uma ”Parade of Champions” e apresenta-os 1 a 1. Assim que chega a Roman Reigns, é interrompida por Paul Heyman. Heyman chamou a todos no palco de ”Title Holders” e o verdadeiro campeão era Roman Reigns. Depois diz que Roman terá a sua própria ”Parade of Champion” mais tarde. Quando Paul termina, Sonya termina ao introduzir Bianca Belair. Bayley interrompe e pede para ser apresentada como a SmackDown Women’s Champion com o reinado mais longo da história! Bayley exige que retirem o título da Bianca e entreguem-lhe, o que faz com que Bianca venha ao ring. Bianca diz a Bayley para levar o título, mas isto leva a uma emboscada de Nia Jax, Shayna Baszler e Bayley. Natalya e Tamina vêm ao ring para ajudar, o que leva a um 6-woman Tag Match. Ótimo segmento para iniciar a SmackDown.
    – Bianca Belair, Natalya & Tamina vs Bayley, Shayna Baszler & Nia Jax. O combate foi bem sólido. Boa ação, boa storytelling, gostei deste combate. Shayna Baszler consegue a vitória após o Kirifuda Clutch na Natalya. Não me importo que as heels vençam, mas não fica bem as campeãs perderem em televisão. Em geral, bom combate.
    – Promo de Baron Corbin. Corbin, ainda zangado por Nakamura lhe ter roubado a coroa, diz ao público que eles não sabem o que é ser um rei. Reis usam relógios caros, Ferraris, e tem cães de guerra, não ”gatos gordos” (essa doeu meu, eu amo imenso o meu gato). Ele termina a promo a dizer que irá castigar Nakamura. E temos a estreia de Rick Boogs! Ele toca a sua guitarra. E temos a entrada de Shinsuke Nakamura! Bom segmento!
    – Shinsuke Nakamura vs Baron Corbin, desforra da semana passada. Estou a gostar da feud e estou ansioso para ver como irá decorrer. Corbin parecia que ia ganhar o combate, mas após distração de Boogs, Nakamura vence por roll-up. Bom combate.
    – Mais um capítulo na história de Aleister Black. O capítulo chama-se ”Beautiful Pain”. Ele diz que as aprendizagens do seu pai estão marcadas no corpo dele, e essa dor tem um propósito, é honesta. Não vou resumir a promo inteira, mas estou ansioso para ver em que rumo eles levam esta personagem. Ótimo segmento!
    – ”Parade of Champion” com Roman Reigns e Paul Heyman. Roman chama imediatamente Jimmy Uso a ring, para discutir o combate entre os Usos e Street Profits na próxima semana. Em vez de Jimmy, aparece Cesaro. Cesaro está farto de ouvir Roman e desafia-o para um combate no Hell in a Cell. Mas Seth Rollins aparece e ataca brutalmente Cesaro. Ele vai-se embora, mas volta e continua o castigo! Estou a adorar este heel doido do Rollins! Ótimo segmento!
    – Robert Roode vs Dominik Mysterio. A história é Roode & Ziggler acham que Dominik não pertence na WWE e que a vitória do pai e filho foi um erro. Dominik consegue a vitória após o 619 e frog splash. Bom combate!
    – Apollo Crews vs Kevin Owens vs Sami Zayn vs Big E pelo Intercontinental Championship. Estes 4 têm uma ótima química. O facto que o combate não aconteceu no PPV por causa dos zombies irrita-me. Toda a gente fez algo especial. Kevin Owens com a sua agilidade, Sami Zayn com a sua força, Apollo a mostrar ser uma das estrelas com mais potencial da WWE e Big E a continuar mostrar ser o lutador mais underrated na SmackDown, talvez na WWE inteira. Até parecia que Big E iria vencer. Mas as luzes apagaram-se, e do meio do fumo apareceu Aleister Black. Black acerta um Black Mass em Big E, fazendo com que Apollo vença. Um final surpresa a um ótimo combate, vamos ver como eles avançam isto na próxima semana! Um fim de SmackDown que recomendo a todos verem!

    Não Gostei:

    Overall: 7/10. A SmackDown foi mesmo boa. Como normal. A WWE fez um ótimo trabalho, com o segmento inicial, a estreia de Rick Boogs, o main event. Tudo, vamos ver o que acontece na próxima semana.

  11. Anónimo3 semanas

    Mais um bom SmackDown. Bons desenvolvimentos a volta do Roman, Rollin e Cesaro. Boa entrada do Nakamura. Bom regresso do Aleister Black. Que seja bem aproveitado desta vez. E bom main event.

  12. Bom Smackdown.
    Destaco:
    – ótimo main event, aquele retorno do Black foi muito bom 🔥
    – história em torno do título mundial e a questão com o Jimmy

  13. Foi um excelente Smackdown!