Edge estreou-se na AEW durante o WrestleDream do último domingo, após várias semanas de rumores de que este iria trocar a WWE pela AEW.

Já foi noticiado que o Hall of Famer será lutador a tempo inteiro na AEW, e este até já mencionou que saiu da WWE por esta não o deixar fazer mais.

Em entrevista ao CBS Sports, Adam Copeland afirmou que o seu sonho é terminar a carreira ao lado de Christian Cage.

Se pudermos terminar juntos, seria o sonho.

Sentei-me com as minhas filhas e perguntei-lhes: “Muito bem meninas, o que é que o pai deve fazer?”. E apresentei-lhes os cenários. A Lyric disse-o e a Ruby concordou: “Vai ter com o tio Jay [Christian Cage] e diverte-te”.

Isso não significa que eu não me estivesse a divertir noutros sítios, mas elas sabem que a maior diversão que vou ter é com o meu melhor amigo dos últimos 40 anos.

Só quando o meu contrato terminou, é que me decidi. Então foi tudo muito rápido para deixar tudo pronto. Foi muito rápido para resolver muitas coisas, como entrar em contacto com os Alter Bridge, arranjar a música e fazer todas essas coisas. Foram nove ou dez dias.

Eu não sabia imediatamente, mas achei que era para lá que eu queria ir. Eu realmente achava que trabalhar com Jay novamente era o que eu queria fazer. A Beth perguntou: “Qual é o teu mundo perfeito?”. E eu disse: “O meu mundo perfeito é acabar a minha carreira com o Jay.”.

Então, de repente, esse mundo perfeito pareceu-me que podia existir. É difícil deixar passar isso.

Edge também falou da falta de planos que a WWE tinha para si, como um dos motivos que o fez rumar à AEW.

Fiquei com a sensação de que não havia realmente um plano para mim na WWE. Eu percebo, porque que mais podemos fazer? Que mais há para fazer? Ao fim de 25 anos, já fiz literalmente tudo.

Então, o que é que fazemos? A culpa não foi de ninguém. Eu também estava a chocar contra ninguém. Estava a ter dificuldade em ter ideias e isso não é habitual. Acho que eles também estavam.

Havia também o problema de eu ter um contrato de 10 combates por ano. Ofereci-me para fazer mais, mas, segundo eles, não seria tão especial, o que eu também compreendia…

Parecia que nenhum de nós tinha ideias e isso nunca tinha acontecido antes. Por isso, quando olhamos para isso e vejo o meu melhor amigo a divertir-se imenso, a certa altura pensei: “Sabem que mais, ainda tenho uma janela para fazer isto e não sinto que a esteja a aproveitar ao máximo”.

Acho que foi mesmo a isso que se resumiu.


Acreditas que iremos ver Adam Copeland e Christian Cage a fazer equipa no futuro?

6 Comentários

  1. Luiz9 meses

    Uma verdadeira amizade, e uma declaração de amor ao Cristian.

  2. Edge e Christian isso aí é amizade mesmo

  3. Filipepc9 meses

    Bonito. A amizade é algo muito especial.

  4. El Cuebro9 meses

    Eu pensei que fosse haver algo do Christian na homenagem aos 25 anos de carreira do Edge, não veio, mas agora ambos estão na AEW e terão seus momentos, primeiro um contra o outro, mas resta saber até quando isso vai durar, eu sei que quero muito ver essa parceria de volta, Edge e Christian são uma das melhores duplas da história do tag team wrestling, eu vi pouco disso e quero ter a chance de ver mais!

  5. Percebo o lado do Edge a 100% e depois de ler isto acho que foi a decisão certa!

  6. Foi o fator que mais pesou de certeza para o Edge vir para a AEW, e isso mostra a importância e a inteligência da AEW contratar o Christian.