A decisão de acabar com o Hurt Business a tão pouco tempo da WrestleMania 37 pode servir para Bobby Lashley “perder força” para quando defender o WWE Championship contra Drew McIntyre, mas foi uma decisão que não deixou ninguém indiferente e a maior parte viu com desagrado, incluindo Batista.

Entretanto, esta quarta-feira, MVP recorreu ao Twitter para esclarecer algumas questões e fazer de tudo para tentar salvar o Hurt Business, algo que Bobby Lashley também tentou fazer numa recente entrevista. Parece que apesar de ter perdido dois elementos, o grupo ainda se mantém.

O manager começou por esclarecer que Baron Corbin não faz parte do Hurt Business, isto depois de alguns fãs terem começado a associar o “Rei” ao grupo de MVP e Bobby Lashley por causa do final do último Raw.

Depois, afirmou que Bobby Lashley e MVP ainda são o Hurt Business… Pelo que o grupo ainda se mantém, mas perdeu apenas dois dos seus elementos, Cedric Alexander e Shelton Benjamin.

Logo a seguir, MVP foi mais longe e voltou a afirmar que ele e Bobby Lashley formam o Hurt Business e que estão sempre à procura de outros lutadores que se possam juntar a eles. Talvez algum dos lutadores lutadores que Bobby Lashley mencionou se possa vir a juntar a eles brevemente.

Por fim, MVP também esclareceu que Baron Corbin só terá um combate pelo WWE Championship caso lesione Drew McIntyre. Quem lesionar o “Scottish Warrior”, ficará com o seu lugar no combate pelo título da WrestleMania 37.


Achas que o Hurt Business ainda tem salvação ou está destinado a terminar de vez? Gostarias de ver outros lutadores a juntarem-se a Bobby Lashley e MVP?

16 Comentários

  1. Victor Silva3 semanas

    Se voltarmos lá atrás a mais ou menos um ano, MVP convenceu Lashley a se juntar a ele para “subir na carreira”. Isso realmente é verdade. Os dois criaram a Hurt Business, porém a crítica é a forma como não continuaram a investir no Shelton e no Cedric, o Shelton está com eles desde o início praticamente e mesmo assim foi expulso, algo sem sentido pra mim. Fizeram uma grande asneira com a stable e agora estão justificando qualquer coisa.

    • Ricardo_Lemos973 semanas

      Sei que seria reciclar a storyline, mas podiam ter feito (e ainda podem fazer) uma Evolution 2.0, mas a meu ver tanto o Cedric com o Shelton não têm credibilidade para ser WWE Champions… portanto, veria com bons olhos o Ricochet e o Keith Lee nos Hurt Business

  2. Italo3 semanas

    Se forem recrutar novos lutadores pro grupo que seja Dream e Isaiah Scott

    • Jonatas3 semanas

      Sim,mas eu preferiria ver o Hurt Business se ampliar por outras brands

  3. Kay Orton3 semanas

    Sei lá, estrsgaram a parte mais séria do Raw de graça e sem motivo, já nem tenho vontade de saber qual o próximo absurdo.

  4. Deviam ter ficado assim infelizmente!

  5. Facebook Profile photo

    Acho que outros Superstars se juntarão e manterão o Hurt Business como uma stable dominante do Raw e da WWE de uma forma geral.

  6. Best3 semanas

    Ricochet e Keith Lee sereia bom no Hurt Business, acho que esse WWE Championship Match ainda vai virar um Triple Threat Match, com alguém “lesionando” o Drew e ele lutar “lesionado na WrestleMania, chocando um total de 0 pessoas

  7. Não percebo é porque raio foram separar o grupo, é uma decisão que não faz qualquer sentido.

  8. El Cuebro3 semanas

    Seria interessante ver o Keith Lee nesse grupo no futuro hein, quem sabe o próximo contender ao USA Title!

  9. Anónimo3 semanas

    É uma grande pena que os tenham separado. Eram das melhores coisas que o Raw tinha e foram acabar com eles, vai-se la entender certas decisões.

  10. Primeiro que tudo esta separação foi muito precipitada, já daí foi uma má decisão da WWE, destruiu a melhor stable deste os Shield de uma forma pouco impactante e precipitada.

    A salvação desta stable se ainda se pode chamar de stable, passa pela inclusão de novos membros ou que isto seja tudo uma estratégia para enganar o Drew de forma a que o Lashley retenha o título.

  11. Facebook Profile photo

    Típico WWE não espremer tudo de bom!