Esta quarta-feira, a WWE avançou com o despedimento de vários responsáveis e lutadores que desde o início do NXT 2.0 estavam apenas ligados ao Performance Center. Entre os nomes demitidos estão William Regal e Road Dogg, mas também Timothy Thatcher e Danny Burch, que atualmente eram treinadores.

Segundo Sean Ross Sapp do Fightful, a WWE tomou a decisão de despedir todos estes responsáveis por terem sido contratações feitas por Triple H há vários anos e vistos dentro da empresa como “homens” dele.

À excepção de Cathy Corino (Allison Danger), que foi contratada há três meses e que se mudou de Las Vegas para Orlando, só para agora ver a sua vida “desfeita”, todos os outros eram ligados a Triple H e ao “velho NXT”.

A maior dúvida que agora permanece é quanto ao futuro de Shawn Michaels, mas estando este a ser o principal responsável do NXT nos últimos meses, é de acreditar que para já se mantenha na WWE.

Estes despedimentos representam assim mais um passo da WWE em largar por completo o NXT black and gold e apostar tudo nos novos talentos que estão a chegar à empresa e na nova visão que esta tem para a brand.

Isso também ficou evidente com a conquista do NXT Championship por parte de Bron Breakker, assim como pela entrada do jovem no New Year’s Evil de terça-feira, onde destruiu o logotipo do antigo NXT. Apesar de ter sido algo simbólico, o jornalista aponta que várias pessoas não gostaram.


Achas que a WWE fez bem em desfazer todo o trabalho feito por Triple H no NXT?

9 Comentários

  1. Pablo William4 meses

    Uma falta de respeito enorme com o Triple H, bando de sacanas esses caras que fazem isso .

  2. JOAOPEDROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO4 meses

    Tanto quiseram internacional a marca que acabaram por estragar o produto e agora perdem também o controlo da empresa. Acredito que o Shawn se mantenha tendo em conta o que significa. O Shawn é mais que um “HHH Guy”, é um “HBK Guy” por ele só

  3. Começo a achar que é possível o Triple H vir a entrar nas budget cuts

  4. El Cuebro4 meses

    É realmente uma pena, não somente uma falta de respeito com os funcionários, mas também com o nome NXT, eu desde sempre não gostei de como foi feita a reformulação de marca e ainda acontece isso tudo, é muito complicado, infelizmente os tempos de Black and Gold e tudo de bom que veio de lá foram simplesmente esquecido pelos irresponsáveis da WWE, uma das poucas coisas realmente boas que ainda existiam na WWE, infelizmente estou achando que ainda pode sobrar para mais gente lá, quem sabe o Ciampa, o Strong também, uma pena!

  5. Pelo andar da carruagem o Triple H ainda vai ser despedido!

  6. Anónimo4 meses

    Acho que não, não deviam ter despedido o William Regal.

  7. Guilherme Santos4 meses

    Falta de respeito para Triple H. Todo o trabalho que este teve no NXT, sendo o principal responsável pelo sucesso da brand “amarela”. Vão deixar tudo para trás, para que os novos talentos se afirmem. Não tenho nada contra o Bron, o Melo, o Waller e o Tony D… Ainda por cima, o Triple H não pode ser presidente porque o Vince não o deixa, pondo a Stephanie no cargo. Cambada de irresponsáveis.