WWE transmitiu esta segunda-feira mais uma edição do Raw na USA Network, a partir do ThunderDome no Yuengling Center em Tampa, Flórida, rumo ao Money In The Bank do dia 18 de Julho.

Resultados

– John Morrison venceu Ricochet (por count-out)
– Eva Marie, Doudrop, Nia Jax & Shayna Baszler venceram Nikki A.S.H, Asuka, Naomi & Alexa Bliss
– Mustafa Ali venceu Mansoor
– Drew McIntyre venceu Jinder Mahal (por desqualificação)
– Lucha House Party (Gran Metalik & Lince Dorado) venceram Mace & T-Bar
– Riddle venceu Raw Tag Team Champion AJ Styles
– Jaxson Ryker & R-Truth venceram Elias & Cedric Alexander
– The New Day (Kofi Kingston & Xavier Woods) venceram WWE Champion Bobby Lashley & MVP

Report

O Raw abriu com a edição da Miz TV que teve como convidados os quatro lutadores do Raw que estão qualificados para o Men’s Money In The Bank Ladder Match. John Morrison já estava no ringue e fez logo questão de dizer que seria ele a vencer o combate.

O segundo convidado nesta Miz TV foi Drew McIntyre, que relembrou que The Miz é a razão pela qual ele tem algum ódio pelo Money In The Bank, e que nesse combate irá ganhar o contrato e voltar a chegar ao topo da WWE. Logo a seguir foi Ricochet que apareceu no ringue, e este fez questão de dizer que ainda sente o que aconteceu na semana passada, mas que no Money In The Bank irá vencer. Quando Riddle entrou, obviamente subiu ao escadote e disse que ia dedicar a sua prestação no Money In The Bank ao seu melhor amigo, Randy Orton.

The Miz já estava mais que irritado com tudo isto e ainda ficou pior quando AJ Styles apareceu e afirmou que no último Raw ele não sofreu o pin e deveria estar no Money in The Bank, e que tudo isto é culpa de Riddle. Este começou a gozar com o “Phenomenal One”, mas Omos empurrou o “Original Bro” escadote abaixo. AJ Styles ainda deu um pontapé no pé lesionado de Riddle, mas Drew McIntyre e Ricochet não deixaram que o lutador continuasse a ser atacado e tiraram os outros lutadores do ringue, acabando esta Miz TV numa forma confusa.

– John Morrison venceu Ricochet (por count-out):opener deste Raw foi uma desforra entre Ricochet e John Morrison, um combate que na semana passada terminou depois de um Crossbody incrível do “One and Only”. O embate começou de forma muito agressiva, sendo que os dois lutadores preferiam manter-se pelo chão em vez de voarem como é habitual, sendo que foi John Morrison que controlou o combate em especial depois de uma Powerbomb na barreira de separação.

Depois de vários minutos no controlo, John Morrison deixou Ricochet aumentar a velocidade deste combate e este começou a equilibrar e a ter algumas quase vitórias. No final e depois de mais um salto incrível para fora do ringue por parte de Ricochet, os dois estavam caídos e “Johnny Drip Drip” conseguiu entrar em ringue, já o “One and Only” também iria conseguir, mas The Miz com a sua cadeira de rodas foi incomodando o lutador e este não conseguiu responder à contagem do árbitro.

A seguir tivemos imagens da chegada de Jinder Mahal ao ThunderDome, que afirmou que ele e Drew McIntyre já foram melhores amigos, mas que agora o escocês se acha melhor que ele, mas que ele sempre foi melhor que o “Scottish Warrior” e hoje vai prová-lo.

Nos bastidores, tivemos Shayna Baszler e Nia Jax a conversar, quando Reginald se assustou por ver Alexa Bliss no fundo do corredor. No entanto, quando as duas lutadoras se viraram, Alexa Bliss já tinha desaparecido, o que deixou a “Queen of Spades” irritadíssima com Reginald.

A seguir tivemos imagens do que aconteceu na semana passada entre MVP e Kofi Kingston, e depois tivemos imagens também do último Raw onde Alexa Bliss atacou Nia Jax e Reginald.

Nos bastidores tivemos Naomi, Asuka e Nikki A.S.H, com a quase super heroína feliz por finalmente acreditar em si e que agora pode vencer o Women’s Money In The Bank Ladder Match. As três lutadoras discutiram sobre quem vencerá o Ladder Match, sendo que já com Nikki A.S.H a caminho do ringue, Alexa Bliss também apareceu para dizer que elas estavam com muitas expectativas para o combate do Money In The Bank.

– Eva Marie, Doudrop, Nia Jax & Shayna Baszler venceram Nikki A.S.H, Asuka, Naomi & Alexa Bliss: Eva Marie parecia que queria lutar, mas só parecia e acabou por fugir de tudo, enquanto as suas colegas de equipa sofriam ataques voadores das suas adversárias. Ainda assim, Eva Marie levou um grito de Alexa Bliss e de certo que perdeu alguns anos de vida com este susto.

Ainda assim, foi a força de Doudrop e Nia Jax que fez com que estas conseguissem isolar Asuka e assim começaram a dominar este combate, apesar de Eva Marie não estar com muita vontade de lutar. O domínio durou vários minutos, até que Alexa Bliss decidiu hipnotizar Nia Jax e Reginald, mas Shayna Baszler atacou a sua rival para parar esta situação. Asuka consegui então inverter o ímpeto e o que tivemos foi uma confusão tremenda entre as oito lutadoras, sendo que no final Nia Jax aplicou um Samoan Drop em Nikki A.S.H e assim venceu o combate. No entanto, Eva Marie anunciou que a vitória foi dela.

No balneário do WWE Champion Bobby Lashley, Kevin Egan quis entrevistar o campeão, mas MVP não deixou e explicou que Xavier Woods não merece um combate 1 vs 1 contra o WWE Champion, e que o campeão irá destruir Kofi Kingston. O “All Mighty” também se mostrou irritadíssimo pelo que Kofi Kingston fez na semana passada e prometeu que irá destruí-lo no Money In The Bank.

– Mustafa Ali venceu Mansoor: O combate começou de forma bastante intensa, sendo que o jovem Mansoor estava no domínio, até que cometeu um erro, parou de lutar, pois achou que Mustafa Ali estava lesionado. Este apanhou-o com um pin rápido e assim derrotou o lutador saudita.

Nos bastidores, Drew McIntyre foi entrevistado e explicou que apesar de tudo, Jinder Mahal pelo menos tem coragem de lutar contra ele. Em seguida, Drew McIntyre explicou a história da sua espada, dizendo que foi feita de um dos dentes do Monstro de Loch Ness.

– Drew McIntyre venceu Jinder Mahal (por desqualificação): Como seria de esperar tivemos uma guerra desde o primeiro segundo entre estes dois lutadores, sendo que nenhum deles ganhou vantagem, pelo menos até Jinder Mahal com alguma batota à mistura virar o ímpeto a seu favor.

Depois de alguns minutos no controlo, o “Scottish Warrior” começou a recuperar e a equilibrar este embate, sendo que quando parecia que Drew McIntyre se preparava para vencer, Shanky & Veer atacaram o escocês e causaram a desqualificação.

Já depois do combate terminar, o trio liderado por Jinder Mahal continuou a atacar Drew McIntyre. O “indiano” ainda quis irritar mais o escocês e roubou-lhe a espada.

Nos bastidores, os New Day foram entrevistados e explicaram que claro que aceitaram o desafio para um combate de equipas e que o WWE Champion Bobby Lashley pode dizer o que quiser, mas quando Kofi Kingston sentir a energia do público da WWE, irá usá-la para conquistar o WWE Championship.

– Lucha House Party (Gran Metalik & Lince Dorado) venceram Mace & T-Bar: Mace & T-Bar usaram a sua força e dominaram Lince Dorado durante vários minutos, sendo que Gran Metalik decidiu ajudar o seu parceiro, mesmo sem ser o homem legal. Toda esta confusão abriu espaço para que Lince Dorado aplicasse um pin rápido em T-Bar, e assim os Lucha House Party venceram o combate.

No backstage, Damian Priest foi ver se Riddle estava bem, sendo que o “Archer of Infamy” estava preocupado que a lesão do “Original Bro” o prejudicasse no Money in The Bank. Riddle afirmou que não há problema e que não tem medo de AJ Styles, e prometeu que no Money In The Bank irá lutar por Randy Orton e ganhar.

– Riddle venceu AJ Styles: AJ Styles fez do pé lesionado de Riddle o seu alvo preferencial de ataque, sendo que o “Original Bro” até imitou o Karate Kid para dar luta ao “Phenomenal One”.

Ainda assim, AJ Styles dominou de forma bastante agressiva durante vários minutos, mas Riddle nunca desistiu e foi aguentando tudo o que o seu adversário lhe fazia, e foi começando a equilibrar este embate.

As quase vitórias começaram a aparecer, sendo que Omos fora do ringue foi distraído pelos Viking Raiders. Isso também tirou o foco a AJ Styles, que acabou por sofrer um pin rápido de Riddle, que venceu este combate.

A seguir tivemos Charlotte Flair com uma muleta, que explicou que está lesionada e pode falhar o Money In The Bank, tudo porque a “Nightmare” tem medo de defender o seu título e que até percebe o que Rhea Ripley está a fazer.

A Raw Women’s Champion Rhea Ripley veio para o ringue também ela com uma muleta, claramente a gozar com a lesão da “Queen”, e foi então que as duas se tentaram atacar, ou seja, a lesão de Charlotte Flair não existe.

As duas enfrentaram-se usando as suas canadianas e a “Nightmare” conseguiu colocar a “Queen” fora do ringue.

– Jaxson Ryker & R-Truth venceram Elias & Cedric Alexander: Ainda antes do combate começar, o WWE 24/7 Champion Akira Tozawa veio a fugir para o ringue e R-Truth tentou conquistar o seu título, a tal ponto de abandonar Jaxson Ryker. Este entrou de forma dominante, sendo que Elias preferiu ir à vida dele em vez de ajudar Cedric Alexander, e depois de um Spinning Side Slam, Jaxson Ryker conquistou mais uma vitória.

– Kofi Kingston & Xavier Woods venceram WWE Champion Bobby Lashley & MVP: Xavier Woods e Kofi Kingston fizeram questão de isolar MVP durante os primeiros momentos deste main event, sendo que a força de Bobby Lashley acabou por ser um problema para os New Day, que ainda assim recorreram à sua agilidade para deixar o campeão e o seu manager em apuros.

Porém, o Hurt Business conseguiu isolar Xavier Woods e tiveram o controlo do combate durante algum tempo, mas quando Kofi Kingston entrou em ringue este virou o combate do avesso. No final, o caos ficou instalado e Kofi Kingston aproveitou para acertar dois Trouble In Paradise, um em Bobby Lashley e outro em MVP, que valeram a vitória aos New Day.


O que achaste do WWE Raw desta semana?

12 Comentários

  1. 𝙰𝚗𝚘𝚗𝚒𝚖𝚘4 semanas

    Os pessimistas ainda não vieram comentar😌

  2. Cenation4 semanas

    Aj Styles virou jobber lol

  3. Show razoável. As últimas duas edições do Raw foram melhores, convenhamos. Notas principais vão para: Jinder Mahal a fazer uma “entrada em grande” na arena com a sua mota; a nova theme song (salvo erro) de Mustafa Ali; o look diferente de Cedric Alexander (aquela headband até lhe fica bem); e o bom main event.

  4. Gostei:
    – Ricochet vs John Morrison. Uma rematch que faz sentido (já não via isso há algum tempo na Raw) devido à double count-out da semana passada após aquele spot. O combate começou devagar mas ganhou ritmo após a Powerbomb de Morrison na barricada. Os 2 tiveram outro spot incrível que faz com que Ricochet perca por count-out. O fim foi criativo, com Miz a bloquear a reentrada de Ricochet no ring. Bom trabalho.
    – Jinder Mahal chega à arena numa… moto?! Faz uma promo sobre o Drew McIntyre. O segmento, em geral, foi bom. Finalmente vão fazer a feud entre Mahal e McIntyre. Esperemos que seja boa.
    – Promo de MVP e Bobby Lashley, que falam do main event e de Kofi Kingston. Uma boa promo por parte destes 2, que aumentaram o meu interesse no WWE Championship Match do PPV.
    – Mustafa Ali vs Mansoor. Antes de falar do combate, tenho que dizer que estou a gostar da storyline. Mustafa Ali quer que Mansoor não cometa os mesmos erros que ele, que Mansoor não acabe no fundo do card tal como ele já esteve. O Mustafa fica preso nas cordas e a bondade de Mansoor faz com que ele perca. Um combate curto mas decente que dá uma boa progressão a esta feud.
    – Entrevista aos New Day que falam do main event. Um bom segmento dos New Day. Apesar de nós sabermos que o Kofi não vai derrotar o Lashley, estão a fazer um bom trabalho em tentar aumentar a sua probabilidade, digamos, de ganhar.
    – Riddle está a tratar da sua lesão e Damian Priest aparece. Os 2 falam da lesão dele, e Riddle termina a dizer que vai ganhar com as 3 letras mais devastadoras: R-K-B-R-O. Isso são 5, Matt. Faz-me lembrar de quando o Heyman berrou ao Edge que tinha 2 palavras para ele, e disse Matt Freakin’ Hardy. São 3, Paul. Um bom segmento que ajuda nesta storyline do Riddle para o MITB. Aliás, até gosto que o Riddle esteja a ter mais atenção que os outros, faz-lhe parecer uma estrela.
    – AJ Styles vs Riddle. Styles foca-se no pé lesionado de Riddle o combate inteiro, e ainda bem. Gostei disso. Styles é o veterano e mostram isso com este simples pormenor. Riddle vence após distração dos Viking Raiders. Ótimo trabalho por parte de todos estes.
    – Main event, New Day vs MVP & Lashley. MVP está lesionado no joelho e Woods utiliza isso para sua vantagem, inteligente. Aliás, há muito foco de todos os membros nos braços e pernas, outro detalhe que apreciei. Um bom combate com Kofi a vencer após derrotar MVP.

    Não Gostei:
    – MizTV com todos os participantes da Men’s MITB do lado da Raw. O Miz diz que o Morrison vence, o McIntyre vem com alguma porcaria do Davy Crockett, que é algo que me irrita na personagem dele, estas histórias aleatórias. Ricochet continua a feud com Miz & Morrison e o Riddle faz uma piada de estar ”high” na escada, que até foi engraçado. Depois aparece AJ & Omos, Omos lesiona Riddle e temos uma brawl. Não sei porquê, com esta storyline da lesão do Riddle, sinto que o AJ vai substituir o Riddle na Ladder Match. Este segmento foi medíocre. Tivemos bons momentos (Riddle) e tivemos maus momentos (Drew McIntyre com aquela porcaria e o Ricochet a soletrar o seu nome enquanto dançava). Não foi mau, mas tiveram momentos que o impedem de ser bom.
    – Nia Jax, Shayna Baszler e Reginald estão no backstage e Reggie diz que Alexa Bliss está a observá-los. Mas nem Shayna nem Nia vêem-na. O segmento termina tal como a semana passada, com Alexa Bliss à distância a ver os 3. Decente, mas muito do mesmo.
    – 8-Woman Tag Team Match. Antes do combate, mais character development da Nikki Cross numa breve promo com Asuka e Naomi. Foi um combate decente mas que teve demasiados botches. Após o combate, Eva Marie diz que é a vencedora para o desagrado de todas.
    – Drew McIntyre vs Jinder Mahal. O Drew tem uma promo antes do combate e fala, de novo, de qualquer porcaria de como a sua espada é de família e do lago do monstro do Loch Ness… Eu não sei, desliguei nesta parte. O combate foi decente, o fim foi previsível. Drew ia vencer mas é atacado por Sheer e Vanky. O ataque continua e Jinder Mahal vai-se embora com a espada. Eu gostava que esta feud fosse até ao SummerSlam. Como já disse há algum tempo, o Drew precisa de sair da imagem do WWE Championship e esta feud ajudaria.
    – Mace & T-Bar vs Lucha House Party. Estava a ser uma squash divertida, com os heels a massacrarem os faces. E depois a Lucha House Party vence, AHN?! Porque raio não puderam o Mace e T-Bar vencer?! Cristo. Combate decente com vencedores mal escolhidos.
    – Promo de Charlotte Flair. Diz que está lesionada, como se pode ver pela canadiana, e pode falhar o MITB. Rhea Ripley interrompe, também com uma canadiana, mas ela só está a gozar com Charlotte. Ambas pontapeiam a canadiana da outra e estão ambas a fingir. Depois uma luta com canadianas… O segmento não foi horrível, mas mais um desperdício de tempo. A invenção das lesões foi parva e a história de ”Eu faço o que a Charlotte faria” soa bem, mas esta está tão mal escrita que nunca mais a quero ver. Ah, e só mais um ponto, que já tinha destacado na semana anterior: QUEM É A HEEL E QUEM É A FACE?! Eu não faço a mínima!!!
    – Elias & Cedric Alexander vs Jaxson Ryker & R-Truth. Tozawa distrai Truth e Truth persegue-o, deixando Ryker num Handicap Match. Mas isto torna-se num 1-on-1 match após Elias ir-se embora com medo de Ryker. Ryker massacra Cedric. As coisas com o 24/7 Championship foi divertido, o combate foi curto. Mas o Cedric merece melhor.

    Overall: 6/10. Não foi tão bom como as 2 semanas anteriores, mas ainda foi alguma coisa. O Riddle é a estrela e a feud pelo WWE Championship está a ser boa. Até a feud entre Ali e Mansoor está a ser interessante. Agora o segmento entre Rhea e Charlotte magoou imenso o show, que desperdício de tempo.

  5. Mais um raw fraco, depois de umas semanas razoáveis, já estava a estranhar. Quase todos os combates acabam por count out, dq ou rool up, para provavelmente na próxima semana repetir o mesmo combate, a falta de criatividade no seu máximo esplendor. Agora o Drew e o Jinder vai rivalizar porque o Drew não responde ás mensagens, fantástica storyline. A Alexa continua em modo Papa Shango, não percebo porquê que em vez de hipnotizar o Reginald, não hipnotiza as oponentes, mas ela lá sabe. Continuo sem perceber o que se passa entre a Charlotte e a Rhipley e por quem é suposto torcer. Pela positiva é tudo o que o Riddle faz, muito bom ela dedicar o que faz ao Orton e apontar para o céu como se ele tivesse morrido.

  6. El Cuebro4 semanas

    Maddin e Dijakovic perdendo para os Lucha House Party, aí tem ou vem coisa hein, só não sei porquê as identidades do Retribution continuam, e o que era aquilo do Drew McIntyre contando histórias sem fim?

  7. O RAW têm vindo a melhorar e isso é muito bom!

  8. Anónimo4 semanas

    Destaco o combate entre Ricochet e John Morrison, e o main event foi bom.

  9. Bom RAW, mas num nível abaixo dos últimos.
    Destaco:
    – Riddle, Riddle, Riddle, tem sido o MVP dos últimos programas, tudo onde ele está envolvido é bom
    – bom main event, estou a gostar bastante desta feud

  10. RAW ok.
    Destaques:
    -Riddle e tudo o que ele faz que é simplesmente hilariante e must see
    -Bom main event