A Anthem Sports & Entertainment transmitiu esta terça-feira, a partir da Skyway Studios em Nashville, Tennessee, mais uma edição do Impact Wrestling na ASX TV, rumo ao especial Hardcore Justice de 10 de Abril e ao pay-per-view Rebellion de 25 de Abril.

Como main event tivemos o 1000º combate de James Storm no Impact Wrestling, enfrentando e vencendo Eric Young com o Last Call. O show terminou com a celebração do veterano “Cowboy”, juntamente com Chris Sabin, Jake Something e Chris Harris, que o apoiaram durante o combate fazendo frente aos Violent by Design.

Outro grande destaque deste show foi um segmento de backstage envolvendo Willie Mack, Don Callis e o Impact World Champion Rich Swann, que depois de uma troca de palavras com o manager acabou por ser atacado pelas costas pelo AEW World Champion Kenny Omega, desencadeando uma brawl juntamente com os Good Brothers e Eddie Edwards, rumo ao Six-Man Tag Team Match da próxima semana.

Na divisão feminina, destaque para um Non-Title Tag Team Match que abriu o show, no qual as Knockout’s Tag Team Champions Fire N’ Flava (Kiera Hogan & Tasha Steelz) enfrentaram e venceram a dupla de Havok & Nevaeh com um Neckbreaker e um Splash. Depois do combate e frustrada pela derrota, Nevaeh atacou Havok.

Na X-Division tivemos um Tag Team Match no qual o campeão Ace Austin e Madman Fulton fizeram equipa contra TJP & Josh Alexander, acabando o campeão por obter a vitória com um roll up sobre TJP, aproveitando um desentendimento entre este o seu parceiro de equipa.

Quanto a combates, tivemos ainda: uma vitória de Sami Callihan sobre Larry D com um Piledriver, sendo o vencedor atacado por Acey Romero após o combate, mas Trey Miguel não veio em seu auxílio; e uma vitória rápida de Brian Myers sobre Suicide com o Roster Cut, mas depois do combate o vencedor rejeitou o desafio de Matt Cardona.

Por fim, mencionar ainda: Jazz atacou a Knockout’s Champion Deonna Purrazzo e Susan durante uma entrevista; Kenny Omega e companhia viram imagens dos Impact World Tag Team Champions FinJuice a lutar na NJPW; um confronto entre Sami Callihan e Trey Miguel no backstage; um novo anúncio de Tony Khan e Tony Schiavone ao AEW Dynamite desta quarta-feira; no Swinger’s Palace, Don Callis fez uma aposta de 20 mil dólares na vitória de Kenny Omega no Rebellion; Rohit Raju tem uma ideia para a equipa com Hernandez, mas este não se mostrou muito interessado; e Tommy Dreamer marcou dois combates femininos para o Hardcore Justice.

Resultados

– Knockout’s Tag Team Champions Fire N’ Flava (Kiera Hogan & Tasha Steelz) venceram Havok & Nevaeh (Non-Title Match)
– Sami Callihan venceu Larry D
– Brian Myers venceu Suicide
– X-Division Champion Ace Austin & Madman Fulton venceram TJP & Josh Alexander
– James Storm venceu Eric Young

Vídeos

Watch Wrestling


O que achaste desta edição do Impact Wrestling?

8 Comentários

  1. Knock Knock, Who’s There? Branden Walker. 🤣🤣

  2. Victor WWE3 semanas

    Gostei demais da brawl que aconteceu no backstage entre o Swann e Omega, TJP merece muito ser o novo X-Division champion e eu acho que o segundo combate de FinJuice vs Good Brothers pode acontecer no Rebellion.

  3. El Cuebro3 semanas

    Oh yeah, James Storm é o GOAT do Impact Wrestling sim, não é todo dia que alguém luta 1000 vezes por uma mesma empresa, a luta foi boa, uma confusão como se esperava, graças aos Violent By Design, gostei muito do main event! Um pouco antes tivemos o ataque do Omega e dos Brothers, o que foi um bom segmento, mas digo que seria melhor ver o Eddie Edwards, por exemplo, lutando no lugar do Swann, ele não é nem um pouco intimidador, acho que pode até ser uma vitória fácil do Kenny! No mais heel turn da Nevaeh em cima da Havok, eu ainda acho um erro não terem feito essa dupla campeã e agora o fim da parceria, uma pena, também gostei muito da luta do Larry D, acho que foi uma das melhores atuações individuais dele, mesmo perdendo para o Sami, queria muito ver o Josh Alexander como próximo campeão da X-Division!

  4. Rainn3 semanas

    America’s Most Wanted back again, queria ver os dois em ação juntos novamente, bons tempos!