A realização da terceira edição do Mae Young Classic ainda não tinha sido confirmada oficialmente pela WWE, apesar de Triple H ter dito há algumas semanas que o torneio feminino voltaria a realizar-se ainda este ano, mas mais tarde do que nos anos anteriores.

Em 2017 e 2018, o Mae Young Classic foi gravado em Julho e Agosto, respetivamente. A edição deste ano aconteceria mais tarde, apenas em Novembro, já depois do Crown Jewel e de todo este período de grandes mudanças na agenda semanal da WWE.

O site que comercializa os bilhetes para os shows do NXT estava a anunciar que o torneio iria regressar a 2 e 3 de Novembro. Estava previsto que as gravações acontecessem nesses dias na Full Sail Live, na Flórida, o mesmo local onde acontecem os shows do NXT.

No entanto, o Fightful entrou em contacto com o site que comercializa os bilhetes, para tentar saber mais informação sobre o evento, e foi lhes dito que afinal o Mae Young Classic não vai realizar-se este ano e que estava lista no site por engano.

Kairi Sane foi a grande vencedora do Mae Young Classic 2017, tendo derrotado Shayna Baszler na final do torneio. No ano seguinte a vencedora foi Toni Storm, que venceu Io Shirai na final, num torneio que contou com a participação portuguesa de “Killer” Kelly.


Gostavas que o WWE Mae Young Classic se voltasse a realizar este ano? Ou a companhia faz bem em fazer uma pausa no mesmo?

8 Comentários

  1. BRUNOju.2 meses

    Prefiro a segunda edição do Evolution.

    • The Dark Evil2 meses

      Também eu, pena que a WWE não tem pretensões de fazer mais, mas a Stephanie já disse que ainda ponderam para acontecer tal

    • Becky Lynch2 meses

      Eu tambem.

    • Anónimo2 meses

      Também preferia. Mas com isto de cancelarem o torneio, não me parece que vá haver a segunda edição do Evolution.

  2. El Cuebro2 meses

    Gostei muito das duas edições do Mae Young até hoje, ótimos nomes surgiram lá como Kairi, Io, Toni Storm, Rhea, outros poderiam ter ficado de vez na WWE como a Allysin Kay, Madison Rayne e Mercedes Martinez, espero que quem sabe ainda aconteça o torneio, seja esse ano ou 2020, também uma nova edição do Evolution bem como mais main-events com lutadoras da WWE!!

  3. É até compreensível, pois sobrou bem poucos grandes nomes femininos que não estão assinados com alguma grande empresa, o maior nome do momento seja talvez a Meiko Satomura, apesar da proximidade dela com a WWE, ela nunca aceitaria deixar o Japão agora e não tem o apelo que a Kairi e a Toni têm.

  4. Showstealer2 meses

    É uma pena, o Mae Young Classic havia sido uma fonte de talento feminino para a WWE nos últimos 2 anos. Contudo, se não tinham tanta gente este ano foi a melhor decisão.

  5. Anónimo2 meses

    É pena. Mas era bom ter pelo menos a segunda edição do Evolution Mas pelos visto não se não ter nada também. Penso que o fato de haver mudanças acontecer lá que impediu de realizar o torneio. A ida para a Fox, deve ter metido a WWE mais focada nisso, do que em outra coisa.