Faz login e remove a publicidade
Frank casino

As notícias sobre o futuro dos Revival continuam a sair a um ritmo quase diário. Depois de ter sido noticiado que a WWE fez uma grande oferta para que a equipa renovasse contrato e de Scott Dawson ter anunciado que ele (ou a dupla) iria fazer uma pausa das redes sociais para se focar na família, eis que surge mais uma novidade.

Apesar da grande oferta feita pela WWE, ao nível ou até superior às condições que Luke Gallows & Karl Anderson têm, e da confiança que a empresa tem de que os Revival acabarão por renovar contrato, a equipa do SmackDown parece já ter dado mais um passo para garantir o seu futuro fora da WWE.

Ao que tudo indica, Scott Dawson e Dash Wilder rejeitaram uma oferta da WWE no valor de 500 mil dólares anuais, para cada um dos lutadores. E os atuais contratos dos lutadores deverão expirar por volta de Abril, com Dash Wilder a poder terminar mais tarde devido a algumas lesões que sofreu recentemente.

Entretanto, vários sites internacionais estão a reportar que Scott Dawson e Dash Wilder procederam ao registo de duas marcas ligadas à equipa: “FTRKO” e “Shatter Machine”, podendo esta ser uma clara indicação de que a saída da WWE irá mesmo acontecer em breve, tal como aconteceu com Luke Harper.

Ambas as marcas foram registadas para serem utilizadas em merchandising, mas a segunda delas também foi registada para ser usada em eventos de Wrestling e entretenimento. Pelo que poderá ser esse o nome (Shatter Machine) que a equipa se prepara para usar quando sair da WWE.

Este é assim mais um episódio desta “novela” que tem sido a possível e provável saída dos Revival da WWE.


Achas que a equipa fez bem em registar estas duas marcas? Achas que os Revival sairão mesmo da WWE?

11 Comentários

  1. Poupou6 meses

    Não poderiam ter feito escolha melhor.
    WWE embora tenha dado bastante destaque pra eles sempre deu um booking ruim pra dupla.
    Além do mais, fico um pouco triste com isso pq queria ver eles se juntando ao Randy Orton outra vez.

  2. Hugo6 meses

    Bom….. cheira a AEW no ar.

  3. Wrestling6 meses

    A WWE nunca considerou a tag team division como prioridade e algo digno de ser main event, por isso se têm uma verdadeira paixão por tag team wrestling, mais vale saírem mesmo pois nunca serão protagonistas onde estão. Eu cá fico a espera de que os contratos deles expirem realmente para acontecer o tal prometido combate entre eles e os Young Bucks na AEW, seria logo candidato a melhor feud de 2020.

  4. Ruan6 meses

    FTRKO

    R K O

    FT em ingles pode ser considerado feat, que é quando vc faz algo conjunto com alguém, ou seja FEAT RKO, junto com o randy orton ????????

    • Wrestling6 meses

      Se não sabes de onde vem o “FTR” acho melhor procurares por “Being The Elite” no youtube que deves obter a resposta

  5. El Cuebro6 meses

    Infelizmente terei que vê-los ir, tudo por uma falta de planejamento da WWE, uma das melhores duplas desses novos tempos, conquistaram meu respeito e o de muita gente, deviam ser campeões no SD até hoje, desejo o melhor de sorte para eles!

  6. Anónimo6 meses

    Eles lá sabem o que é melhor para eles.

  7. Showstealer6 meses

    The Revival já se estão a precaver para o futuro pós-WWE e acho que fazem muito bem. Nesta altura penso que é inevitável a saída de Dash Wilder e Scott Dawson, que serão muito mais valorizados e estimados na AEW (deverá ser o destino).

  8. The king6 meses

    A AEW virou o centro de acolhimento, todos lutadores que saem da WWE, IMPACT, vão para AEW, vai chegar um tempo que alguns lutadores da AEW não terão destaque e é daí que pensarão nas antigas promotoras

    • Dina6 meses

      Já tem lutadores que não recebem destaque na aew. Shawn spears, the hydrib 2 que só perdem no aew dark, bea pristley entre outros.

    • Pedro6 meses

      Acho que não, o próprio Coldy falou que AEW só contratar wrestlings de qualidade. Não vai ser a casa da mãe Joana, espero que não.