Frank casino

Agendado para o Raw desta segunda-feira estava um combate entre Drew McIntyre e Keith Lee, mas tivemos ainda muito a acontecer antes disso. O programa abriu com um video package a relembrar os ataques de Randy Orton e Drew McIntyre, com o WWE Champion a ir de seguida ao ringue.

O campeão explicou que os médicos da WWE lhe disseram que ele precisava de ficar de fora por algum tempo e abdicar do WWE Championship, mas que ele recusou fazer isso. Depois, Drew McIntyre desafiou Randy Orton para um Ambulance Match no Clash of Champions, acrescentando assim uma estipulação ao combate.

Depois disso, Drew McIntyre continuou a falar e explicou como desenvolveu o Claymore Kick, o golpe mais devastador da WWE, mas o campeão foi interrompido por Adam Pearce. Este informou que não sabe se Randy Orton estará apto para o Clash of Champions, pelo que em caso de vitória de Keith Lee, tornar-se-ia ele o candidato ao título. O “Limitless” apareceu e o segmento acabou com os dois lutadores a cumprimentarem-se.

Mais tarde, já no backstage, vimos Keith Lee a interromper uma entrevista de Drew McIntyre, provocando o campeão ao tentar tocar no WWE Championship. O lutador escocês não gostou e, apesar de serem amigos, deu-lhe um soco, o que deu início a uma brawl que teve de ser parada por vários árbitros. A brawl continuou mais tarde e só terminou quando Adam Pearce ameaçou que iria cancelar o combate entre os dois caso não parassem de lutar.

Quanto ao main event da noite, os dois lutadores entraram bastante agressivos, com Keith Lee a entrar mais forte e atacar o maxilar o campeão, mas com este a começar a inverter o rumo do combate com o passar do tempo. Quando parecia que o combate se dirigia para o final, os RETRIBUTION atacaram Drew McIntyre e Keith Lee.

O ataque do grupo de mascarados só foi parado pela aparição da Hurt Business, que se queria vingar da interrupção que aconteceu durante o Raw. Tivemos então uma brawl entre os quatro elementos da stable e os RETRIBUTION, que só terminou com um duplo dive de Drew McIntyre e Keith Lee.

De referir que tudo indica que Dominik Dijakovic, Mercedes Martinez, Dio Maddin, Mia Yim e Shane Thorne sejam os membros finais desta stable, à qual se poderá juntar Mojo Rawley. Quem o diz é John Pollock do POST Wrestling, que identificou os cinco membros desta semana e referiu que os primeiros dois foram os que deram voz à promo.

Já Tom Colohue do Sportskeeda reportou que a revelação final da identidade dos membros dos RETRIBUTION não deverá acontecer antes o WWE Draft, que estará agendado mais para o final do ano, altura do Survivor Series.


O que achaste destes desenvolvimentos em torno do WWE Championship? Estavas à espera de um ataque dos RETRIBUTION no final do Raw?

8 Comentários

  1. Por acaso pensei que se ficassem só pelas palavras, pelo que não esperava o ataque. Quanto ao ataque em si, na minha perspetiva, foi interessante ver uma faction formada (hurt business) a aparecer para lhes fazer frente, ao invés de lutadores aleatórios.

    • Jose Silva2 semanas

      Supsotamente nao sao so 5 ou 6 msnbros do retribucion

    • Essa ainda é uma dúvida. Parece que há os que dão a cara nas promos e depois lacaios que fazem todo aquele aparato nos ataques. Creio que embora os ataques sejam feitos por múltiplos elementos, a faction vai se cingir a apenas 5 ou 6.

  2. Aquela entrada dos Hurt Business foi o ponto alto do programa, o resto do segmento também foi bom.

  3. Rayan Alonso Chagas Dias2 semanas

    Essa entrada do Hurt Business foi o bicho , gostei bastante desse grupo e ainda mais com MVP como líder .

  4. A entrada dos Hurt Business no final deu me um arrepio na espinha até parecia os Avengers contra o Thanos ahah

  5. El Cuebro2 semanas

    Esse final foi incrível, eu sinceramente esperava o ataque da Retribution durante a luta das duplas de Profits e Cesaro e Nakamura, mas sendo no main event foi ótimo e depois com a “ajuda” dos Hurt Business foi muito bom também, poderia ter a clássica entrada do restante do roster do Raw como em invasões antes do Survivor Series, enfim que a revelação dos membros da nova stable não demore ou então que seja feita do jeito certo perto do Draft! Também acho que veremos Dijakovic, Maddin, Mercedes, Mia, Thorne e quem sabe Mojo, Miz, Kayden, Chelsea e/ou Vanessa Borne!