Esta segunda-feira fomos surpreendidos pela notícia de que Drew McIntyre testou positivo para COVID-19, o que levou a WWE a fazer alterações no Raw e a assumir pela primeira vez a existência de uma pandemia.

Ainda assim, o escocês aceitou o desafio de Goldberg para o WWE Championship Match no Royal Rumble, e Triple H esteve no Raw para assumir o seu lugar no angle contra Randy Orton. Depois de abrir o show, o “The Game” calçou as botas e subiu ao ringue para um main event de poucos minutos, num segmento que terminou com Alexa Bliss a aparecer e a disparar uma bola de fogo à cara do “The Viper”.

Entretanto, segundo Mike Johnson do PWInsider, a WWE teve que refazer o script do Raw e só menos de uma hora antes do programa começar é os novos planos ficaram definidos. Isto porque a pandemia do COVID-19 atingiu não só Drew McIntyre, como também afectou a presença de várias outras Superstars no show. Esta vaga terá atingido não só a WWE, como também a All Elite Wrestling e o Impact Wrestling.

Já Dave Meltzer reportou, no Wrestling Observer Radio, que pelo menos quatro Superstars da WWE estarão infectadas com COVID-19. Asuka, Peyton Royce, Kofi Kingston, Cedric Alexander, Shelton Benjamin e Ricochet foram algumas das que ficaram de fora do Raw desta segunda-feira, levando a acreditar que possam estar infectadas com COVID-19 ou de quarentena por terem estado em contacto com alguém infectado. Só a ausência do membro dos New Day foi justificada pela WWE, com os comentadores a indicarem que Kofi Kingston sofreu uma lesão no maxilar.

Seja como for, vários lutadores foram obrigados a combater duas vezes durante o Raw desta semana. Jeff Hardy enfrentou Jaxson Ryker e depois Elias, Keith Lee e Sheamus fizeram equipa e enfrentaram-se de seguida, e Riddle também enfrentou Bobby Lashley e MVP logo a seguir. Esta terá sido a forma encontrada pela WWE para preencher as lacunas cridas pela ausência de outras Superstars.

Neste momento há a esperança de que todas as Superstars recuperem durante os próximos dias, de forma a que possam regressar rapidamente ao Raw ou SmackDown e que possam estar presentes no Royal Rumble.


Também notaste as várias diferenças que aconteceram durante o Raw desta segunda-feira fruto dos efeitos da pandemia do COVID-19 no roster da empresa?

12 Comentários

  1. Será que só eu acho bem perigoso o Ric Flair participar dos shows como vêm participando? Ele já tem uma idade bem avançada e não deveria se arriscar tanto.

    • Facebook Profile photo

      Eu estava pensando nisso agora pouco, se ele pegar covid vai ser complicado, primeiro que ele NEM DEVERIA estar lá, já é um risco muito grande e os responsáveis e o próprio Ric sabem disso.

    • Concordo com vocês, amigos.

  2. Hugo2 semanas

    Bom…..
    Tenho de ser honesto aqui e dizer que foi um Raw igual a tantos outros com covid19 ou sem covid19,foi mais um show feito à pressa e com os atropelos normais de terminarem o script apenas a minutos do programa ir para o ar,por isso nada de novo. Mas nem todo o show foi mau,parece que vamos ter e ainda bem uma nova tag team(pelo menos espero pois a quimica em combate e fora dele do Sheamus e do Lee é muito boa)e também podemos vir a ter (espero que sim)um combate Orton vs TripleH,por isso nem tudo foi mau.

  3. The Phenomenal One2 semanas

    Claro que notei, e na minha opinião não foi um Raw ruim, muito pelo contrário, achei o melhor Raw desde o desastre de 1,53 milhões de audiências, mas notei sim, até porquê Triple H não aparecia num show da WWE desde o seu aniversário de 25 anos na empresa se não estou enganado, o que foi no meio do ano passado, mas na minha opinião foi uma boa decisão fazê-lo “enfrentar” Randy Orton, e esse Raw me lembrou aqueles programas de Abril e Maio, em que os lutadores lutavam duas ou até três vezes no mesmo programa devido à ausência de outros lutadores no programa.

  4. … Até correu bem com o HHH. Para semana chamem o The Rock ou o CM Punk

  5. Foi o show possivel…hoje em dia temos de lidar constantemente com a variavel que é o covid.

  6. Foi um show dentro dos possíveis mas não foi mau dentro das circunstâncias!

  7. El Cuebro2 semanas

    Espero que todos fiquem bem, se recuperem e fiquem seguros e saudáveis, eles estão muito expostos acho que as empresas poderiam pensar quem sabe em poupá-los mais ainda nos programas, quem sabe paralisar de alguma forma enfim, todos seguros, covid é coisa séria! No mais acho que foi um erro o Legends Night, muitas pessoas de risco expostas ali, um exemplo, Ric Flair ontem também!

  8. Anónimo2 semanas

    Com a pandemia imprevistos destes acontecem. Mas claro, os lutadores também têm de ter cuidado com o que fazem no dia dia, não podem levar a vida como se o vírus não existisse.

  9. Se não fosse o HHH aquilo ia ser fraco.