Jim Cornette é uma das personalidades do mundo do Wrestling que mais raramente hesita em dizer o que pensa sobre o que quer que seja, e já por várias vezes se envolveu em polémicas à conta disso.

Recentemente, numa edição do seu podcast Drive-Thru, Jim Cornette falou das más audiências da WWE, identificando o principal problema que existe na empresa e que soluções esta deveria adotar para melhorar.

Primeiro tens que desfazer muitos danos desnecessários que foram causados nos últimos anos, onde tudo é estupidez. Apenas estupidez. Já conversámos sobre isso. Eles têm um pouco disso no NXT, mas a maioria está no Raw, onde adultos crescidos – Otis ou Tucker ou quem quer que seja – adultos crescidos agem como crianças, com a mentalidade de crianças, onde eles fazem e dizem coisas que ninguém jamais faria e diria. É obviamente tudo irónico. É uma comédia de sketches no nível do Hee Haw. E eles têm combates em que a maioria dos lutadores faz a mesma merda que todos os outros, e é só neste programa que todos parecem fisicamente melhores e estão mais bem treinados. Mas eles não estão a fazer nada com alguma coragem ou realismo, e não precisa ser adulto.

Vejo as pessoas a dizer: “eles tornaram-se PG e isso arruinou-os”. Mid-South Wrestling era PG em 1984. Não podíamos dizer coisas más na televisão, em TV pelo menos em 1984, não poderias dizer – eles não queriam que dissesses – “merda”. Exceto pela violência e pelo sangue, o Wrestling tinha a linguagem mais limpa que qualquer outra coisa na televisão. Não havia mamas, não havia pilas a sair e não havia conteúdo sexual. Exceto durante os meados dos anos 80, as guerras de valet, onde podias ver mulheres vestidas com cinco vezes mais [roupa] do que em qualquer um dos programas da WWE agora.

Não se trata de ser PG ou classificado como TV-R, é sobre ser adulto e violência real vs violência encenada, e criar ou expor ou encontrar e permitir que sejam personagens reais de Pinóquio, talento real. Fale como se falasse e lute como se fosse lutar, e dê importância tanto às lutas quanto a quem vence ou ao que acontece nas lutas. Se as pessoas seguem as regras, ou se eles fizeram batota ou roubaram algo ou mentiram sobre algo. Coloca lutadores na lista, seja alguém como WALTER ou Kyle O’Reilly, que realmente parece que está a falar a sério sobre isso e pode fazer isso, e é assim que se faz as pessoas investirem. Então dás-lhes algumas coisas interessantes para se preocuparem . Isso às vezes é a parte mais fácil, porque quando consegues um bom talento, ensinas os fãs de que o teu produto é sério e não é a porra do Wrestling de showbiz, então há todos os tipos de razões para essas pessoas quererem lutar um contra o outro.

Mas eles não vão fazer nada disso, então não sei o que eles deveriam fazer.


Concordas com esta declaração de Jim Cornette?

20 Comentários

  1. Breaking News9 meses

    Old man yells at cloud!

  2. João Bastos9 meses

    110 % de acordo!

  3. JOAOPEDROOOOO9 meses

    Concordo parcialmente. O Otis, por exemplo, é uma figura de comédia que é entretenimento que existe no wrestling. Também não concordo com a ideia de não ser pg. O mesmo diz “ah mas em 84 era assim”, está bem, mas na altura estavamos a existir a uma evolução do wrestling, não existia esta informação e a proximidade com os wrestlers e o wrestling ainda não tinha a relevância dos media que tem hoje em dia, motivo pelo qual dava para trabalhar mais um campeão, pois o mesmo o era por vários meses.
    Ainda assim, as coisas hoje em dia não estão bem. Para mim, falta o conteúdo da A.Era. Todo dele. Conteúdo violento e sexual e acima de tudo, a atuação dos vários lutadores como se fosse o último. Existe mais talento no low e no mid-card que antes, apenas não há tanto conteúdo main event, porque acho que as personagens hoje são mal trabalhadas ou sem interesse.

    • Rooben9 meses

      Um excelente comentario e reflecte a minha opiniao

  4. Bea Ospreay9 meses

    Sim, concordo totalmente (estou até surpresa por isso).

  5. cavadela9 meses

    O problema da WWE é só falta de concorrência.
    No dia em que se sentirem verdadeiramente ameaçados, será o dia em que o produto vai definitivamente melhorar…

    • Kay Orton9 meses

      Ao mesmo tempo que concordo com vc, eu tenho em mente que vai demorar anos até eles se sentirem ameaçados com algo. se nesses últimos 3 anos não foram suficientes pra entenderem
      isso, bom…a gente ainda vai ver muita merda sendo produzida por lá.

  6. throrin9 meses

    Falou falou e nao falou nada, como ser a wwe fosse essa merda quer muitos falam, so querem e midia ensima da wwe; como ser as outras promotoras fossem um primor! e so ver a revolucionaria aew,, esta apenas copiando a wwe, ate porque a unica vou repertir a unica. promotora quer da um produto maravilhoso no mundo do wrestling e a maior de todas a njpw. um resto e a mesma coisa infelizmente.

    • Simao_P19 meses

      Ahaha piada, a NJPW este ano teve uns furos abaixo por vezes com.demasiado overbooking exagerado, e vens para aqui falar que a njpw é perfeito quando não é, nenhum produto de wrestling é perfeito…

    • Anónimo9 meses

      Até a NJPW tem os seus problemas, nenhuma empresa de Wrestling é perfeita.

  7. Eu concordo com o que foi dito.

  8. Kay Orton9 meses

    Nessa crítica Jim foi muito bem, o foco sempre parece ser o entretenimento meia boca em vez de wrestling em si, às vezes eu tenho a sensação que no mês todo eu vi muito “humor” e muita brincadeira e muito pouco wrestling, mas é claro isso vai variando.

    vou citar alguns pontos também.
    A primeira e mais difícil seria alguns que tem voz ativa criticarem Vince Mcmahon frente a frente, parar de ressucitar os velhos e valorizar os jovens, liberdade criativa nas promos, no ringue e com os personagens, aceitar algumas ideias dos superstars, storylines muito fracas, rivalidades inúteis, ter mais criativos no Main Roster pra ajudarem nos dois shows, um foco maior na divisão feminina, a falta de ideias pra metade do roster, parar com contratações em demasiado pra ninguém ficar avulso, usar os jobbers em ringue pra terem ótimos combates na semana, trabalharem no desenvolvimento mensal de alguns personagens e por ai vai muitas e outras coisas, críticas, observações que eu tirei de cabeça. A lista é beeeeem longa se juntar todos nós a gente consegue fácilmente uma lista de 100 mudanças ou pra WWE melhorar o produto.

  9. Não costumo concordar com ele mas desta vez tem 110% de razão!
    A maioria das gimmicks atuais não são bem exploradas o que limita o crescimento dos lutadores e quanto ao conteúdo é o que todos sabem… comédia sem graça, feuds sem interesse e demasiado restrito, a maior parte dos lutadores não tem liberdade para poder crescer, assim mesmo sendo fã da WWE fica difícil de ver algo do género.

  10. 100 % de acordo!

  11. Até pensei que ia dizer porcaria mais uma vez, mas desta vez concordo com ele.

  12. Hugo9 meses

    Bom…..
    Eu concordo é claro com tudo.
    Mas não é isso que me espanta,o que me espanta é ver aqui certos comentarios a dizer que concordam,quando todos os comentários que fazem são no sentido oposto às declarações dele. É a tal falta de coerência que anda por ai.

    • Também não entendo. Vê-se aí muitos comentários com elogios a tretas que estão em desacordo com estas declarações, mas aqui já tá tudo de acordo. Tá certo…

  13. Concordo totalmente com o Cornette. Não é preciso voltar a Attitude Era ou colocar coisas aleatórias. Basta usar todas as horas que possuem de TV e PPV para contar o máximo de boas histórias que forem capazes de contar.

  14. É um tipo detestável e odioso mas desta vez tem razão naquilo que diz