Na passada sexta-feira e através da sua conta de Twitter, Brian Kendrick anunciou que vai afastar-se dos ringues da WWE durante algum tempo, sem precisar quanto. Na publicação, o lutador de 40 anos utilizou uma fotografia de uma praia, pelo que talvez queira apenas umas “férias”, à semelhança do que aconteceu com Finn Bálor recentemente.

Brian Kendrick lembra que já passaram 3 anos desde que foi WWE Cruiserweight Champion e afirma que desde então que se foi tornando cada vez mais evidente que ninguém entende ou respeita o caminho que ele percorreu dentro do WWE 205 Live. Por isso, decidiu que vai abandonar os ringues por tempo indeterminado.

A última aparição de Brian Kendrick no WWE 205 Live aconteceu na edição do passado dia 8 de Novembro, que foi transmitida a partir da Full Sail University, onde foi derrotado por Mansoor. Em 2019, Brian Kendrick apenas combateu por 17 vezes, todas elas televisionadas. Ou seja, o lutador não tem feito qualquer live event.

Há a possibilidade desta publicação ser apenas um work, que Brian Kendrick não está de forma alguma insatisfeito com a sua situação na WWE, até porque é treinador no Performance Center, e que não irá realmente abandonar os ringues. No entanto, parece querer tirar umas “férias” para repensar o seu futuro na companhia.

Achas que Brian Kendrick vai passar a ser apenas treinador dentro da WWE?

7 Comentários

  1. Nunanonaro4 semanas

    Boa brian

  2. filipe4 semanas

    Lista de Lutadores que estao tentado sair Da WWE Harper,Sin cara Oney Lorcan e mais 7 lutadores que eu esquenci o nome

  3. Showstealer4 semanas

    Penso que Brian Kendrick ainda poderia ter mais algum destaque uma última vez, talvez aparecendo mais no NXT e assim estando mais em contacto com aqueles que surgem do Performance Center.

  4. Junior 0074 semanas

    Poderia pelo menos entrado na rota do intercontinental title .
    Mais e melhor ele voltar ao nxt depois dessas férias .

  5. Anónimo4 semanas

    Faz bem em fazer uma pausa e pensar no futuro.

  6. El Cuebro4 semanas

    É questão de respeitar a decisão dele se for verdade ou não e pelo menos ele tem garantida a vaga como treinador!