Depois do Money In The Bank do passado domingo, a WWE transmitiu esta sexta-feira mais uma edição do SmackDown no canal FOX, a partir da Rocket Mortgage FieldHouse em Cleveland, Ohio e também do Rolling Loud Festival em Miami, Flórida, rumo ao SummerSlam do dia 21 de Agosto.

Resultados

– Finn Bálor venceu Sami Zayn
– Angelo Dawkins venceu Chad Gable
– SmackDown Women’s Champion Bianca Belair venceu Carmella
– Toni Storm venceu Zelina Vega
– SmackDown Tag Team Champion Jimmy Uso venceu Dominik Mysterio

Report

O SmackDown abriu com John Cena a vir ao ringue, e este voltou a insultar Roman Reigns e a dizer que voltou para o desafiar. Em seguida, John Cena brincou que mudou o seu nome para “Guardians”, pois alguém tem de proteger o pouco respeito que a WWE tem e que o SmackDown com Roman Reigns como campeão não presta. O 16x campeão mundial continuou a dizer que todos se podem expressar e que não interessa se estão na sua equipa ou na equipa Roman Reigns, mas no SummerSlam o “Tribal Chief” vai perceber que “The Champ is here!”.

John Cena pediu então por várias vezes para que Roman Reigns viesse ao ringue, mas quem apareceu foi Paul Heyman para dizer que o campeão nem sequer ouve o que John Cena tem para lhe dizer, pois não é do seu interesse. No entanto, quando Roman Reigns quiser, ele irá responder ao desafio de John Cena e este vai perceber que o “Tribal Chief is here!”.

Em seguida revimos imagens do regresso de Finn Bálor ao main roster, que aconteceu no último SmackDown.

– Finn Bálor venceu Sami Zayn: O opener deste SmackDown começou de forma técnica, mas rapidamente Sami Zayn quis aumentar a agressividade, mas acabou por ser uma má ideia, pois Finn Bálor levou a melhor, tendo também mostrado a sua agilidade. Porém, o “Great Liberator” conseguiu virar o ímpeto a seu favor com alguma batota e assim dominou este combate.

Finn Bálor conseguiu equilibrar a contenda e nos minutos finais tivemos um grande equilíbrio com os dois lutadores a quase vencerem por várias vezes. No final, Finn Bálor conseguiu acertar dois Shotgun Dropkick e subiu à terceira corda para acertar o seu Coup De Grace.

Nos bastidores, Baron Corbin foi entrevistado e explicou que a pessoa que lhe fez o site para o seu fundo, roubou-lhe a identidade e ele agora ainda está pior do que estava na semana passada.

De regresso ao ringue tivemos o “Mr. Money In The Bank” Big E a falar da sua vitória, mas foi rapidamente interrompido pelo WWE Intercontinental Champion Apollo Crews, que lembrou que ele tirou o título a Big E na WrestleMania 36.

A seguir tivemos os Dirty Dawgz também a interromper e para dizer que se querem falar do WWE Intercontinental Championship, eles têm de estar na conversa. King Nakamura e Cesaro também apareceram e tivemos uma grande brawl entre todos os lutadores, sendo que o trio de Big E, King Nakamura e Cesaro saiu por cima.

– Angelo Dawkins venceu Chad Gable: Angelo Dawkins entrou com tudo neste combate, sendo que só com batota Chad Gable conseguiu virar o ímpeto a seu favor. O treinador da Alpha Academy fez do braço esquerdo do seu adversário o seu alvo preferencial, mas o lutador dos Street Profits conseguiu aguentar a ofensiva de Chad Gable e depois do seu Sky High venceu o combate.

– SmackDown Women’s Champion Bianca Belair venceu Carmella: Bianca Belair entrou melhor neste embate, mas com alguma batota à mistura Carmella virou o ímpeto a seu favor e dominou durante alguns minutos.

No entanto, a “EST da WWE” não foi ao Rolling Loud para perder o seu título e equilibrou a contenda, sendo que pouco depois conseguiu acertar o seu KOD e reter o SmackDown Women’s Championship.

Nos bastidores, Baron Corbin foi falar com Kevin Owens para lhe pedir desculpa pela forma como o tratou na semana anterior, sendo que o “Prizefighter” explicou que o hábito de ser mal educado para com as pessoas já durava há muito tempo e que este tem de perceber que dificilmente alguém vai ficar triste por ele estar com problemas.

Baron Corbin afirmou que ia mudar e foi então que Kevin Owens pegou em dinheiro da sua carteira e deu ao antigo rei. Quando Kevin Owens saiu de cena, Shotzi & Nox sem querer dispararam o seu canhão contra Baron Corbin o que fez com que os Dirty Dawgz tentassem roubar o dinheiro, mas o “Prizefighter” não deixou.

Em seguida revimos imagens do combate pelo WWE Universal Championship entre Edge e o WWE Universal Champion Roman Reigns no Money In The Bank, relembrando a interferência de Seth Rollins.

De regresso a Cleveland tivemos Edge no ringue e este afirmou que devia estar no SmackDown enquanto WWE Universal Champion, mas não está por causa de Seth Rollins. Edge afirmou que nunca esperou que Seth Rollins o atacasse, mas que ele o fez e tudo porque em 2014 não conseguiu fazer o que tinha de fazer, e que agora ele está no seu caminho.

O “Rated R Superstar” afirmou que Seth Rollins não sabe onde se meteu e foi então que o “Messiah” apareceu e só entrou em ringue porque o Hall of Famer lhe disse que não o ia atacar. Seth Rollins começou logo a dizer que não gosta de pessoas como Edge ou John Cena, que lhe roubam as oportunidades que ele merece. Depois afirmou que vai acabar com a carreira de Edge se este o continuar a pressionar, e que se em 2014 hesitou em lesioná-lo de vez, não irá hesitar desta vez e vai-lhe destruir o pescoço.

Edge explicou então que lhe mentiu e atacou Seth Rollins, que teve de fugir ao ataque do Hall of Famer.

– Toni Storm venceu Zelina Vega: Toni Storm entrou de forma agressiva nesta sua estreia no SmackDown, sendo que só com alguma batota Zelina Vega conseguiu ter algum ímpeto. No entanto, Toni Storm estava determinada em vencer nesta sua estreia e foi isso que fez depois de acertar o seu Storm One.

– SmackDown Tag Team Champion Jimmy Uso venceu Dominik Mysterio: Dominik Mysterio quis usar a sua velocidade logo desde início, mas Jimmy Uso usou a sua experiência e com alguma batota começou a controlar o jovem lutador. Ainda assim, este continuou a dar luta, ao ponto de Jey Uso fora do ringue tentar interferir e Rey Mysterio decidiu que não ia deixar o seu filho numa situação de desvantagem.

Dominik Mysterio mostrou grande carácter e foi tendo ofensiva contra o mais experiente lutador, mas quando Jey Uso atacou Rey Mysterio, foi a distracção suficiente para tirar a cabeça do jovem lutador do combate. Depois de vários momentos de confusão, Jimmy Uso fez um pin rápido e Jey Uso ajudou-o sem o árbitro ver.

Por fim tivemos o WWE Universal Champion Roman Reigns em ringue e este mandou a cidade de Cleveland e os fãs em casa reconhecê-lo como o seu “Tribal Chief”, sendo que todos os estão a fazer, até John Cena.

Roman Reigns afirmou que até pensou em reconhecer John Cena, mas que Hollywood só meteu uma nova cara neste, que este continua a fazer o mesmo que fazia em 2005 e que se ele quisesse isso, só tinha de ir à internet e procurar eventos de 2005, e que ele está a fazer sempre a mesma coisa, é como se fosse a posição de missionário todas as noites e que isso não motiva o “Tribal Chief”. Por tudo isso, o desafio de John Cena não lhe interessa e por isso a sua resposta é “não”.

De forma inesperada, Finn Bálor veio ao ringue e explicou que se Roman Reigns não está interessado no desafio de John Cena, então pode estar interessado no seu desafio. Depois de se rir na cara do “Príncipe”, os fãs começaram a gritar que Roman Reigns estava com medo, e este acabou por aceitar o desafio do irlandês.


O que achaste do WWE SmackDown desta semana?

30 Comentários

  1. Eduardo3 meses

    Espero um show entretido

  2. ATT ERA3 meses

    Cena e Paul R. Os melhores no microfone de todos os tempos? Acho que sim.

    • Cena??? Não mesmo, stone cold, the rock, batista sao superiores

    • Facebook Profile photo

      The Rock, Cm Punk e talvez outro seja superior, ou igual, mas Batista superior ao John cena na promo, nada a ver, então é porque não virão o John cena a fazer promos, em toda a sua carreira, ou promos de enfrentar alguém frente a frente, John cena já humilhou tantos, Carlito, Big Show, Lita, Edge, até o próprio Paul Heyman que é bom o John cena humilhou várias vezes, várias superstars, top 5 na boa, dos melhores em promo na wwe, neste caso nem é preciso ser fanboy ou hater, para reconhecer isso

    • ATT ERA3 meses

      Busca a promo do Cena quando ele acaba com RR dizendo que ele é como antidoping.

  3. Heleno3 meses

    Sasha Banks tem que Retornar logo Já tá chato Carmella pede a chance aí perde avee Sasha Banks volta logo 🙌🏽🙌🏽🙌🏽🙌🏽🙌🏽

  4. Heleno3 meses

    Sasha Banks tem que Retornar logo 🙌🏽🙌🏽🙌🏽🙌🏽

  5. Mr.03 meses

    Oxi o roman vai enfrentar o cena ou o balor? Ou vai ser combate triplo ? Ou o cena so voltou para dar audiência?

    • Joelson Souza Ribeiro3 meses

      Ele vai enfrentar o balor no próximo smackdown.

    • Joelson Souza Ribeiro3 meses

      Eu vejo cena vs roman Regins pra min balor ta FORA dessa disputa. só vai pra ter uma oportunidade.

  6. ATT ERA3 meses

    Achei sendo bem honesto o smackdown fraco nota 6.

    • Otacilio3 meses

      Concordo com vc que o smackdown foi fraco, mais minha nota e 5, wwe não precisa estraga o show musica dos outra para fazer luta nem maior publico pra mim foi muito vergonha.

    • ATT ERA3 meses

      Poderia ter feito um SmackDown com shoes entre as lutas num lugar só

  7. Victor Silva3 meses

    Os argumentos na promo do Roman foi meio coxo…

    • Não achei, a parte que ele cita que o Cena vem sempre com a mesma entrada, mesma promo, mesmo tudo e tem a oportunidade de disputar títulos não deixa de ser verdade.

  8. Death3 meses

    Posição missionario , roman desfrotou da sua promo notou se e o publico foi reagindo ainda melhor ! Well done triball chief.smackdown ok.

  9. Bom show, no cômputo geral. Isto já não é surpreendente de se afirmar, mas que reação fantástica a John Cena logo no começo do episódio e mais uma promo impecável de “Big Match John”. E depois Paul Heyman a ser alto boss no que disse e a terminar a cantarolar a theme song do Cena de forma hilária xD

    Quanto a outros destaques, nota para: o combate sólido entre Finn Bálor e Sami Zayn que ditou o regresso in-ring vitorioso por parte do irlandês ao SmackDown; o mar de gente naquele festival (o que me deixou francamente assustado tendo em conta que o vírus não desapareceu por completo) que mal reagiu ao que se passava (looool); mais uma defesa do título bem sucedida por parte de Bianca Belair contra Carmella; novos avanços num possível face turn para Baron Corbin; o pop porreiro para Edge e ótimo segmento deste com Seth Rollins; a estreia triunfal de Toni Storm na brand azul; e o segmento de main event.

  10. ESTÊVÃO3 meses

    Balor vs reings isso é exagerado para o pricipe

    • Será? Balor First Ever Universal Champion vencendo o Rollins na final e antes venceu o Roman de forma limpa.

  11. TakerVanderVaart233 meses

    Bom Smackdown. Não foi o melhor das ultimas semanas mas foi bom.
    Bom segmento inicial, Paul Heyman sair a cantarolar a música do Cena foi hilário xD
    Destaque para as vitórias de Balor e Toni Storm.
    Aqueles combates no festival foram meio sem graça, um pouco por culpa da falta de interesse de maior parte do público presente, mas compreendo o porquê de arriscarem em ter esta experiência.
    Segmento final também muito bom e nota-se que Reigns estava a gostar de toda a promo.
    Aquela linha de comparar o Cena à posição missionário também partiu tudo ahah

  12. MC3 meses

    Bálor, eis um plot twist que ninguém, nem as dirt sheets, previu. É mais disto que às vezes faz falta no wrestling.

  13. Foi um Smackdown razoável.
    Destaques:
    -Promo inicial do Cena para abrir o show a fazer o desafio ao Roman e depois o Heyman de forma hilariante a gozar com o Cena…gostei bastante.
    -Estreia bem conseguida da Toni Storm,espero que seja o inicio de uma boa jornada para ela e a sua carreira.
    -Esta história à volta do Corbin até que esta a ser interessante,veremos o que poderá sair daqui para a frente.
    -Bom combate entre o Balor e o Sami.
    -Segmento final onde o Reigns agora com público mostrou o a vontade com que está no microfone,e a postura arrogante que apresenta é algo que mostra a evolução que teve graças a esta personagem.

    Por fim,uma nota negativa para a presença no Rolling loud.
    Tudo bem que era um grande palco,mas praticamente ninguém quis saber dos combates,foi algo constrangedor de ver.

  14. Gostei:
    – Promo de John Cena. Basicamente o mesmo da RAW, a confirmar o desafio a Roman e quer uma resposta. Mas em vez de Roman, aparece Heyman que diz que o campeão responderá quando quiser, antes de cantar a música do Roman. Este segmento foi brilhante, pois estes 2 têm uma química excelente. O cover da theme do Cena foi hilariante. Vamos ver como continuará a feud. Vejam este segmento.
    – Sami Zayn vs Finn Balor. Facilmente um dos melhores combates do último ano na WWE. Que combate! O salto de Balor para fora do Ring foi dos melhores que ele já fez, a reverse ao double dropkick de Balor foi magistral… Não tenho elogios suficientes para este combate.
    – Big E fala de ganhar o MITB. É interrompido por Apollo Crews, depois os Dirty Dawgs, seguido de Nakamura, Boogs e Cesaro. Isto leva a uma brawl enorme e a um 6-man tag que é tratado como Dark match. Nada de mais sobre o segmento. Algo simples, mas eficaz.
    – Bianca Belair vs Carmella. O público continuou a ser um grande problema aqui, acho que até estiveram a pedir pelo cantor que teve o seu concerto adiado por isto. No entanto, foi muito melhor que o anterior combate do Rolling Loud.
    – Edge fala de Seth Rollins e sobre os acontecimentos de 2014. Seth interrompe e diz que desta vez não hesitará. Isto leva a um ataque de Edge. Este segmento foi mesmo muito bom. Foi relativamente curto, mas passou muito bem a mensagem desta feud. A feud tem sido ótima e espero que o combate entregue (óbvio que entrega, mal era). Vejam este segmento!
    – Toni Storm vs Zelina Vega. Geralmente, squashes não são a minha onda, mas este foi muito bem feito. Toni mostrou todas as suas qualidades ao público mais casual e o finisher dela continua a ser o melhor finisher da atualidade. E não, não vou discutir esse facto.
    – Kevin Owens estava a falar com Shotzi e Tegan até ser interrompido por Corbin, que perdeu ainda mais dinheiro. Owens dá-lhe algum e Corbin leva com um tiro nos tomates graças ao tanque de Shotzi. Os Dirty Dawgs tentam roubar Corbin, mas Owens ajuda. Corbin continua a fazer um ótimo trabalho com esta nova gimmick. Curioso para ver o que vão fazer com Owens e Corbin.
    – Dominik Mysterio vs Jimmy Uso. Apesar de ser bem curto, ainda foi um bom combate. O final foi semelhante ao do MITB, o que deixa esse detalhe. Será que os Usos conseguem derrotar os Mysterios sem batota?
    – Roman Reigns e Paul Heyman aparecem, e o campeão compara John Cena à posição de missionário (ahahahahahahahaha). Roman recusa o desafio. Finn Balor aparece e desafia o campeão, com Roman a aceitar. O público ficou doido, eu fiquei doido. O desafio faz total sentido. De relembrar, Balor nunca perdeu o Universal Championship e agora está numa versão melhor, digamos. Será deveras interessante. Vejam este segmento!

    Não Gostei:
    – Angelo Dawkins vs Chad Gable. O combate não foi mau, apesar de curto. Mas o grande problema foi o público. Meteram um evento de Wrestling num festival de hip-hop com lutadores relativamente desconhecidos para quem não vê Wrestling. Que esperavam?

    Overall: 8/10. Quase perfeito! O combate entre Reigns e Balor, o próprio combate que Balor teve, o futuro do IC Title, a feud entre Edge e Rollins, feud entre Reigns e Cena, ótima estreia para Toni e a continuação da gimmick de Corbin. Que mais a dizer… Definitivamente uma melhoria comparado ao SmackDown da semana passada!

  15. SD se destacando pelo Main Event, a promo do Roman foi excelente e para mim a interação com o Balor causou ótima impressão.

  16. SmackDown está bem melhor que o Raw

  17. Tubarão Burguês3 meses

    Reigns completamente ovacionado, de novo, quando aparece. Ele está num nível completamente diferente de qualquer pro wrestler em todo o globo atualmente. Pat faz um trabalho incrivel nos comentários também.

  18. Anónimo3 meses

    Mais um bom SmackDown. Bom início de show com o John Cena e Paul Heyman. Bom combate entre Finn Bálor e Sami Zayn. Boa estreia da Toni Storm. Bom segmento entre Rollins e Edge. Bom fim de show com o Roman, achei a promo dele excelente. Também achei interessante o fato do Bálor ir confrontar o Roman.