Na passada sexta-feira, a WWE avançou com o despedimento de várias Superstars do NXT, e até já surgiram alguns detalhes sobre o que poderá ter levado a empresa a avançar com algumas dessas demissões.

Um dos nomes mais surpreendentes a ser demitido foi Malcolm Bivens, que era uma peça importante como manager da Diamond Mine e principal voz dos Creed Brothers (Brutus & Julius Creed) no NXT 2.0.

Já tinha sido reportado que Malcolm Bivens recusou uma proposta de renovação de contrato com a WWE, pelo que a sua saída iria sempre acontecer mais cedo ou mais tarde, mas entretanto surgiram mais informações.

Segundo Sean Ross Sapp do Fightful, a WWE considerou a ideia de Malcolm Bivens subir ao main roster para ser manager de Omos, um papel que também foi considerado para LA Knight, antes de ser entregue a MVP.

Ao ter recusado renovar contrato com a empresa, Malcolm Bivens foi mantido no NXT como manager da Diamond Mine e Creed Brothers, e é apontado que a sua ligação à WWE terminaria no início de 2023.


Achas que Malcolm Bivens teria dado um bom manager de Omos no main roster da WWE?

2 Comentários

  1. nZo4 semanas

    Será que o roderick vai ser o próximo manager da diamond mine até porque uma stable precisa de um manager e também o roderick tá bem perdido tanto no nxt quanto no nxt uk

  2. El Cuebro4 semanas

    Foi realmente uma demissão estranha, já que parecia que o Malcolm provocaria uma rivalidade dentro da Diamond Mine, pois parecia que haveria uma falta de acordo com o Strong e os Creeds, mas acho que poderia ter dado certo como manager do Omos, porque não separaria a Hurt Business, novamente, enfim não aconteceu, desejo sucesso à ele!